Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Com 40 casos, Santa Catarina quer redução de 50% do pessoal trabalhando nas empresas

Fique em casa - Ministro Mandetta prevê colapso do sistema de saúde

Sexta, 20/3/2020 19:20.

Publicidade

O governador Carlos Moisés anunciou no começo da noite desta sexta-feira (20) que já são 40 os casos confirmados de Coronavírus em Santa Catarina, contra os 28 contabilizados pela manhã.

Ele insistiu na necessidade de isolamento social como uma única forma de combate à doença e anunciou que o setor produtivo terá que mandar para casa 50% do pessoal ocupado neste momento.

Embora o governador não tenha anunciado, já está claro que a quarentena de 7 dias que terminaria na terça-feira será prorrogada porque a doença ainda parece fora de controle.

COLAPSO

Por sua vez o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que até o final de abril o sistema de saúde brasileiro vai entrar em colapso.

"Claramente, em final de abril nosso sistema de saúde entra em colapso. Colapso é quando você tem dinheiro, mas não tem onde entrar (nos hospitais)", afirmou, Mandetta, ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

Eles participam de videoconferência com empresários sobre medidas de enfrentamento ao coronavírus.

O ministro disse que pretende atuar para tentar evitar esse provável cenário.

"A gente está modelando para ver se trabalhamos com algumas interrupções, segurando o máximo dos idosos que são quem leva ao colapso do sistema", afirmou.

Mandetta disse que o padrão de transmissão do vírus é "muito competente". De acordo com ele, a curva de transmissão do novo coronavírus ainda vai iniciar nos próximos 10 dias e o aumento de casos deve ter subida rápida em abril, maio e junho. O ministro previu a queda da curva de infecção só em setembro.

"Mais difícil do que fechar um shopping é saber quando reabrir", disse o ministro.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Com 40 casos, Santa Catarina quer redução de 50% do pessoal trabalhando nas empresas

Fique em casa - Ministro Mandetta prevê colapso do sistema de saúde

Publicidade

Sexta, 20/3/2020 19:20.

O governador Carlos Moisés anunciou no começo da noite desta sexta-feira (20) que já são 40 os casos confirmados de Coronavírus em Santa Catarina, contra os 28 contabilizados pela manhã.

Ele insistiu na necessidade de isolamento social como uma única forma de combate à doença e anunciou que o setor produtivo terá que mandar para casa 50% do pessoal ocupado neste momento.

Embora o governador não tenha anunciado, já está claro que a quarentena de 7 dias que terminaria na terça-feira será prorrogada porque a doença ainda parece fora de controle.

COLAPSO

Por sua vez o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que até o final de abril o sistema de saúde brasileiro vai entrar em colapso.

"Claramente, em final de abril nosso sistema de saúde entra em colapso. Colapso é quando você tem dinheiro, mas não tem onde entrar (nos hospitais)", afirmou, Mandetta, ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

Eles participam de videoconferência com empresários sobre medidas de enfrentamento ao coronavírus.

O ministro disse que pretende atuar para tentar evitar esse provável cenário.

"A gente está modelando para ver se trabalhamos com algumas interrupções, segurando o máximo dos idosos que são quem leva ao colapso do sistema", afirmou.

Mandetta disse que o padrão de transmissão do vírus é "muito competente". De acordo com ele, a curva de transmissão do novo coronavírus ainda vai iniciar nos próximos 10 dias e o aumento de casos deve ter subida rápida em abril, maio e junho. O ministro previu a queda da curva de infecção só em setembro.

"Mais difícil do que fechar um shopping é saber quando reabrir", disse o ministro.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade