Jornal Página 3
Acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo são finalistas do Concurso NCD

Artur Bernardoni e Mariah Vieira Mafra desenvolveram projetos de residência unifamiliar em meio à natureza

Representantes do Núcleo de Concursos de Projeto (NCPro) vinculado ao curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) são mais uma vez destaque em um prêmio do segmento.

Artur Bernardoni e Mariah Vieira Mafra estão entre os finalistas do Concurso Técnico NCD 2018, iniciativBera do Núcleo Catarinense de Decoração que apoia e incentiva a atividade profissional no ramo da arquitetura e decoração em Santa Catarina.

Os estudantes da Univali desenvolveram projetos de residência unifamiliar, em meio à natureza, baseados em conceitos e estratégias de sustentabilidade e conforto térmico aplicados ao edifício.

Os alunos foram orientados pelo professor Eduardo Baptista Lopes, responsável, junto com o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Carlos Alberto Barbosa, do NCPro da Univali. Com as premiações já conquistadas pelo Núcleo neste ano, esse será o sétimo prêmio do NCPro em 2018 e o décimo quarto no total.

Conheça os projetos finalistas da Univali

Projeto NCD de Artur Bernardoni.

O projeto de Artur Bernardoni chama-se Des[Conecta], pensado como uma casa refúgio, um espaço deslocado dos grandes centros urbanos, voltado para uma família que busca desconectar-se da rotina comumente agitada da cidade e conectar-se novamente com a natureza em seu estado mais primitivo. A espacialidade interna da casa promove a reconexão entre os membros da família, que passam a maior parte do dia distantes.

O terreno apresenta um declive considerável, tomado como partido de projeto. Considerando a desconstrução dos volumes, a casa adapta-se às curvas de nível, permitindo maior amplitude visual a partir dos espaços internos e privacidade devido às distâncias e barreiras criadas.

Seu programa é distribuído em diferentes níveis: no nível do acesso encontram-se as áreas sociais e de serviços, conectadas por meio da passarela à área de lazer, com piscina descoberta e de borda infinita; no nível abaixo encontram-se os ambientes mais íntimos, como quartos, escritórios e adega, também conectados pela passarela.

A forma da casa é configurada por seus elementos estruturais, sobretudo pelas vigas em concreto aparente, que continuam em direção à rocha e são engastadas (técnica de montar e encaixar as pedras), fazendo o contrapeso de suporte ao bloco frontal.

Projeto Casa Ativa de Mariah - Concurso NCD

Já a proposta de Mariah, intitulada "Casa Ativa", apresenta-se em formas simples e lineares, que emolduram a natureza, abrindo-se para os diversos visuais da paisagem.

Ela sugere uma composição equilibrada, com a forma construída por meio de linhas puras, porém ornamentada pelo meio natural. Em seu trabalho, a estudante considerou os indivíduos como parte da natureza, ou seja, os seres humanos idealizam, compartilham e somam-se, sem se sobrepor à biodiversidade.

Ela considerou a dinamicidade da natureza e por isso, a considera no projeto como parte integrante, não apenas como entorno. Em seu projeto, produzir o contato com a natureza é criar o luxo do essencial.  Para reduzir o impacto e o desmatamento no terreno, a acadêmica propõe uma construção parcialmente deslocada do solo, com distribuição de usos e fluxos de forma racionalizada, considerando as medidas mínimas necessárias para o desempenho de cada função.

Concurso NCD

O Concurso Técnico NCD é um projeto de cunho sócio cultural que tem como objetivo valorizar os trabalhos realizados por profissionais de arquitetura, design, paisagismo, engenharia e decoração e também por estudantes das Instituições de ensino de Santa Catarina, avaliados segundo critérios técnicos de excelência e inovação, por júri isento, competente e especializado.

Os três trabalhos mais bem avaliados, em cada categoria (Profissional e Estudante) e cada ambiente, serão apresentados na noite de premiação, como finalistas do Concurso Técnico NCD. Na mesma cerimônia, cuja data ainda não foi definida, será anunciado qual o trabalho vencedor (Comissão Julgadora) em cada subcategoria, bem como segundo e terceiros lugares

MAIS INFORMAÇÕES:

(47) 3261-1219 - no curso de Arquitetura e Urbanismo da Univali 
(47) 99967-1560 - com o acadêmico Artur Bernardoni
(47) 99949-8668 - com a acadêmica Mariah Vieira Mafra
(47) 99632-8866 - com professor Eduardo Baptista Lopes.


FONTE: Natália Uriarte Vieira/Univali


Página 3

Acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo são finalistas do Concurso NCD

Artur Bernardoni e Mariah Vieira Mafra desenvolveram projetos de residência unifamiliar em meio à natureza

Representantes do Núcleo de Concursos de Projeto (NCPro) vinculado ao curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) são mais uma vez destaque em um prêmio do segmento.

Artur Bernardoni e Mariah Vieira Mafra estão entre os finalistas do Concurso Técnico NCD 2018, iniciativBera do Núcleo Catarinense de Decoração que apoia e incentiva a atividade profissional no ramo da arquitetura e decoração em Santa Catarina.

Os estudantes da Univali desenvolveram projetos de residência unifamiliar, em meio à natureza, baseados em conceitos e estratégias de sustentabilidade e conforto térmico aplicados ao edifício.

Os alunos foram orientados pelo professor Eduardo Baptista Lopes, responsável, junto com o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Carlos Alberto Barbosa, do NCPro da Univali. Com as premiações já conquistadas pelo Núcleo neste ano, esse será o sétimo prêmio do NCPro em 2018 e o décimo quarto no total.

Conheça os projetos finalistas da Univali

Projeto NCD de Artur Bernardoni.

O projeto de Artur Bernardoni chama-se Des[Conecta], pensado como uma casa refúgio, um espaço deslocado dos grandes centros urbanos, voltado para uma família que busca desconectar-se da rotina comumente agitada da cidade e conectar-se novamente com a natureza em seu estado mais primitivo. A espacialidade interna da casa promove a reconexão entre os membros da família, que passam a maior parte do dia distantes.

O terreno apresenta um declive considerável, tomado como partido de projeto. Considerando a desconstrução dos volumes, a casa adapta-se às curvas de nível, permitindo maior amplitude visual a partir dos espaços internos e privacidade devido às distâncias e barreiras criadas.

Seu programa é distribuído em diferentes níveis: no nível do acesso encontram-se as áreas sociais e de serviços, conectadas por meio da passarela à área de lazer, com piscina descoberta e de borda infinita; no nível abaixo encontram-se os ambientes mais íntimos, como quartos, escritórios e adega, também conectados pela passarela.

A forma da casa é configurada por seus elementos estruturais, sobretudo pelas vigas em concreto aparente, que continuam em direção à rocha e são engastadas (técnica de montar e encaixar as pedras), fazendo o contrapeso de suporte ao bloco frontal.

Projeto Casa Ativa de Mariah - Concurso NCD

Já a proposta de Mariah, intitulada "Casa Ativa", apresenta-se em formas simples e lineares, que emolduram a natureza, abrindo-se para os diversos visuais da paisagem.

Ela sugere uma composição equilibrada, com a forma construída por meio de linhas puras, porém ornamentada pelo meio natural. Em seu trabalho, a estudante considerou os indivíduos como parte da natureza, ou seja, os seres humanos idealizam, compartilham e somam-se, sem se sobrepor à biodiversidade.

Ela considerou a dinamicidade da natureza e por isso, a considera no projeto como parte integrante, não apenas como entorno. Em seu projeto, produzir o contato com a natureza é criar o luxo do essencial.  Para reduzir o impacto e o desmatamento no terreno, a acadêmica propõe uma construção parcialmente deslocada do solo, com distribuição de usos e fluxos de forma racionalizada, considerando as medidas mínimas necessárias para o desempenho de cada função.

Concurso NCD

O Concurso Técnico NCD é um projeto de cunho sócio cultural que tem como objetivo valorizar os trabalhos realizados por profissionais de arquitetura, design, paisagismo, engenharia e decoração e também por estudantes das Instituições de ensino de Santa Catarina, avaliados segundo critérios técnicos de excelência e inovação, por júri isento, competente e especializado.

Os três trabalhos mais bem avaliados, em cada categoria (Profissional e Estudante) e cada ambiente, serão apresentados na noite de premiação, como finalistas do Concurso Técnico NCD. Na mesma cerimônia, cuja data ainda não foi definida, será anunciado qual o trabalho vencedor (Comissão Julgadora) em cada subcategoria, bem como segundo e terceiros lugares

MAIS INFORMAÇÕES:

(47) 3261-1219 - no curso de Arquitetura e Urbanismo da Univali 
(47) 99967-1560 - com o acadêmico Artur Bernardoni
(47) 99949-8668 - com a acadêmica Mariah Vieira Mafra
(47) 99632-8866 - com professor Eduardo Baptista Lopes.


FONTE: Natália Uriarte Vieira/Univali