Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Fiscalização interdita quatro bares em Balneário Camboriú por não cumprir regras da pandemia

“Temos que evitar aglomerações, não pode fazer festas, reuniões. Continuaremos fiscalizando e combatendo ações desse tipo”

Segunda, 18/5/2020 12:07.
Divulgação
Fiscalização na praia

Publicidade

As equipes de fiscalização da prefeitura mais uma vez realizaram operação em bares e restaurantes, para conferir se havia aglomeração ou descumprimento das regras de precaução ao Coronavírus. Quatro estabelecimentos foram fechados, incluindo o La Belle, conhecido bar que fica na Avenida Atlântica, na Barra Sul.

O diretor de fiscalização de Obras, Planejamento e Posturas da prefeitura, Matheus Rafaeli, explica que os quatro locais já haviam sido notificados anteriormente pela Polícia Militar, mas que até então não haviam sido interditados. O La Belle (foto abaixo), por exemplo, já havia sido orientado mais de sete vezes (além de ser alvo de denúncias da comunidade), e desta vez foi fechado.

La Belle

“Neste momento realmente precisamos da ajuda de todos e eles estavam abusando. Não vamos ‘afrouxar’ a fiscalização. Vamos continuar monitorando porque é importante que as pessoas tomem esses cuidados para que logo consigamos sair dessa, e é preciso a contribuição de todos. Pedimos o entendimento, é um momento difícil não só para Balneário e sim para o Brasil”, explica o diretor.

Através de nota, o La Belle informou que estavam cumprindo as medidas preventivas, com limitação de público, uso obrigatório de máscara e disponibilização de álcool gel e atendimento somente no deck e restaurante (o espaço de festas estaria fechado). No momento da fiscalização, havia cerca de 44 pessoas no estabelecimento e havia um grupo de ‘seis ou sete pessoas’ em uma mesa no deck, aproveitando para citar que ‘era menor do que as 11 pessoas da fiscalização’, entre fiscais e PMs.

Equipe da fiscalização no final de semana

Os termos de interdições são feitos pela Polícia Militar e devem ser resolvidos diretamente no batalhão, que fica na Rua México, no Bairro das Nações. Para reabrir, o estabelecimento precisa comprovar que se regularizou e após nova fiscalização da PM pode reabrir.

Na praia também

As ações na praia central também se repetiram. Segundo Matheus, foi utilizado carro de som e aconteceram blitzes educativas na ciclofaixa e nas calçadas da Avenida Atlântica.

“A praia estava muito cheia, mas as pessoas em sua maioria estavam respeitando o distanciamento. Porém, a permanência na praia está proibida e percebemos que muitas pessoas vinham, sentavam e a gente tinha que ir até lá e pedir que saíssem. A praia está liberada apenas para prática de atividade física”, acrescenta Matheus.

Festa na Rua 2.438

Houve denúncia de uma festa que aconteceu no fim de semana em uma casa na Rua 2.438. A Fiscalização confirmou a situação e no local foi constatado aglomero de pessoas e som alto. Junto da PM, os fiscais encerraram o evento. As pessoas envolvidas teriam aceitado a ordem das autoridades.

“Temos que evitar aglomerações, não pode fazer festas, reuniões. Continuaremos fiscalizando e combatendo ações desse tipo”, afirma.

Supermercados

A equipe de fiscais de postura também visitou supermercados para saber se os estabelecimentos estavam cumprindo as regras de prevenção, e segundo o diretor a situação estava ‘tranquila’.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Fiscalização na praia
Fiscalização na praia

Fiscalização interdita quatro bares em Balneário Camboriú por não cumprir regras da pandemia

“Temos que evitar aglomerações, não pode fazer festas, reuniões. Continuaremos fiscalizando e combatendo ações desse tipo”

Publicidade

Segunda, 18/5/2020 12:07.

As equipes de fiscalização da prefeitura mais uma vez realizaram operação em bares e restaurantes, para conferir se havia aglomeração ou descumprimento das regras de precaução ao Coronavírus. Quatro estabelecimentos foram fechados, incluindo o La Belle, conhecido bar que fica na Avenida Atlântica, na Barra Sul.

O diretor de fiscalização de Obras, Planejamento e Posturas da prefeitura, Matheus Rafaeli, explica que os quatro locais já haviam sido notificados anteriormente pela Polícia Militar, mas que até então não haviam sido interditados. O La Belle (foto abaixo), por exemplo, já havia sido orientado mais de sete vezes (além de ser alvo de denúncias da comunidade), e desta vez foi fechado.

La Belle

“Neste momento realmente precisamos da ajuda de todos e eles estavam abusando. Não vamos ‘afrouxar’ a fiscalização. Vamos continuar monitorando porque é importante que as pessoas tomem esses cuidados para que logo consigamos sair dessa, e é preciso a contribuição de todos. Pedimos o entendimento, é um momento difícil não só para Balneário e sim para o Brasil”, explica o diretor.

Através de nota, o La Belle informou que estavam cumprindo as medidas preventivas, com limitação de público, uso obrigatório de máscara e disponibilização de álcool gel e atendimento somente no deck e restaurante (o espaço de festas estaria fechado). No momento da fiscalização, havia cerca de 44 pessoas no estabelecimento e havia um grupo de ‘seis ou sete pessoas’ em uma mesa no deck, aproveitando para citar que ‘era menor do que as 11 pessoas da fiscalização’, entre fiscais e PMs.

Equipe da fiscalização no final de semana

Os termos de interdições são feitos pela Polícia Militar e devem ser resolvidos diretamente no batalhão, que fica na Rua México, no Bairro das Nações. Para reabrir, o estabelecimento precisa comprovar que se regularizou e após nova fiscalização da PM pode reabrir.

Na praia também

As ações na praia central também se repetiram. Segundo Matheus, foi utilizado carro de som e aconteceram blitzes educativas na ciclofaixa e nas calçadas da Avenida Atlântica.

“A praia estava muito cheia, mas as pessoas em sua maioria estavam respeitando o distanciamento. Porém, a permanência na praia está proibida e percebemos que muitas pessoas vinham, sentavam e a gente tinha que ir até lá e pedir que saíssem. A praia está liberada apenas para prática de atividade física”, acrescenta Matheus.

Festa na Rua 2.438

Houve denúncia de uma festa que aconteceu no fim de semana em uma casa na Rua 2.438. A Fiscalização confirmou a situação e no local foi constatado aglomero de pessoas e som alto. Junto da PM, os fiscais encerraram o evento. As pessoas envolvidas teriam aceitado a ordem das autoridades.

“Temos que evitar aglomerações, não pode fazer festas, reuniões. Continuaremos fiscalizando e combatendo ações desse tipo”, afirma.

Supermercados

A equipe de fiscais de postura também visitou supermercados para saber se os estabelecimentos estavam cumprindo as regras de prevenção, e segundo o diretor a situação estava ‘tranquila’.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade