Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Turismo
Balneário Camboriú: trade reivindica orçamento maior para a Secretaria de Turismo

Terça, 15/10/2019 15:38.
Sectur

Publicidade

Em 2019 o orçamento destinado à secretaria de Turismo (Sectur) sofreu um corte de 50%, em números reais ficou em R$ 3.158.315,00. Deste valor, R$ 400.000 são destinados à manutenção da Passarela da Barra, que no momento é responsabilidade da Sectur.

Se o orçamento deste ano tivesse sido reajustado em 4% e neste ano mais 4%, que seria somente a reposição da inflação, o valor seria de R$ 6.919.211,00.

“Acreditamos que este valor é o mínimo do mínimo, a reposição da inflação”, disse Margot Rosenbrock Liborio, vice-presidente do Convention Bureau.

Os números foram apresentados durante a Audiência Pública que apresentou as propostas da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2020, no Plenário da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, nesta segunda-feira (14).

Por esta razão, o Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau mobilizou o trade turístico do município para reivindicar aumento no orçamento da Sectur, afim de realizar ações de promoção do destino e prospecção de turistas, para o próximo ano. O orçamento, elaborado pelo poder executivo, indica o valor e onde a prefeitura e suas autarquias poderão utilizar o dinheiro público durante o ano.

Em nome do grupo, Margot disse que com esse orçamento muito abaixo do esperado, fica impossível realizar novas ações e o planejamento estratégico para divulgação do destino.

Histórico

Desde o início do ano, a secretaria já vinha anunciando que não tinha recursos. A Organização Mundial de Turismo recomenda 2,5% do orçamento para destinos primordialmente turísticos, o valor do ano passado não passa de 0,25% do orçamento. Na audiência o valor sugerido é de R$ 4.900.000 para 2020, menos do que em 2015, o que representa um retrocesso de 5 anos, sem falar em inflação.

A proposta orçamentária é de 0,39 % do orçamento.

“Vamos solicitar 0,56%. Muito pouco perto do que é necessário. No futuro lutaremos para recuperar o 1% que já tivemos, mas hoje, o objetivo maior, é corrigir essa distorção feita em 2019”, disse a vice-presidente do Convention.

Ela segue argumentando que é impossível planejar novas ações com o orçamento cortado pela metade.

“Em um mundo que muda o tempo inteiro, nós precisamos ser proativos e criativos para competir com outros destinos. Por isso, queremos recuperar o orçamento anterior, corrigir pela inflação e ter um ganho real que impacte diretamente nas ações de divulgação turística do destino. Temos um trade turístico unido e disposto a ser parceiro em vários momentos, mas para que possamos trabalhar juntos, precisamos do aumento deste orçamento”, ressalta.

Nos próximos dias, o BC Convention enviará ofício ao prefeito Fabrício Oliveira para solicitando a readequação da proposta orçamentária.

Dotação orçamentária Sectur

  • 2019 - R$ 3.158.315,00
  • 2018 - R$ 6.397.200,00
  • 2017 - R$ 5.094.400,00
  • 2016 - R$ 5.094.400,00
  • 2015 - R$ 4.995.500,00

Fonte: L.O.A. Balneário Camboriú


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Sectur

Balneário Camboriú: trade reivindica orçamento maior para a Secretaria de Turismo

Publicidade

Terça, 15/10/2019 15:38.

Em 2019 o orçamento destinado à secretaria de Turismo (Sectur) sofreu um corte de 50%, em números reais ficou em R$ 3.158.315,00. Deste valor, R$ 400.000 são destinados à manutenção da Passarela da Barra, que no momento é responsabilidade da Sectur.

Se o orçamento deste ano tivesse sido reajustado em 4% e neste ano mais 4%, que seria somente a reposição da inflação, o valor seria de R$ 6.919.211,00.

“Acreditamos que este valor é o mínimo do mínimo, a reposição da inflação”, disse Margot Rosenbrock Liborio, vice-presidente do Convention Bureau.

Os números foram apresentados durante a Audiência Pública que apresentou as propostas da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2020, no Plenário da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, nesta segunda-feira (14).

Por esta razão, o Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau mobilizou o trade turístico do município para reivindicar aumento no orçamento da Sectur, afim de realizar ações de promoção do destino e prospecção de turistas, para o próximo ano. O orçamento, elaborado pelo poder executivo, indica o valor e onde a prefeitura e suas autarquias poderão utilizar o dinheiro público durante o ano.

Em nome do grupo, Margot disse que com esse orçamento muito abaixo do esperado, fica impossível realizar novas ações e o planejamento estratégico para divulgação do destino.

Histórico

Desde o início do ano, a secretaria já vinha anunciando que não tinha recursos. A Organização Mundial de Turismo recomenda 2,5% do orçamento para destinos primordialmente turísticos, o valor do ano passado não passa de 0,25% do orçamento. Na audiência o valor sugerido é de R$ 4.900.000 para 2020, menos do que em 2015, o que representa um retrocesso de 5 anos, sem falar em inflação.

A proposta orçamentária é de 0,39 % do orçamento.

“Vamos solicitar 0,56%. Muito pouco perto do que é necessário. No futuro lutaremos para recuperar o 1% que já tivemos, mas hoje, o objetivo maior, é corrigir essa distorção feita em 2019”, disse a vice-presidente do Convention.

Ela segue argumentando que é impossível planejar novas ações com o orçamento cortado pela metade.

“Em um mundo que muda o tempo inteiro, nós precisamos ser proativos e criativos para competir com outros destinos. Por isso, queremos recuperar o orçamento anterior, corrigir pela inflação e ter um ganho real que impacte diretamente nas ações de divulgação turística do destino. Temos um trade turístico unido e disposto a ser parceiro em vários momentos, mas para que possamos trabalhar juntos, precisamos do aumento deste orçamento”, ressalta.

Nos próximos dias, o BC Convention enviará ofício ao prefeito Fabrício Oliveira para solicitando a readequação da proposta orçamentária.

Dotação orçamentária Sectur

  • 2019 - R$ 3.158.315,00
  • 2018 - R$ 6.397.200,00
  • 2017 - R$ 5.094.400,00
  • 2016 - R$ 5.094.400,00
  • 2015 - R$ 4.995.500,00

Fonte: L.O.A. Balneário Camboriú


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade