Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Balneário Camboriú tem 11 casos de dengue, prefeito baixa decreto emergencial
Divulgação/PMBC
Aplicações de fumacê perto das ruas 1822 e 1931, onde surgiram novos casos

Terça, 30/4/2019 17:33.

Balneário Camboriú tem 11 casos de dengue, dos quais seis autóctones (doença transmitida dentro da cidade), um importado (morador que ficou doente em viagem) e quatro casos confirmados, porém indeterminados (não se sabe onde contraiu a doença). O número é pequeno se comparado com as vizinhas Camboriú com 62 casos e Itapema com 57, que lideram os números de casos em Santa Catarina. Importante salientar que até a semana passada, Balneário Camboriú tinha apenas três casos autóctones.

Para controlar o crescimento dos casos, o prefeito Fabrício Oliveira assinou decreto que permite que o município contrate serviços de caráter emergencial de limpeza para terrenos públicos ou particulares que estejam oferecendo risco à saúde pública. Isto porque a maior parte das denúncias que o Programa Municipal de Combate à Dengue recebe dizem respeito a focos em terrenos baldios e a lei municipal que trata desse assunto, é lenta para uma situação emergencial como esta. A lei exige que o dono do terreno seja notificado, para providenciar a limpeza no terreno, muitas vezes ele não é encontrado, tornando o processo moroso.

Com este decreto, o serviço será coordenado e fiscalizado por órgãos envolvidos, secretaria de Saúde, Segurança, Obras, Educação, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Informações - Secretaria de Saúde (47) 3261-6200

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Balneário Camboriú tem 11 casos de dengue, prefeito baixa decreto emergencial

Divulgação/PMBC
Aplicações de fumacê perto das ruas 1822 e 1931, onde surgiram novos casos
Aplicações de fumacê perto das ruas 1822 e 1931, onde surgiram novos casos

Publicidade

Terça, 30/4/2019 17:33.

Balneário Camboriú tem 11 casos de dengue, dos quais seis autóctones (doença transmitida dentro da cidade), um importado (morador que ficou doente em viagem) e quatro casos confirmados, porém indeterminados (não se sabe onde contraiu a doença). O número é pequeno se comparado com as vizinhas Camboriú com 62 casos e Itapema com 57, que lideram os números de casos em Santa Catarina. Importante salientar que até a semana passada, Balneário Camboriú tinha apenas três casos autóctones.

Para controlar o crescimento dos casos, o prefeito Fabrício Oliveira assinou decreto que permite que o município contrate serviços de caráter emergencial de limpeza para terrenos públicos ou particulares que estejam oferecendo risco à saúde pública. Isto porque a maior parte das denúncias que o Programa Municipal de Combate à Dengue recebe dizem respeito a focos em terrenos baldios e a lei municipal que trata desse assunto, é lenta para uma situação emergencial como esta. A lei exige que o dono do terreno seja notificado, para providenciar a limpeza no terreno, muitas vezes ele não é encontrado, tornando o processo moroso.

Com este decreto, o serviço será coordenado e fiscalizado por órgãos envolvidos, secretaria de Saúde, Segurança, Obras, Educação, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Informações - Secretaria de Saúde (47) 3261-6200

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade