Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Dia D contra Febre Amarela é neste sábado até 17h

Sábado, 23/3/2019 7:51.

Junto com o Mutirão de exames no Mês da Mulher, a secretaria da Saúde realizará o Dia D de Prevenção a Febre Amarela, em todos os postos de saúde, das 8h às 17h. Balneário Camboriú aderiu à Campanha Estadual de Mobilização Contra a Febre Amarela. A campanha iniciou quarta-feira (20) e seguirá por um mês.

Balneário Camboriú vacinou este ano mais de 7 mil pessoas, mas para alcançar a meta do Ministério da Saúde, faltam ainda 76 mil pessoas. Para se vacinar, é necessário que a pessoa esteja portando documento com foto e carteirinha de vacinação. A imunização é recomendada para pessoas de 9 meses a 59 anos de idade.

O motivo da campanha é a baixa adesão à vacina no território estadual e os recentes casos da doença no Paraná. É importante salientar que, em Balneário Camboriú, assim como em todo o território de Santa Catarina, não houve registros de casos de febre amarela. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Dia D contra Febre Amarela é neste sábado até 17h

Publicidade

Sábado, 23/3/2019 7:51.

Junto com o Mutirão de exames no Mês da Mulher, a secretaria da Saúde realizará o Dia D de Prevenção a Febre Amarela, em todos os postos de saúde, das 8h às 17h. Balneário Camboriú aderiu à Campanha Estadual de Mobilização Contra a Febre Amarela. A campanha iniciou quarta-feira (20) e seguirá por um mês.

Balneário Camboriú vacinou este ano mais de 7 mil pessoas, mas para alcançar a meta do Ministério da Saúde, faltam ainda 76 mil pessoas. Para se vacinar, é necessário que a pessoa esteja portando documento com foto e carteirinha de vacinação. A imunização é recomendada para pessoas de 9 meses a 59 anos de idade.

O motivo da campanha é a baixa adesão à vacina no território estadual e os recentes casos da doença no Paraná. É importante salientar que, em Balneário Camboriú, assim como em todo o território de Santa Catarina, não houve registros de casos de febre amarela. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade