Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Rapidinhas
Município pede ao Estado terreno da antiga Exatoria

Quinta, 13/12/2018 12:03.

Publicidade

Há muitos anos desocupado, o antigo prédio da Exatoria, na avenida Alvim Bauer, serviu de moradia para pessoas em situação de rua. Esta semana depois de receber denúncias de vizinhos, a equipe do Resgate Social, da secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, retirou os moradores e seus pertences, com ajuda da Polícia Militar.

Como o prédio é do Estado, a Agência Desenvolvimento Regional foi informada e participou da ação com seu assessor jurídico, Jorge Manoel Schneider Formighieri. Ele disse que o municipio está pedindo o terreno ao Estado e que o assunto está na pauta para o próximo ano.

No local, a Polícia Militar constatou que as duas pessoas que estavam no imóvel possuíam passagem por furto, roubo e desacato. Elas foram encaminhadas para a Casa de Passagem do Migrante, junto com seus pertences pessoais. Os móveis foram recolhidos pela Secretaria de Obras. O local foi lavado e fechado com reforço de tapume.

Informações: Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social (47) 3363-2745


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Município pede ao Estado terreno da antiga Exatoria

Publicidade

Quinta, 13/12/2018 12:03.

Há muitos anos desocupado, o antigo prédio da Exatoria, na avenida Alvim Bauer, serviu de moradia para pessoas em situação de rua. Esta semana depois de receber denúncias de vizinhos, a equipe do Resgate Social, da secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, retirou os moradores e seus pertences, com ajuda da Polícia Militar.

Como o prédio é do Estado, a Agência Desenvolvimento Regional foi informada e participou da ação com seu assessor jurídico, Jorge Manoel Schneider Formighieri. Ele disse que o municipio está pedindo o terreno ao Estado e que o assunto está na pauta para o próximo ano.

No local, a Polícia Militar constatou que as duas pessoas que estavam no imóvel possuíam passagem por furto, roubo e desacato. Elas foram encaminhadas para a Casa de Passagem do Migrante, junto com seus pertences pessoais. Os móveis foram recolhidos pela Secretaria de Obras. O local foi lavado e fechado com reforço de tapume.

Informações: Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social (47) 3363-2745


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade