Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Aresc e Emasa explicam novas tarifas aos vereadores

Dia 31 tem audiência pública na sede do Secovi

Quinta, 24/10/2019 22:44.
Márcio Gonçalves

Publicidade

Representantes da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (ARESC) e da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA), estiveram esta semana, na Câmara Municipal, para prestar mais informações sobre a nova estrutura tarifária e a revisão das tarifas da concessionária, com previsão de aplicação a partir de dezembro deste ano.

Dentre os resultados destacados pela agência, estão a redução tarifária entre 2% e 11% em relação ao valor da fatura atual para as faixas de consumo de 0 a 4 m3de água, e o acréscimo leve e gradual para as faixas superiores, variando de 1% a 12% em relação ao valor da fatura atual. Segundo a Aresc, em média 45% dos usuários residenciais da Emasa estão na faixa de consumo de até 10 m3de água.

O presidente do Legislativo, Omar Tomalih disse que o encontro foi muito positivo, embora tardio.

“Demorou praticamente cinco anos para termos esse resultado e para que eles trouxessem essa nova tarifa,porque os condomínios e os condôminos de Balneário Camboriú estão nessa luta há muito tempo, eles se mobilizaram para isso. A Aresc atendeu junto com a Emasa a esta luta que vem desde uma decisão judicial lá em 2015, que elevou um monte a tarifa da água. Acho que a Aresc veio num momento propício, apresentar este novo cálculo que vai fazer uma grande redução na tarifa da água e isso tudo aconteceu com a sensibilidade da Emasa. O mais importante é que o condômino vai pagar uma tarifa mais baixa e a Emasa vai continuar fazendo seus investimentos como sempre. Achei a reunião muito boa, se realmente esses cálculos que nos apresentaram se concretizarem será sensacional, um ganho importante para o munícipe de Balneário Camboriú”, disse Tomalih.

Todas essas informações serão apresentadas pela agência para a população em audiência pública no próximo dia 31, às 18h30, no auditório do Sindicato da Habitação (Secovi), na Rua 3160, 533 - 1° andar.

Estiveram presentes à reunião o gerente de Regulação da Aresc, Sílvio Rosa, o diretor-geral da Emasa, Douglas Beber, e servidores das duas entidades.


Fonte - Departamento de Comunicação Social e TV/CVBC


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Márcio Gonçalves

Aresc e Emasa explicam novas tarifas aos vereadores

Dia 31 tem audiência pública na sede do Secovi

Publicidade

Quinta, 24/10/2019 22:44.

Representantes da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (ARESC) e da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA), estiveram esta semana, na Câmara Municipal, para prestar mais informações sobre a nova estrutura tarifária e a revisão das tarifas da concessionária, com previsão de aplicação a partir de dezembro deste ano.

Dentre os resultados destacados pela agência, estão a redução tarifária entre 2% e 11% em relação ao valor da fatura atual para as faixas de consumo de 0 a 4 m3de água, e o acréscimo leve e gradual para as faixas superiores, variando de 1% a 12% em relação ao valor da fatura atual. Segundo a Aresc, em média 45% dos usuários residenciais da Emasa estão na faixa de consumo de até 10 m3de água.

O presidente do Legislativo, Omar Tomalih disse que o encontro foi muito positivo, embora tardio.

“Demorou praticamente cinco anos para termos esse resultado e para que eles trouxessem essa nova tarifa,porque os condomínios e os condôminos de Balneário Camboriú estão nessa luta há muito tempo, eles se mobilizaram para isso. A Aresc atendeu junto com a Emasa a esta luta que vem desde uma decisão judicial lá em 2015, que elevou um monte a tarifa da água. Acho que a Aresc veio num momento propício, apresentar este novo cálculo que vai fazer uma grande redução na tarifa da água e isso tudo aconteceu com a sensibilidade da Emasa. O mais importante é que o condômino vai pagar uma tarifa mais baixa e a Emasa vai continuar fazendo seus investimentos como sempre. Achei a reunião muito boa, se realmente esses cálculos que nos apresentaram se concretizarem será sensacional, um ganho importante para o munícipe de Balneário Camboriú”, disse Tomalih.

Todas essas informações serão apresentadas pela agência para a população em audiência pública no próximo dia 31, às 18h30, no auditório do Sindicato da Habitação (Secovi), na Rua 3160, 533 - 1° andar.

Estiveram presentes à reunião o gerente de Regulação da Aresc, Sílvio Rosa, o diretor-geral da Emasa, Douglas Beber, e servidores das duas entidades.


Fonte - Departamento de Comunicação Social e TV/CVBC


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade