Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Covid-19 perde força, mas região da Amfri se mantém como recordista de mortes

Itapema e Itajaí são as líderes em mortes por habitante em Santa Catarina

Terça, 8/9/2020 7:13.
Divulgação

Publicidade

A quantidade de óbitos por covid-19 nas últimas 72 horas é a menor dos últimos 30 dias, mas a doença continua presente, vitimou 42 pessoas em Santa Catarina desde sexta-feira e a região da foz do rio Itajaí-Açu se destaca negativamente no cenário estadual.

Na taxa de mortes por habitante, entre as maiores cidades do Estado, a liderança é de Itapema, seguida por Itajaí, Tubarão, Balneário Camboriú, Navegantes e Camboriú.

Portanto, cinco das cidades com piores números no Estado estão na região o que tem levantado questionamentos a respeito do desempenho dos hospitais Marieta Konder Bornhausen e Ruth Cardoso.

Como a quantidade de testes aplicados na população é pequena, ninguém sabe exatamente se o refluxo da doença se deu porque as pessoas estão se cuidando ou uma grande quantidade de indivíduos, assintomáticos, adquiriu imunidade.

Os médicos a toda hora alertam que a doença está presente e pode retornar com força, a exemplo do que ocorreu em outros países, portanto cuidados como uso de máscaras e isolamento dos idosos e outros vulneráveis é necessário.

Taxa de mortes por habiante entre as maiores cidades do Estado, acrescido de todas as cidades da Amfri


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Covid-19 perde força, mas região da Amfri se mantém como recordista de mortes

Itapema e Itajaí são as líderes em mortes por habitante em Santa Catarina

Publicidade

Terça, 8/9/2020 7:13.

A quantidade de óbitos por covid-19 nas últimas 72 horas é a menor dos últimos 30 dias, mas a doença continua presente, vitimou 42 pessoas em Santa Catarina desde sexta-feira e a região da foz do rio Itajaí-Açu se destaca negativamente no cenário estadual.

Na taxa de mortes por habitante, entre as maiores cidades do Estado, a liderança é de Itapema, seguida por Itajaí, Tubarão, Balneário Camboriú, Navegantes e Camboriú.

Portanto, cinco das cidades com piores números no Estado estão na região o que tem levantado questionamentos a respeito do desempenho dos hospitais Marieta Konder Bornhausen e Ruth Cardoso.

Como a quantidade de testes aplicados na população é pequena, ninguém sabe exatamente se o refluxo da doença se deu porque as pessoas estão se cuidando ou uma grande quantidade de indivíduos, assintomáticos, adquiriu imunidade.

Os médicos a toda hora alertam que a doença está presente e pode retornar com força, a exemplo do que ocorreu em outros países, portanto cuidados como uso de máscaras e isolamento dos idosos e outros vulneráveis é necessário.

Taxa de mortes por habiante entre as maiores cidades do Estado, acrescido de todas as cidades da Amfri


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade