Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Balneário Camboriú ganha Procuradoria Especial da Mulher

Terça, 17/9/2019 18:33.
Márcio Gonçalves
Joceli, Juliethe e Omar

Publicidade

Diante de uma plenária lotada, a Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú instalou, em sessão solene, na noite desta segunda-feira (16), sua Procuradoria Especial da Mulher.

Os prefeitos Fabrício Oliveira e Élcio Kuhnen participaram da solenidade. Também ocuparam a mesa principal a deputada federal Carmen Zanotto, procuradora adjunta da Procuradoria da Mulher na Câmara Federal; a desembargadora do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Salete Somariva, e a desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná, Lenice Bodstein, ambas responsáveis pelas respectivas coordenadorias da mulher em situação de violência doméstica e familiar; a delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, coordenadora das delegacias de polícia de atendimento à criança, adolescente, mulher e idoso de Santa Catarina; e as procuradoras especiais da Mulher das câmaras de Camboriú, vereadora Inalda do Carmo, de Penha, vereadora Maria Juraci Alexandrino, de São José, vereadora Alini de Castro, e de Canelinha, vereadora Neli Ferreira.

O presidente do Legislativo Omar Tomalih e os vereadores Juliethe Nitz, Joceli Nazari, Aldemar Pereira/Bola, Arlindo Cruz, Asinil Medeiros e Pedro Francez participaram da sessão.

A vereadora Juliethe Nitz (PL) foi nomeada pela Mesa Diretora como procuradora especial da Mulher, e o vereador Joceli Nazari (Cidadania), como procurador adjunto. Os cargos serão exercidos sem qualquer remuneração.

A criação da Procuradoria foi aprovada em março deste ano, e, entre as competências do órgão, estão receber, avaliar e proceder as investigações e denúncias relativas às ameaças dos interesses e direitos da mulher, bem como encaminhar as referidas denúncias aos órgãos competentes; e fiscalizar e acompanhar programas governamentais e não governamentais de políticas públicas para as mulheres e aos relativos a interesses e direitos da mulher.

Durante a solenidade, houve a apresentação de dança do Ministério de Dança Luz da Vida, com a coreografia “Cura-me”, e o depoimento da empresária Sandra Bronzina, moradora de Balneário Camboriú.


Fonte: Departamento de Comunicação Social e TV/CVBC


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Márcio Gonçalves
Joceli, Juliethe e Omar
Joceli, Juliethe e Omar

Balneário Camboriú ganha Procuradoria Especial da Mulher

Publicidade

Terça, 17/9/2019 18:33.

Diante de uma plenária lotada, a Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú instalou, em sessão solene, na noite desta segunda-feira (16), sua Procuradoria Especial da Mulher.

Os prefeitos Fabrício Oliveira e Élcio Kuhnen participaram da solenidade. Também ocuparam a mesa principal a deputada federal Carmen Zanotto, procuradora adjunta da Procuradoria da Mulher na Câmara Federal; a desembargadora do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Salete Somariva, e a desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná, Lenice Bodstein, ambas responsáveis pelas respectivas coordenadorias da mulher em situação de violência doméstica e familiar; a delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, coordenadora das delegacias de polícia de atendimento à criança, adolescente, mulher e idoso de Santa Catarina; e as procuradoras especiais da Mulher das câmaras de Camboriú, vereadora Inalda do Carmo, de Penha, vereadora Maria Juraci Alexandrino, de São José, vereadora Alini de Castro, e de Canelinha, vereadora Neli Ferreira.

O presidente do Legislativo Omar Tomalih e os vereadores Juliethe Nitz, Joceli Nazari, Aldemar Pereira/Bola, Arlindo Cruz, Asinil Medeiros e Pedro Francez participaram da sessão.

A vereadora Juliethe Nitz (PL) foi nomeada pela Mesa Diretora como procuradora especial da Mulher, e o vereador Joceli Nazari (Cidadania), como procurador adjunto. Os cargos serão exercidos sem qualquer remuneração.

A criação da Procuradoria foi aprovada em março deste ano, e, entre as competências do órgão, estão receber, avaliar e proceder as investigações e denúncias relativas às ameaças dos interesses e direitos da mulher, bem como encaminhar as referidas denúncias aos órgãos competentes; e fiscalizar e acompanhar programas governamentais e não governamentais de políticas públicas para as mulheres e aos relativos a interesses e direitos da mulher.

Durante a solenidade, houve a apresentação de dança do Ministério de Dança Luz da Vida, com a coreografia “Cura-me”, e o depoimento da empresária Sandra Bronzina, moradora de Balneário Camboriú.


Fonte: Departamento de Comunicação Social e TV/CVBC


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade