Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Oposicionistas não conseguem criar CPI do Ruth Cardoso

Quinta, 14/3/2019 6:51.

Publicidade

Os vereadores oposicionistas Nilson Probst e Leonardo Piruka lamentaram ontem em redes sociais que não conseguiram as sete assinaturas necessárias para instalar uma CPI com o objetivo de investigar duas mortes ocorridas no Hospital Municipal Ruth Cardoso com indícios de negligência e incompetência médica.

Piruka postou que “o Poder Legislativo necessita exercer seu papel de fiscalização e investigar as mortes que estão acontecendo no hospital”.

A CPI serviria como palanque político para os dois vereadores, por isso os situacionistas se organizaram visando impedir sua criação.

Independente de CPI os vereadores possuem poderes para exercer a fiscalização.

Na semana passada, a administração municipal anunciou que as mortes no hospital seriam investigadas por diversas instituições, dentre elas o Ministério Público.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Oposicionistas não conseguem criar CPI do Ruth Cardoso

Publicidade

Quinta, 14/3/2019 6:51.

Os vereadores oposicionistas Nilson Probst e Leonardo Piruka lamentaram ontem em redes sociais que não conseguiram as sete assinaturas necessárias para instalar uma CPI com o objetivo de investigar duas mortes ocorridas no Hospital Municipal Ruth Cardoso com indícios de negligência e incompetência médica.

Piruka postou que “o Poder Legislativo necessita exercer seu papel de fiscalização e investigar as mortes que estão acontecendo no hospital”.

A CPI serviria como palanque político para os dois vereadores, por isso os situacionistas se organizaram visando impedir sua criação.

Independente de CPI os vereadores possuem poderes para exercer a fiscalização.

Na semana passada, a administração municipal anunciou que as mortes no hospital seriam investigadas por diversas instituições, dentre elas o Ministério Público.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade