Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Variedades
Carnaval de rua: Inimigos da Segunda vai levar quase dois mil foliões

Conheça a história do maior bloco de BC

Quinta, 23/2/2017 17:19.

Publicidade

O Inimigos da Segunda é hoje o maior bloco de Balneário Camboriú. Ele nasceu há oito anos, por iniciativa de um grupo de amigos, a maioria cariocas e paulistas, para brincar no Carnaval.

“A gente queria fazer um samba e fomos brincar na avenida, éramos cerca de 40 pessoas. Mas o bloco só engrenou mesmo em 2012, aí começou a funcionar bem, com venda de abadás”, contou o sócio-fundador Victor Alves, que hoje comanda sozinho o bloco, que tornou-se um negócio rentável.

Ele tem expectativa de levar perto de duas mil pessoas para a avenida. “Ano passado foram 1200, mas esse ano vai aumentar bastante, pela procura das camisetas. Posso adiantar que 30% são pessoas de fora”, comentou.

Programação

Esse ano Victor vai inovar com o Flash Dance, dois bailes no final de semana, no antigo Rei Bingo, atrás da Praça Almirante Tamandaré.

No sábado (25) a animação será por conta da bateria do Inimigos da Segunda, uma banda de samba e uma dupla de funk.

No domingo, às 20h, tem concentração, depois a micareta, 22h e baile no Flash Dance, 24h. Segunda-feira o bloco participa do desfile oficial, a partir das 20h.

Segundo o organizador, a venda de abadás segue até a hora do desfile. Os preços variam de R$ 80 (só na micareta) até R$ 130 (incluindo os bailes).

O desfile na rua é livre, quem quiser pode sair junto com o bloco.

Mais informações aqui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Carnaval de rua: Inimigos da Segunda vai levar quase dois mil foliões

Conheça a história do maior bloco de BC

Publicidade

Quinta, 23/2/2017 17:19.

O Inimigos da Segunda é hoje o maior bloco de Balneário Camboriú. Ele nasceu há oito anos, por iniciativa de um grupo de amigos, a maioria cariocas e paulistas, para brincar no Carnaval.

“A gente queria fazer um samba e fomos brincar na avenida, éramos cerca de 40 pessoas. Mas o bloco só engrenou mesmo em 2012, aí começou a funcionar bem, com venda de abadás”, contou o sócio-fundador Victor Alves, que hoje comanda sozinho o bloco, que tornou-se um negócio rentável.

Ele tem expectativa de levar perto de duas mil pessoas para a avenida. “Ano passado foram 1200, mas esse ano vai aumentar bastante, pela procura das camisetas. Posso adiantar que 30% são pessoas de fora”, comentou.

Programação

Esse ano Victor vai inovar com o Flash Dance, dois bailes no final de semana, no antigo Rei Bingo, atrás da Praça Almirante Tamandaré.

No sábado (25) a animação será por conta da bateria do Inimigos da Segunda, uma banda de samba e uma dupla de funk.

No domingo, às 20h, tem concentração, depois a micareta, 22h e baile no Flash Dance, 24h. Segunda-feira o bloco participa do desfile oficial, a partir das 20h.

Segundo o organizador, a venda de abadás segue até a hora do desfile. Os preços variam de R$ 80 (só na micareta) até R$ 130 (incluindo os bailes).

O desfile na rua é livre, quem quiser pode sair junto com o bloco.

Mais informações aqui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade