Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
'Um dos maiores cabides de emprego do mundo', diz Carlos Bolsonaro sobre Brasil

Domingo, 28/7/2019 12:26.
EBC.

Publicidade

André Ítalo Rocha/AE
O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, disse neste domingo que o Brasil pode ser considerado "um dos maiores cabides de emprego do mundo na máquina pública, sempre usando o dinheiro dos pagadores de impostos para tal".

A afirmação foi feita em sua conta pessoal no Twitter, em uma publicação na qual ele compartilha um artigo que cita declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a intenção do governo de "disparar o canhão da privatização" de empresas estatais.

Logo em seguida, em outra mensagem, Carlos afirmou que, sem o peso do Estado, com a concorrência resultando em preços menores, o Brasil ganha a confiança do investidor e vai gerar mais empregos. "A interferência política diminuta é uma das formas de romper a ineficiência do inchaço estatal e crescer como queremos!", escreveu.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
EBC.

'Um dos maiores cabides de emprego do mundo', diz Carlos Bolsonaro sobre Brasil

Publicidade

Domingo, 28/7/2019 12:26.

André Ítalo Rocha/AE
O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, disse neste domingo que o Brasil pode ser considerado "um dos maiores cabides de emprego do mundo na máquina pública, sempre usando o dinheiro dos pagadores de impostos para tal".

A afirmação foi feita em sua conta pessoal no Twitter, em uma publicação na qual ele compartilha um artigo que cita declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a intenção do governo de "disparar o canhão da privatização" de empresas estatais.

Logo em seguida, em outra mensagem, Carlos afirmou que, sem o peso do Estado, com a concorrência resultando em preços menores, o Brasil ganha a confiança do investidor e vai gerar mais empregos. "A interferência política diminuta é uma das formas de romper a ineficiência do inchaço estatal e crescer como queremos!", escreveu.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade