Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Turismo
MSC Sinfonia reativa embarques internacionais a partir do porto de Itajaí

Sábado, 14/12/2019 20:59.
Divulgação

Publicidade

Atracou na manhã deste sábado em Itajaí o navio MSC Sinfonia, trazendo passageiros desde a Europa em direção a Montevideo e Buenos Aires, reavivando a vocação da vizinha cidade como porto de embarque e desembarque para viagens internacionais.

Quando o navio escalou no Rio de Janeiro alguns jornalistas* do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul embarcaram e se juntaram ao público predominantemente idoso que chegava da Europa.

Na escala em Santos, embarcaram pessoas mais jovens, com um perfil característico dos cruzeiros de curta duração na América do Sul.

O porto de Itajaí, que possui terminal alfandegado, é estratégico porque evita que os passageiros da Região Sul do país tenham que ir a Santos para embarcar rumo ao Uruguai.

No entanto, a operação em Itajaí tem sua dificuldades pois o píer turístico -construído dentro da melhor tradição lusitana-, não comporta navios maiores como o MSC Sinfonia, por isso as atracações precisam ser feitas nos berços comerciais.

A ideia da administração itajaiense é construir um novo terminal de passageiros o que evitaria o peculiar desembarque entre pilhas de containers, além do translado de bagagens e passageiros por ônibus e caminhões ao píer turístico onde fica a estrutura da fiscalização federal.

O calendário prevê 13 escalas do MSC Sinfonia em Itajaí nesta temporada, em viagens de Santos a Montevideo, e se o desempenho comercial for positivo, é provável que as companhias de cruzeiros programem mais escalas em 2020/2021.

NAVIO É BOM

O MSC Sinfonia tem quase 20 anos e ganhou sobrevida em 2015 quando foi reformado e teve aumentado seu comprimento.

Porém sua capacidade é relativamente pequena (2.579 passageiros) quando comparada com embarcações mais novas da MSC como o Seaview que está trabalhando novamente no Brasil nesta temporada e pode hospedar até 5.429 pessoas.

No portal da Logitravel, empresa especializada em vender cruzeiros para brasileiros, a avaliação do MSC Sinfonia, na opinião de 1.043 passageiros, é “muito bom”, com nota 7,2 superior até à do novíssimo Seaview.

Parte desse sucesso provavelmente se deve à cortesia dos tripulantes, dentre eles diversos brasileiros do Nordeste, que se empenham verdadeiramente em agradar os hóspedes.

Do lado oposto, o da queixas, a mais comum é o preço das bebidas, dificuldade que pode ser amenizada com a compra de promoções.

MSC SINFONIA EM ITAJAÍ

(*O jornalista Waldemar Cezar Neto viajou a convite da MSC).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

MSC Sinfonia reativa embarques internacionais a partir do porto de Itajaí

Publicidade

Sábado, 14/12/2019 20:59.

Atracou na manhã deste sábado em Itajaí o navio MSC Sinfonia, trazendo passageiros desde a Europa em direção a Montevideo e Buenos Aires, reavivando a vocação da vizinha cidade como porto de embarque e desembarque para viagens internacionais.

Quando o navio escalou no Rio de Janeiro alguns jornalistas* do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul embarcaram e se juntaram ao público predominantemente idoso que chegava da Europa.

Na escala em Santos, embarcaram pessoas mais jovens, com um perfil característico dos cruzeiros de curta duração na América do Sul.

O porto de Itajaí, que possui terminal alfandegado, é estratégico porque evita que os passageiros da Região Sul do país tenham que ir a Santos para embarcar rumo ao Uruguai.

No entanto, a operação em Itajaí tem sua dificuldades pois o píer turístico -construído dentro da melhor tradição lusitana-, não comporta navios maiores como o MSC Sinfonia, por isso as atracações precisam ser feitas nos berços comerciais.

A ideia da administração itajaiense é construir um novo terminal de passageiros o que evitaria o peculiar desembarque entre pilhas de containers, além do translado de bagagens e passageiros por ônibus e caminhões ao píer turístico onde fica a estrutura da fiscalização federal.

O calendário prevê 13 escalas do MSC Sinfonia em Itajaí nesta temporada, em viagens de Santos a Montevideo, e se o desempenho comercial for positivo, é provável que as companhias de cruzeiros programem mais escalas em 2020/2021.

NAVIO É BOM

O MSC Sinfonia tem quase 20 anos e ganhou sobrevida em 2015 quando foi reformado e teve aumentado seu comprimento.

Porém sua capacidade é relativamente pequena (2.579 passageiros) quando comparada com embarcações mais novas da MSC como o Seaview que está trabalhando novamente no Brasil nesta temporada e pode hospedar até 5.429 pessoas.

No portal da Logitravel, empresa especializada em vender cruzeiros para brasileiros, a avaliação do MSC Sinfonia, na opinião de 1.043 passageiros, é “muito bom”, com nota 7,2 superior até à do novíssimo Seaview.

Parte desse sucesso provavelmente se deve à cortesia dos tripulantes, dentre eles diversos brasileiros do Nordeste, que se empenham verdadeiramente em agradar os hóspedes.

Do lado oposto, o da queixas, a mais comum é o preço das bebidas, dificuldade que pode ser amenizada com a compra de promoções.

MSC SINFONIA EM ITAJAÍ

(*O jornalista Waldemar Cezar Neto viajou a convite da MSC).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade