Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Campanha contra Sarampo quer imunizar 2,6 milhões de crianças em todo o país

Em Balneário falta vacinar 3.226 crianças

Segunda, 7/10/2019 6:46.
Agência Brasil

Publicidade

Por determinação do Ministério da Saúde começou nesta segunda-feira (7), a Campanha de Vacinação contra o Sarampo em todos os postos do país. O alvo são dois grupos distintos: até o próximo dia 25 (incluindo o Dia D, 19 de outubro) serão vacinadas crianças de seis meses até menores de 5 anos. A meta é alcançar 2,6 milhões de crianças.

O segundo grupo, com faixa etária de 20 a 29 anos e que não estão com a caderneta de imunização em dia, a vacinação está prevista para iniciar no dia 18 de novembro. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 13,6 milhões adultos.

No levantamento divulgado até o dia 28 de agosto, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo e seis mortes, sendo quatro delas de pacientes menores de 1 ano. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Piauí, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Pará Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Goiás, Bahia, Sergipe e Distrito Federal.

Em Balneário

Em Balneário Camboriú, a Vigilância Epidemiológica vai intensificar a vacinação nestes dias de campanha. Por aqui falta vacinar 3.266 crianças (primeiro grupo). Mas como em todo o país, o problema maior são os jovens/adultos.

A diretora da Vigilância Epidemiológica, Adriana Ribeiro, disse que neste grupo falta imunizar 6 mil pessoas.

“Para alcançar a meta estamos indo a shoppings, mercados, em todos os lugares possíveis, para favorecer os profissionais, lembrando que quanto mais pessoas vacinadas, mas dificulta a transmissão, principalmente de bebês, que só tem a imunidade da mãe quando amamenta”, disse Adriana.

Balneário Camboriú registrou um caso em jovem/adulto, em julho, mas não foi autóctone.

As vacinas estão disponíveis em todas as unidades de saúde do município, seguindo a programação do Ministério da Saúde: em outubro, a primeira etapa da campanha de vacinação será dirigida a crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) ainda não vacinadas.

O sarampo é altamente contagioso e de fácil transmissão, por meio de secreções expelidas ao espirrar, tossir, falar e respirar. Os sintomas iniciais são bem parecidos com a gripe e por isso a doença não é descoberta cedo. São eles: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal, além de mal estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

Informações: secretaria de Saúde (47) 3261-6200 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Agência Brasil

Campanha contra Sarampo quer imunizar 2,6 milhões de crianças em todo o país

Em Balneário falta vacinar 3.226 crianças

Publicidade

Segunda, 7/10/2019 6:46.

Por determinação do Ministério da Saúde começou nesta segunda-feira (7), a Campanha de Vacinação contra o Sarampo em todos os postos do país. O alvo são dois grupos distintos: até o próximo dia 25 (incluindo o Dia D, 19 de outubro) serão vacinadas crianças de seis meses até menores de 5 anos. A meta é alcançar 2,6 milhões de crianças.

O segundo grupo, com faixa etária de 20 a 29 anos e que não estão com a caderneta de imunização em dia, a vacinação está prevista para iniciar no dia 18 de novembro. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 13,6 milhões adultos.

No levantamento divulgado até o dia 28 de agosto, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo e seis mortes, sendo quatro delas de pacientes menores de 1 ano. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Piauí, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Pará Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Goiás, Bahia, Sergipe e Distrito Federal.

Em Balneário

Em Balneário Camboriú, a Vigilância Epidemiológica vai intensificar a vacinação nestes dias de campanha. Por aqui falta vacinar 3.266 crianças (primeiro grupo). Mas como em todo o país, o problema maior são os jovens/adultos.

A diretora da Vigilância Epidemiológica, Adriana Ribeiro, disse que neste grupo falta imunizar 6 mil pessoas.

“Para alcançar a meta estamos indo a shoppings, mercados, em todos os lugares possíveis, para favorecer os profissionais, lembrando que quanto mais pessoas vacinadas, mas dificulta a transmissão, principalmente de bebês, que só tem a imunidade da mãe quando amamenta”, disse Adriana.

Balneário Camboriú registrou um caso em jovem/adulto, em julho, mas não foi autóctone.

As vacinas estão disponíveis em todas as unidades de saúde do município, seguindo a programação do Ministério da Saúde: em outubro, a primeira etapa da campanha de vacinação será dirigida a crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) ainda não vacinadas.

O sarampo é altamente contagioso e de fácil transmissão, por meio de secreções expelidas ao espirrar, tossir, falar e respirar. Os sintomas iniciais são bem parecidos com a gripe e por isso a doença não é descoberta cedo. São eles: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal, além de mal estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

Informações: secretaria de Saúde (47) 3261-6200 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade