Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Vereador de Balneário Camboriú faz indicação sobre tratamento da água
Márcio Gonçalves
Vereador Meirinho

Sexta, 3/5/2019 17:10.

Depois que o Ministério Público de Santa Catarina divulgou o resultado de análises feitas na água em 100 municipios catarinenses, que acusou 17 princípios ativos de agrotóxicos, dos quais sete proibidos na União Europeia, o vereador André Meirinho ficou preocupado e esta semana encaminhou uma indicação ao prefeito Fabrício Oliveira.

“Balneário Camboriú é um dos 100 municipios analisados e aqui foram detectadas concentrações do poluente 2,4-D. Por isso estamos sugerindo a realização de um estudo de viabilidade do uso de ozônio para complementar o processo de tratamento da água de abastecimento público da Emasa”, afirmou o vereador, com base em estudos que indicam que o ozônio pode ser uma alternativa para remoção dos agrotóxicos.

Na indicação o vereador descreveu alguns exemplos eficazes com o uso de ozônio, por exemplo, a ozonização é utilizada em alguns países como Alemanha, Austrália e Vietnã, experiências que comprovam não só sua eficiência mas também a otimização do processo de tratamento.

Meirinho espera que técnicos capacitados da Emasa avaliem a viabilidade técnica desta indicação, porque assim como ele, muitas pessoas ficaram preocupadas.

Mais informações sobre a tecnologia de ozônio: www.tratamentodeagua.com.br/tecnologia-de-ozonio

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Vereador de Balneário Camboriú faz indicação sobre tratamento da água

Márcio Gonçalves
Vereador Meirinho
Vereador Meirinho

Publicidade

Sexta, 3/5/2019 17:10.

Depois que o Ministério Público de Santa Catarina divulgou o resultado de análises feitas na água em 100 municipios catarinenses, que acusou 17 princípios ativos de agrotóxicos, dos quais sete proibidos na União Europeia, o vereador André Meirinho ficou preocupado e esta semana encaminhou uma indicação ao prefeito Fabrício Oliveira.

“Balneário Camboriú é um dos 100 municipios analisados e aqui foram detectadas concentrações do poluente 2,4-D. Por isso estamos sugerindo a realização de um estudo de viabilidade do uso de ozônio para complementar o processo de tratamento da água de abastecimento público da Emasa”, afirmou o vereador, com base em estudos que indicam que o ozônio pode ser uma alternativa para remoção dos agrotóxicos.

Na indicação o vereador descreveu alguns exemplos eficazes com o uso de ozônio, por exemplo, a ozonização é utilizada em alguns países como Alemanha, Austrália e Vietnã, experiências que comprovam não só sua eficiência mas também a otimização do processo de tratamento.

Meirinho espera que técnicos capacitados da Emasa avaliem a viabilidade técnica desta indicação, porque assim como ele, muitas pessoas ficaram preocupadas.

Mais informações sobre a tecnologia de ozônio: www.tratamentodeagua.com.br/tecnologia-de-ozonio

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade