Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Balneário Camboriú tem 126 casos autóctones de dengue

Bairro das Nações recebe terceiro fumacê nesta segunda-feira

Segunda, 25/5/2020 12:03.
Divulgação/PMBC

Publicidade

O Programa de Combate à Dengue registrou 660 focos positivos do mosquito Aedes aegipty e 126 casos autóctones (quando a doença é contraída dentro do município).

O Bairro das Nações concentra o maior número de focos e casos e por isso receberá a terceira aplicação do fumacê, nesta segunda-feira (25), entre 17h30 e 20h. Desta vez, os técnicos que vem da Vigilância Epidemiológica do Estado, aplicarão o inseticida da rua Venezuela a rua Israel e da Avenida do Estado até a Paquistão.

Este fumacê aplicado pela Secretaria de Saúde do Estado é feita com carro adaptado, para obter um alcance maior em uma região extensa.

Em ruas e áreas menores, o fumacê é aplicado de forma manual por agentes do programa de combate a dengue de Balneário Camboriú.

Eliane Guedes Casatti, diretora da Vigilância Ambiental, explicou que apesar do verão ser a época mais propícia para a propagação do mosquito e o aumento da transmissão da dengue, chikungunya e zika, essas doenças também são uma ameaça no inverno.

“Mais uma vez peço que a população colabore eliminando os criadouros e deixando o agente de endemias fazer a visita”, disse.

Durante a aplicação do fumacê, é importante que crianças e animais de estimação fiquem fora de casa. As janelas das residências devem ficar abertas, pois o fumacê mata os mosquitos que estão voando, assim, se estiver dentro de casa, a fumaça não conseguirá matá-los. Caso chova, a aplicação do fumacê será remarcada.

Sintomas

A dengue é uma doença grave transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti. É marcada pela febre alta, associada à dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo e nas articulações, sintomas que são parecidos com o do coronavírus. O que diferencia a dengue da Covid-19, são as dores no fundo dos olhos e manchas pelo corpo. A orientação é que ao apresentar sintomas a pessoa deve se dirigir até a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Informações - Secretaria de Saúde( 47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

Balneário Camboriú tem 126 casos autóctones de dengue

Bairro das Nações recebe terceiro fumacê nesta segunda-feira

Publicidade

Segunda, 25/5/2020 12:03.

O Programa de Combate à Dengue registrou 660 focos positivos do mosquito Aedes aegipty e 126 casos autóctones (quando a doença é contraída dentro do município).

O Bairro das Nações concentra o maior número de focos e casos e por isso receberá a terceira aplicação do fumacê, nesta segunda-feira (25), entre 17h30 e 20h. Desta vez, os técnicos que vem da Vigilância Epidemiológica do Estado, aplicarão o inseticida da rua Venezuela a rua Israel e da Avenida do Estado até a Paquistão.

Este fumacê aplicado pela Secretaria de Saúde do Estado é feita com carro adaptado, para obter um alcance maior em uma região extensa.

Em ruas e áreas menores, o fumacê é aplicado de forma manual por agentes do programa de combate a dengue de Balneário Camboriú.

Eliane Guedes Casatti, diretora da Vigilância Ambiental, explicou que apesar do verão ser a época mais propícia para a propagação do mosquito e o aumento da transmissão da dengue, chikungunya e zika, essas doenças também são uma ameaça no inverno.

“Mais uma vez peço que a população colabore eliminando os criadouros e deixando o agente de endemias fazer a visita”, disse.

Durante a aplicação do fumacê, é importante que crianças e animais de estimação fiquem fora de casa. As janelas das residências devem ficar abertas, pois o fumacê mata os mosquitos que estão voando, assim, se estiver dentro de casa, a fumaça não conseguirá matá-los. Caso chova, a aplicação do fumacê será remarcada.

Sintomas

A dengue é uma doença grave transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti. É marcada pela febre alta, associada à dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo e nas articulações, sintomas que são parecidos com o do coronavírus. O que diferencia a dengue da Covid-19, são as dores no fundo dos olhos e manchas pelo corpo. A orientação é que ao apresentar sintomas a pessoa deve se dirigir até a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Informações - Secretaria de Saúde( 47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade