Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Porto Belo, Itapema e Camboriú adotam restrições para controlar covid-19

Florianópolis determina medidas mais rigorosas

Terça, 23/6/2020 7:39.

Publicidade

Os municípios de Porto Belo, Itapema e Camboriú se juntaram a Balneário Camboriú, Penha, Itajaí, Bombinhas e Piçarras na tomada de medidas mais rigorosas contra a pandemia de covid-19.

Como regra geral, em todas essas cidades estão proibidas aglomerações e as atividades não essenciais ficam suspensas entre 23h e 6h. O uso das praias está limitado a atividades físicas e esportes individuais, mas em Itajaí nem isso é permitido.

Essa medidas podem ser insuficiente para deter a pandemia que hoje tem seu epicentro na região da Amfri. Em ano eleitoral, os prefeitos não proibiriam os cultos, as missas e nem as academias de ginástica que são locais de risco.

Os médicos sabem que se a doença não for controlada será necessário o fechamento total, mas a maioria dos políticos prefere tentar outros caminhos.

O prefeito de Florianópolis tomou medidas mais efetivas, proibiu a circulação em áreas de lazer aos finais de semana; fechou espaços esportivos; fechou as praias, os shoppings e galerias; limitou o funcionamento dos restaurantes ao horário do almoço e avisou que se a doença não for contida determinará fechamento total.

Na Capital, os servidores públicos não essenciais, em todas as esferas, deverão ficar em casa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Porto Belo, Itapema e Camboriú adotam restrições para controlar covid-19

Florianópolis determina medidas mais rigorosas

Publicidade

Terça, 23/6/2020 7:39.

Os municípios de Porto Belo, Itapema e Camboriú se juntaram a Balneário Camboriú, Penha, Itajaí, Bombinhas e Piçarras na tomada de medidas mais rigorosas contra a pandemia de covid-19.

Como regra geral, em todas essas cidades estão proibidas aglomerações e as atividades não essenciais ficam suspensas entre 23h e 6h. O uso das praias está limitado a atividades físicas e esportes individuais, mas em Itajaí nem isso é permitido.

Essa medidas podem ser insuficiente para deter a pandemia que hoje tem seu epicentro na região da Amfri. Em ano eleitoral, os prefeitos não proibiriam os cultos, as missas e nem as academias de ginástica que são locais de risco.

Os médicos sabem que se a doença não for controlada será necessário o fechamento total, mas a maioria dos políticos prefere tentar outros caminhos.

O prefeito de Florianópolis tomou medidas mais efetivas, proibiu a circulação em áreas de lazer aos finais de semana; fechou espaços esportivos; fechou as praias, os shoppings e galerias; limitou o funcionamento dos restaurantes ao horário do almoço e avisou que se a doença não for contida determinará fechamento total.

Na Capital, os servidores públicos não essenciais, em todas as esferas, deverão ficar em casa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade