Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Balneário Camboriú apertará restrições para evitar o fechamento total

Prefeito quer que empresas usem o Coronadados da Fiesc, uma plataforma de monitoramento

Sábado, 20/6/2020 17:28.

Publicidade

A prefeitura de Balneário Camboriú deve anunciar a qualquer momento medidas de restrição como as anunciadas ontem por Itajaí, mas pessoas que participaram de reunião com o prefeito neste sábado, adiantaram algumas medidas:

A ideia é que as 11 cidades da Amfri tomem medidas em conjunto;

O prefeito quer que todas as empresas usem a plataforma Coronadados, da Fiesc, um software onde empresários e empregados declaram diariamente seu estado de saúde para identificar e agir em caso de sintomas de covid-19;

As medidas de agora, se não forem bem sucedidas, se não houver conscientização dos moradores, tendem a evoluir para lockdown, o fechamento total da cidade.

Medidas adotadas por Itajaí

- Proibido o acesso, trânsito e permanência, para finalidade de lazer ou esporte, em todas as praias, calçadões, praças, parques, rios e pontos turísticos;

- Os estabelecimentos comerciais terão seu horário de funcionamento limitado ao período das 06h às 23h, com exceção de alguns serviços essenciais;

- Proibida a permanência de pessoas nas ruas, praças, pátios e calçadas em frente aos bares, restaurante e similares, a fim de se impedir agrupamentos.

- O transporte coletivo municipal e intermunicipal continuam suspensos por prazo indeterminado.

Nota: o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, disse em entrevista ao radialista Luiz Carlos Tigrão que haverá barreiras sanitárias nos acessos a Itajaí. Não está confirmado se Balneário Camboriú fará o mesmo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Balneário Camboriú apertará restrições para evitar o fechamento total

Prefeito quer que empresas usem o Coronadados da Fiesc, uma plataforma de monitoramento

Publicidade

Sábado, 20/6/2020 17:28.

A prefeitura de Balneário Camboriú deve anunciar a qualquer momento medidas de restrição como as anunciadas ontem por Itajaí, mas pessoas que participaram de reunião com o prefeito neste sábado, adiantaram algumas medidas:

A ideia é que as 11 cidades da Amfri tomem medidas em conjunto;

O prefeito quer que todas as empresas usem a plataforma Coronadados, da Fiesc, um software onde empresários e empregados declaram diariamente seu estado de saúde para identificar e agir em caso de sintomas de covid-19;

As medidas de agora, se não forem bem sucedidas, se não houver conscientização dos moradores, tendem a evoluir para lockdown, o fechamento total da cidade.

Medidas adotadas por Itajaí

- Proibido o acesso, trânsito e permanência, para finalidade de lazer ou esporte, em todas as praias, calçadões, praças, parques, rios e pontos turísticos;

- Os estabelecimentos comerciais terão seu horário de funcionamento limitado ao período das 06h às 23h, com exceção de alguns serviços essenciais;

- Proibida a permanência de pessoas nas ruas, praças, pátios e calçadas em frente aos bares, restaurante e similares, a fim de se impedir agrupamentos.

- O transporte coletivo municipal e intermunicipal continuam suspensos por prazo indeterminado.

Nota: o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, disse em entrevista ao radialista Luiz Carlos Tigrão que haverá barreiras sanitárias nos acessos a Itajaí. Não está confirmado se Balneário Camboriú fará o mesmo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade