Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Jota vence prêmio de melhor startup de informação digital do mundo
Divulgação
Marc Sangarné, CEO do Jota recebe o prêmio

Segunda, 3/6/2019 9:51.

(FOLHAPRESS) - O Jota venceu neste domingo (2/6) o World Digital Media Awards 2019 na categoria de melhor startup de informação digital no mundo. A cerimônia de premiação ocorreu em Glasgow, na Escócia.

O prêmio é dado pela Association of Newspapers and News Publishers, organização internacional que reúne 3.000 editores de notícias e empreendedores de tecnologia.

"Acreditamos que o fator humano é crucial para qualquer sucesso. Estamos muito orgulhosos de ter algumas das melhores pessoas nessa jornada", afirmou o jornalista Felipe Recondo, cofundador do Jota, ao receber o prêmio.

O CEO da startup, Marc Sangarné, afirmou que a premiação consagra o modelo inovador do projeto. "O prêmio consagra um modelo de negócio inovador, reafirma o valor da informação, demonstra o potencial transformador do jornalismo e da tecnologia."

O Jota foi criado em 2014, com foco inicial em produzir reportagens sobre temas jurídicos. Nos anos seguintes, expandiu sua aérea de cobertura, passando também a retratar, além do Judiciário, os Poderes Legislativo e Executivo.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Jota vence prêmio de melhor startup de informação digital do mundo

Divulgação
Marc Sangarné, CEO do Jota recebe o prêmio
Marc Sangarné, CEO do Jota recebe o prêmio

Publicidade

Segunda, 3/6/2019 9:51.

(FOLHAPRESS) - O Jota venceu neste domingo (2/6) o World Digital Media Awards 2019 na categoria de melhor startup de informação digital no mundo. A cerimônia de premiação ocorreu em Glasgow, na Escócia.

O prêmio é dado pela Association of Newspapers and News Publishers, organização internacional que reúne 3.000 editores de notícias e empreendedores de tecnologia.

"Acreditamos que o fator humano é crucial para qualquer sucesso. Estamos muito orgulhosos de ter algumas das melhores pessoas nessa jornada", afirmou o jornalista Felipe Recondo, cofundador do Jota, ao receber o prêmio.

O CEO da startup, Marc Sangarné, afirmou que a premiação consagra o modelo inovador do projeto. "O prêmio consagra um modelo de negócio inovador, reafirma o valor da informação, demonstra o potencial transformador do jornalismo e da tecnologia."

O Jota foi criado em 2014, com foco inicial em produzir reportagens sobre temas jurídicos. Nos anos seguintes, expandiu sua aérea de cobertura, passando também a retratar, além do Judiciário, os Poderes Legislativo e Executivo.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade