Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Posto de Atenção Infantil comemora aniversário pós reforma

A reforma começou em maio do ano passado e terminou em junho desse ano.

Sexta, 31/7/2020 12:40.
Ivan Rupp

Publicidade

Quase um ano depois da reforma, o Posto de Atenção Infantil (PAI), que atende pacientes de zero a 18 anos, voltou a atender no Bairro dos Municípios, perto do Parque Ecológico e nesta semana (29), preparou uma recepção, respeitando as medidas de segurança, para comemorar mais um aniversário.

O coordenador do Posto, Leandro Teixeira Ghilardi disse a comemoração marca o reinício das atividades. Com 30 profissionais, o posto realiza cerca de 1.210 atendimentos mensais em 12 áreas da pediatria: enfermagem, psicologia, fonoaudiologia, nutrição, serviço social, neuropediatria; psiquiatria, endocrinologia, cirurgião pediátrico, dermatologista, ortopedia e otorrinolaringologia.

Segundo o coordenador, nos 17 anos de atuação, os profissionais conseguiram zerar as filas de espera em três especialidades e no ano passado, retomou as consultas em neuropediatria, ausentes há dois anos, por falta de profissional especializado nesta área.

Informações: PAI (47) 3267-7092.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Ivan Rupp

Posto de Atenção Infantil comemora aniversário pós reforma

A reforma começou em maio do ano passado e terminou em junho desse ano.

Publicidade

Sexta, 31/7/2020 12:40.

Quase um ano depois da reforma, o Posto de Atenção Infantil (PAI), que atende pacientes de zero a 18 anos, voltou a atender no Bairro dos Municípios, perto do Parque Ecológico e nesta semana (29), preparou uma recepção, respeitando as medidas de segurança, para comemorar mais um aniversário.

O coordenador do Posto, Leandro Teixeira Ghilardi disse a comemoração marca o reinício das atividades. Com 30 profissionais, o posto realiza cerca de 1.210 atendimentos mensais em 12 áreas da pediatria: enfermagem, psicologia, fonoaudiologia, nutrição, serviço social, neuropediatria; psiquiatria, endocrinologia, cirurgião pediátrico, dermatologista, ortopedia e otorrinolaringologia.

Segundo o coordenador, nos 17 anos de atuação, os profissionais conseguiram zerar as filas de espera em três especialidades e no ano passado, retomou as consultas em neuropediatria, ausentes há dois anos, por falta de profissional especializado nesta área.

Informações: PAI (47) 3267-7092.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade