Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Variedades
Três dias de ‘Maratona do Samba’ em Balneário Camboriú

Vai rolar sorteio para o baile de abertura no Instagram do Página 3

Terça, 14/8/2018 16:21.
Divulgação
Os sócios do Stúdio Simone e Dion com os dançarinos Jimmy e Suellen

Publicidade

A partir desta sexta-feira (17) Balneário Camboriú será sede do samba de gafieira, com a realização da terceira edição da Maratona do Samba, uma iniciativa da academia Espaço à Dança, Stúdio de Dança de Salão, localizada no centro da cidade. Concorra a um par de ingressos no Instagram.

Durante três dias professores especialistas ministrarão cursos teóricos com aulas práticas. Este ano os dançarinos convidados são: Jimmy de Oliveira e Suellen Violante (padrinhos do evento), Léo Fortes e Robertinha, Robinho e Evelin, Vinícius e Flávia. Participação especial do DJ Rafa Martins.

Simone Fabris, sócia-proprietária do Espaço à Dança, disse que a expectativa é das melhores e que a cada edição o número de participantes vem aumentando.

“É um evento voltado ao Samba de Gafieira, uma dança a dois e uma das raízes da cultura brasileira. O evento abrange alunos do país inteiro, principalmente da região sul, e tem, como principal objetivo disseminar a cultura da dança de salão para que a mesma não se perca, deixando as pessoas entenderem que dançar é fácil, prazeroso e desestressante, é uma atividade física e faz bem para o corpo e para a mente de todas as idades”, detalhou Simone.

O começo

A maratona começou para divulgar a dança de salão. A iniciativa foi do dançarino Dion Wilian da Silva, sócio-proprietário do Espaço à Dança. Ele veio de Londrina, onde a gafieira é muito difundida.

“Ele chegou aqui e quase ninguém dançava gafieira, por isso ele lançou a maratona para despertar o interesse por este ritmo. Mas as maiores procuras ainda são de cidades vizinhas e até de outros estados”, disse Simone.

O curso

Para participar do workshop precisa ter uma base do samba. Esse aprendizado básico, os primeiros passos, o estúdio oferece. No work, os professores que vêm de fora, a maioria do Rio, trazem as novidades, avançam no ensinamento, depois do básico, vem o completo e o avançado. Depois desses três dias de maratona, os participantes continuam se encontrando a cada duas semanas no Stúdio para fazer um laboratório do aprendizado e seguir treinando.

“Temos de 20 a 30 alunos, de Blumenau, Floripa, Camboriú, Joinville, eles vêm para praticar o que aprenderam no work. Também realizamos os bailes da escola para prática desse e outros ritmos”, explicou Simone.

O ritmo

“A dança é uma excelente atividade física, queima bastante calorias e dá uma desenvoltura corporal muito boa. A gafieira é um excelente exercício, porque é um ritmo mais exigente.

Não tem ‘melhor’ idade para dançar. Vai dos 12 aos 70 anos.

Quem faz a maratona são os amantes da dança...quem quer aprender algo a mais, fazer um exercício, se divertir, porque é bom demais”, finalizou Simone.

Inscrições

As aulas desta edição serão realizadas na sede do Lions Clube de Balneário Camboriú (Rua 3.700) e terão aproximadamente 1h30 cada (totalizando 16 horas) com dois bailes, um de abertura e apresentação dos professores e um de prática.

Interessados: 99661-0282 falar com Dion


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Os sócios do Stúdio Simone e Dion com os dançarinos Jimmy e Suellen
Os sócios do Stúdio Simone e Dion com os dançarinos Jimmy e Suellen

Três dias de ‘Maratona do Samba’ em Balneário Camboriú

Vai rolar sorteio para o baile de abertura no Instagram do Página 3

Publicidade

Terça, 14/8/2018 16:21.

A partir desta sexta-feira (17) Balneário Camboriú será sede do samba de gafieira, com a realização da terceira edição da Maratona do Samba, uma iniciativa da academia Espaço à Dança, Stúdio de Dança de Salão, localizada no centro da cidade. Concorra a um par de ingressos no Instagram.

Durante três dias professores especialistas ministrarão cursos teóricos com aulas práticas. Este ano os dançarinos convidados são: Jimmy de Oliveira e Suellen Violante (padrinhos do evento), Léo Fortes e Robertinha, Robinho e Evelin, Vinícius e Flávia. Participação especial do DJ Rafa Martins.

Simone Fabris, sócia-proprietária do Espaço à Dança, disse que a expectativa é das melhores e que a cada edição o número de participantes vem aumentando.

“É um evento voltado ao Samba de Gafieira, uma dança a dois e uma das raízes da cultura brasileira. O evento abrange alunos do país inteiro, principalmente da região sul, e tem, como principal objetivo disseminar a cultura da dança de salão para que a mesma não se perca, deixando as pessoas entenderem que dançar é fácil, prazeroso e desestressante, é uma atividade física e faz bem para o corpo e para a mente de todas as idades”, detalhou Simone.

O começo

A maratona começou para divulgar a dança de salão. A iniciativa foi do dançarino Dion Wilian da Silva, sócio-proprietário do Espaço à Dança. Ele veio de Londrina, onde a gafieira é muito difundida.

“Ele chegou aqui e quase ninguém dançava gafieira, por isso ele lançou a maratona para despertar o interesse por este ritmo. Mas as maiores procuras ainda são de cidades vizinhas e até de outros estados”, disse Simone.

O curso

Para participar do workshop precisa ter uma base do samba. Esse aprendizado básico, os primeiros passos, o estúdio oferece. No work, os professores que vêm de fora, a maioria do Rio, trazem as novidades, avançam no ensinamento, depois do básico, vem o completo e o avançado. Depois desses três dias de maratona, os participantes continuam se encontrando a cada duas semanas no Stúdio para fazer um laboratório do aprendizado e seguir treinando.

“Temos de 20 a 30 alunos, de Blumenau, Floripa, Camboriú, Joinville, eles vêm para praticar o que aprenderam no work. Também realizamos os bailes da escola para prática desse e outros ritmos”, explicou Simone.

O ritmo

“A dança é uma excelente atividade física, queima bastante calorias e dá uma desenvoltura corporal muito boa. A gafieira é um excelente exercício, porque é um ritmo mais exigente.

Não tem ‘melhor’ idade para dançar. Vai dos 12 aos 70 anos.

Quem faz a maratona são os amantes da dança...quem quer aprender algo a mais, fazer um exercício, se divertir, porque é bom demais”, finalizou Simone.

Inscrições

As aulas desta edição serão realizadas na sede do Lions Clube de Balneário Camboriú (Rua 3.700) e terão aproximadamente 1h30 cada (totalizando 16 horas) com dois bailes, um de abertura e apresentação dos professores e um de prática.

Interessados: 99661-0282 falar com Dion


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade