Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Balneário Camboriú tem 100 casos autóctones e 646 focos positivos de dengue

Metade deles no Bairro das Nações, que recebe mais um fumacê nesta quinta

Terça, 19/5/2020 17:23.
Divulgação/PMBC

Publicidade

Técnicos do governo do Estado retornarão a Balneário Camboriú nesta quinta-feira (21) para aplicar mais um fumacê no Bairro das Nações. O primeiro fumacê foi aplicado no início do mês. O bairro é o segundo com maior número de focos positivos (70), mas lidera o número de casos autóctones (50).

De acordo com a diretora de Vigilância Ambiental, Eliane Guedes, Balneário Camboriú tem hoje 646 focos positivos e 100 casos autóctones (contraídos no município). No início de março, havia apenas sete casos autóctones e dois importados no município.

“O centro tem o maior número de focos positivos (182), mas o fumacê com a camionete é aplicado somente onde tem maior número de casos autóctones. O Bairro das Nações tem 50% dos casos autóctones do município, por isso receberá uma segunda aplicação do fumacê”, explicou Eliane.

A aplicação vai acontecer das 17h30 às 20h., na região compreendida entre a Rua Venezuela e Israel, em toda extensão das ruas desde a avenida do Estado até a Paquistão. Esta região concentra o maior número dos 70 focos positivos do Aedes Aegipty do bairro.

Na passagem do fumacê as janelas devem ficar abertas, para que o inseticida alcance os mosquitos que estão dentro de casa também. Crianças e animais de estimação devem ficar dentro de casa no momento da aplicação, segundo orientação do Programa Municipal de Combate a Dengue. Se chover n a quinta-feira, o fumacê será remarcado.

Todos devem ajudar

Eliane reforça que toda comunidade precisa ajudar na luta contra o Aedes aegypti, fazendo controle em sua casa, seu pátio, seu terreno.

“Todos devem colaborar e eliminar os depósitos que possam acumular água, manter piscinas limpas, ralos limpos e telhados, vasos de plantas sem pratos, calhas limpas e niveladas, caixas d'água limpas e bem fechadas. Também devem receber nossos agentes que estão nas ruas, devidamente equipados, com luvas e máscaras, para ajudar no controle e na orientação”, afirmou Eliane.

Nesta semana, as visitações serão realizadas nos bairros Ariribá, Nova Esperança e São Judas, além dos atendimentos das demandas da Ouvidoria Municipal.

Sintomas

Uma das orientações é sobre os sintomas da dengue, uma doença grave transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti. A doença causa febre alta, dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo e nas articulações, sintomas parecidos com o do coronavírus. O que diferencia a Dengue da Covid-19, são as dores no fundo dos olhos e manchas pelo corpo.

A orientação é que ao apresentar sintomas a pessoa deve se dirigir até a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Informações - Secretaria de Saúde (47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

Balneário Camboriú tem 100 casos autóctones e 646 focos positivos de dengue

Metade deles no Bairro das Nações, que recebe mais um fumacê nesta quinta

Publicidade

Terça, 19/5/2020 17:23.

Técnicos do governo do Estado retornarão a Balneário Camboriú nesta quinta-feira (21) para aplicar mais um fumacê no Bairro das Nações. O primeiro fumacê foi aplicado no início do mês. O bairro é o segundo com maior número de focos positivos (70), mas lidera o número de casos autóctones (50).

De acordo com a diretora de Vigilância Ambiental, Eliane Guedes, Balneário Camboriú tem hoje 646 focos positivos e 100 casos autóctones (contraídos no município). No início de março, havia apenas sete casos autóctones e dois importados no município.

“O centro tem o maior número de focos positivos (182), mas o fumacê com a camionete é aplicado somente onde tem maior número de casos autóctones. O Bairro das Nações tem 50% dos casos autóctones do município, por isso receberá uma segunda aplicação do fumacê”, explicou Eliane.

A aplicação vai acontecer das 17h30 às 20h., na região compreendida entre a Rua Venezuela e Israel, em toda extensão das ruas desde a avenida do Estado até a Paquistão. Esta região concentra o maior número dos 70 focos positivos do Aedes Aegipty do bairro.

Na passagem do fumacê as janelas devem ficar abertas, para que o inseticida alcance os mosquitos que estão dentro de casa também. Crianças e animais de estimação devem ficar dentro de casa no momento da aplicação, segundo orientação do Programa Municipal de Combate a Dengue. Se chover n a quinta-feira, o fumacê será remarcado.

Todos devem ajudar

Eliane reforça que toda comunidade precisa ajudar na luta contra o Aedes aegypti, fazendo controle em sua casa, seu pátio, seu terreno.

“Todos devem colaborar e eliminar os depósitos que possam acumular água, manter piscinas limpas, ralos limpos e telhados, vasos de plantas sem pratos, calhas limpas e niveladas, caixas d'água limpas e bem fechadas. Também devem receber nossos agentes que estão nas ruas, devidamente equipados, com luvas e máscaras, para ajudar no controle e na orientação”, afirmou Eliane.

Nesta semana, as visitações serão realizadas nos bairros Ariribá, Nova Esperança e São Judas, além dos atendimentos das demandas da Ouvidoria Municipal.

Sintomas

Uma das orientações é sobre os sintomas da dengue, uma doença grave transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti. A doença causa febre alta, dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo e nas articulações, sintomas parecidos com o do coronavírus. O que diferencia a Dengue da Covid-19, são as dores no fundo dos olhos e manchas pelo corpo.

A orientação é que ao apresentar sintomas a pessoa deve se dirigir até a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Informações - Secretaria de Saúde (47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade