Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Nutricionista de Balneário apresenta live em parceria com a Secretaria da Pessoa Idosa nesta quinta

Quinta, 30/7/2020 13:46.

Publicidade

A nutricionista Débora Cristina de Souza participará de uma live nesta quinta-feira (30) às 16h30 com a Secretaria da Pessoa Idosa, onde ensinará a fazer um pão sem glúten. Ela, que atua há 20 anos na área, conversou com o Página 3 e explica a importância das pessoas manterem uma dieta saudável, principalmente neste período de pandemia.

Débora é formada em Nutrição pela Univali, especializada na área clínica, funcional e esportiva. Ela conta que foi convidada pela Secretaria da Pessoa Idosa e aceitou, focando na realização das lives sobre receitas e dicas saudáveis para os idosos, iniciando nesta quinta-feira (30), às 16h30 com a receita de um pão sem glúten (confira os ingredientes no final da matéria).

“A princípio pretendo trabalhar com receitas práticas e saudáveis para o dia a dia. Introduzir novos hábitos nesse período de pandemia visando melhorar a saúde através de receitas e dicas que melhorem a imunidade”, explica.

A nutricionista lembra que a alimentação balanceada e rica em nutrientes melhora a imunidade, sendo fundamental neste período de pandemia.

“Através da alimentação, você consegue oferecer nutrientes ao seu organismo que evitam os sintomas da doença. Pessoas com boa imunidade muitas vezes não são contaminadas e mesmo quando são, não tem os sintomas. Sempre explico aos meus pacientes que é muito melhor investir em bons alimentos do que gastar com medicamentos”, afirma.

Débora salienta que manter-se saudável é essencial, ‘sempre é melhor trabalhar na prevenção, e boa alimentação previne inúmeras doenças, em qualquer idade, principalmente em idosos’.

O público poderá interagir ao vivo com a profissional, que opina ainda sobre a ansiedade, que vem sendo comum e atinge inclusive quem não tinha o transtorno antes da quarentena. Um sintoma é atrelado aos alimentos: a pessoa pode vir a comer mais, descontando a tensão na comida, ou ainda perdendo o apetite.

“Muitas pessoas durante um período de confinamento acabam comendo coisas mais gostosas e muito calóricas, buscando obter prazer em meio à ansiedade e estresse. Essa é só uma das inúmeras formas de trazer conforto para o corpo e chama-se fome emocional. O problema é quando essa fome emocional começa a aparecer de forma exacerbada e torna-se a única forma de lidar com os sentimentos. Nesse caso, sugiro a ajuda de um profissional na área da psicologia”, acrescenta.

Acompanhe a live de Débora nesta quinta-feira (30), às 16h30, pelo Facebook da Secretaria da Pessoa Idosa de Balneário Camboriú.

Receita do pãozinho sem glúten

  • 1 xícara de batata doce cozida e assada
  • ½ xícara de farinha de amêndoas
  • 1 xícara de polvilho azedo
  • 2 ovos caipiras
  • 3 de colheres de sopa de azeite de oliva
  • 3 colheres de sopa de semente de chia
  • 1 colher de fermento químico
  • Sal a gosto.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Nutricionista de Balneário apresenta live em parceria com a Secretaria da Pessoa Idosa nesta quinta

Publicidade

Quinta, 30/7/2020 13:46.

A nutricionista Débora Cristina de Souza participará de uma live nesta quinta-feira (30) às 16h30 com a Secretaria da Pessoa Idosa, onde ensinará a fazer um pão sem glúten. Ela, que atua há 20 anos na área, conversou com o Página 3 e explica a importância das pessoas manterem uma dieta saudável, principalmente neste período de pandemia.

Débora é formada em Nutrição pela Univali, especializada na área clínica, funcional e esportiva. Ela conta que foi convidada pela Secretaria da Pessoa Idosa e aceitou, focando na realização das lives sobre receitas e dicas saudáveis para os idosos, iniciando nesta quinta-feira (30), às 16h30 com a receita de um pão sem glúten (confira os ingredientes no final da matéria).

“A princípio pretendo trabalhar com receitas práticas e saudáveis para o dia a dia. Introduzir novos hábitos nesse período de pandemia visando melhorar a saúde através de receitas e dicas que melhorem a imunidade”, explica.

A nutricionista lembra que a alimentação balanceada e rica em nutrientes melhora a imunidade, sendo fundamental neste período de pandemia.

“Através da alimentação, você consegue oferecer nutrientes ao seu organismo que evitam os sintomas da doença. Pessoas com boa imunidade muitas vezes não são contaminadas e mesmo quando são, não tem os sintomas. Sempre explico aos meus pacientes que é muito melhor investir em bons alimentos do que gastar com medicamentos”, afirma.

Débora salienta que manter-se saudável é essencial, ‘sempre é melhor trabalhar na prevenção, e boa alimentação previne inúmeras doenças, em qualquer idade, principalmente em idosos’.

O público poderá interagir ao vivo com a profissional, que opina ainda sobre a ansiedade, que vem sendo comum e atinge inclusive quem não tinha o transtorno antes da quarentena. Um sintoma é atrelado aos alimentos: a pessoa pode vir a comer mais, descontando a tensão na comida, ou ainda perdendo o apetite.

“Muitas pessoas durante um período de confinamento acabam comendo coisas mais gostosas e muito calóricas, buscando obter prazer em meio à ansiedade e estresse. Essa é só uma das inúmeras formas de trazer conforto para o corpo e chama-se fome emocional. O problema é quando essa fome emocional começa a aparecer de forma exacerbada e torna-se a única forma de lidar com os sentimentos. Nesse caso, sugiro a ajuda de um profissional na área da psicologia”, acrescenta.

Acompanhe a live de Débora nesta quinta-feira (30), às 16h30, pelo Facebook da Secretaria da Pessoa Idosa de Balneário Camboriú.

Receita do pãozinho sem glúten

  • 1 xícara de batata doce cozida e assada
  • ½ xícara de farinha de amêndoas
  • 1 xícara de polvilho azedo
  • 2 ovos caipiras
  • 3 de colheres de sopa de azeite de oliva
  • 3 colheres de sopa de semente de chia
  • 1 colher de fermento químico
  • Sal a gosto.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade