Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Balneário Camboriú tem 252 casos de dengue e saúde municipal continua pedindo ajuda da população

Quarta, 22/7/2020 11:51.
Divulgação/PMBC

Publicidade

Balneário Camboriú tem hoje 793 focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika, todas doenças graves e de acordo com os novos números divulgados pelo Programa Municipal de Combate a Dengue, são 256 casos da doença no município, registrados até terça-feira (21). Deste total, 200 são autóctones, contraídos dentro do município, 54 são indeterminados e dois são importados.

Com mais uma centena de casos autóctones, Balneário Camboriú entra em estado de epidemia.

A diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes Casatti disse que todos os esforços estão sendo feitos para evitar que isso aconteça, mas a população precisa ajudar no combate.

“As pessoas estão com mais atenção na Covid e acabam esquecendo da dengue, mas continuamos nas visitas com objetivo da eliminação dos depósitos com água e orientação à população”, disse Eliane.

Desde ontem os agentes estão fazendo visitas domiciliares no centro e na Vila Real. Os bairros Centro (214) e Nações (81) são os que mais possuem focos do inseto. Em seguida, estão Nova Esperança (65), Barra (63), Ariribá (56), Estados (50), Municípios (38), Amores (35) e Vila Real (33).

“Importante dizer que os agentes de combate às endemias estão devidamente equipados com os Equipamentos de Proteção Individual (EPI), ou seja, máscaras e luvas”, acrescentou Eliane, pedindo que as pessoas permitam a entrada na parte externa, onde se concentram a maioria dos focos.

O serviço também recebe denúncias feitas à Ouvidoria Municipal pelos telefones (47) 3267-7024, 0800 644 3388, ou Whatsapp (47) 99982-1979.

Informações: Secretaria de Saúde (47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

Balneário Camboriú tem 252 casos de dengue e saúde municipal continua pedindo ajuda da população

Publicidade

Quarta, 22/7/2020 11:51.

Balneário Camboriú tem hoje 793 focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika, todas doenças graves e de acordo com os novos números divulgados pelo Programa Municipal de Combate a Dengue, são 256 casos da doença no município, registrados até terça-feira (21). Deste total, 200 são autóctones, contraídos dentro do município, 54 são indeterminados e dois são importados.

Com mais uma centena de casos autóctones, Balneário Camboriú entra em estado de epidemia.

A diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes Casatti disse que todos os esforços estão sendo feitos para evitar que isso aconteça, mas a população precisa ajudar no combate.

“As pessoas estão com mais atenção na Covid e acabam esquecendo da dengue, mas continuamos nas visitas com objetivo da eliminação dos depósitos com água e orientação à população”, disse Eliane.

Desde ontem os agentes estão fazendo visitas domiciliares no centro e na Vila Real. Os bairros Centro (214) e Nações (81) são os que mais possuem focos do inseto. Em seguida, estão Nova Esperança (65), Barra (63), Ariribá (56), Estados (50), Municípios (38), Amores (35) e Vila Real (33).

“Importante dizer que os agentes de combate às endemias estão devidamente equipados com os Equipamentos de Proteção Individual (EPI), ou seja, máscaras e luvas”, acrescentou Eliane, pedindo que as pessoas permitam a entrada na parte externa, onde se concentram a maioria dos focos.

O serviço também recebe denúncias feitas à Ouvidoria Municipal pelos telefones (47) 3267-7024, 0800 644 3388, ou Whatsapp (47) 99982-1979.

Informações: Secretaria de Saúde (47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade