Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
CPI das obras da Câmara vai ouvir proprietários da construtora

Terça, 30/6/2020 22:47.
Patrick (E) em vistoria à obra

Publicidade

"Infelizmente nem todos que estão à frente da gestão pública tem a devida responsabilidade com o bem público. Se isso for identificado aqui, durante as investigações, levaremos todos os responsáveis para que paguem pelos seus feitos. É inaceitável que haja qualquer irregularidade. Seguimos fiscalizando" disse o vereador Patrick Machado, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga possíveis irregularidades nas obras realizadas na Câmara de Vereadores.

Na semana passada (25), o vereador conduziu uma visita de fiscalização, juntamente com outros vereadores e o secretário de administração, nas obras realizadas na Câmara de Vereadores.

O presidente da CPI disse que há duas semanas a comissão iniciou as oitivas.

“Conversamos com o professor Alexandre da Uniavan, responsável pelo projeto básico, com o ex-secretário de Administração e o atual da Câmara. Amanhã (1) serão ouvidos os proprietários da empresa Igesa”, disse Patrick.

Com tudo que já foi apurado até o momento, o presidente da CPI detectou alguns problemas.

“Acredito que houve uma falha da antiga Presidência em não ter solicitado o projeto executivo da obra, onde especificaria com mais propriedade todo o andamento e matéria prima utilizada. E faltou comprometimento da empresa contratada com um serviço de qualidade. Temos em pouco tempo de uso, parafusos enferrujados, rachaduras na base estrutural da escada na entrada principal, o elevador também está enferrujando, calçada com rachaduras, alguns brises e placas de vidro estão se soltando”, destacou Patrick.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Patrick (E) em vistoria à obra
Patrick (E) em vistoria à obra

CPI das obras da Câmara vai ouvir proprietários da construtora

Publicidade

Terça, 30/6/2020 22:47.

"Infelizmente nem todos que estão à frente da gestão pública tem a devida responsabilidade com o bem público. Se isso for identificado aqui, durante as investigações, levaremos todos os responsáveis para que paguem pelos seus feitos. É inaceitável que haja qualquer irregularidade. Seguimos fiscalizando" disse o vereador Patrick Machado, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga possíveis irregularidades nas obras realizadas na Câmara de Vereadores.

Na semana passada (25), o vereador conduziu uma visita de fiscalização, juntamente com outros vereadores e o secretário de administração, nas obras realizadas na Câmara de Vereadores.

O presidente da CPI disse que há duas semanas a comissão iniciou as oitivas.

“Conversamos com o professor Alexandre da Uniavan, responsável pelo projeto básico, com o ex-secretário de Administração e o atual da Câmara. Amanhã (1) serão ouvidos os proprietários da empresa Igesa”, disse Patrick.

Com tudo que já foi apurado até o momento, o presidente da CPI detectou alguns problemas.

“Acredito que houve uma falha da antiga Presidência em não ter solicitado o projeto executivo da obra, onde especificaria com mais propriedade todo o andamento e matéria prima utilizada. E faltou comprometimento da empresa contratada com um serviço de qualidade. Temos em pouco tempo de uso, parafusos enferrujados, rachaduras na base estrutural da escada na entrada principal, o elevador também está enferrujando, calçada com rachaduras, alguns brises e placas de vidro estão se soltando”, destacou Patrick.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade