Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Casal de Balneário Camboriú é premiado na 25ª Maratona Fotográfica de Florianópolis
Divulgação
Rivo e Deise

Quarta, 12/6/2019 18:20.

A 25ª edição da Maratona Fotográfica de Florianópolis foi em março, no aniversário da cidade, mas na segunda-feira (10) aconteceu a premiação dos vencedores e o lançamento da exposição ‘Cidade [re]visitada’, que fica até agosto no Espaço Cultural do Terminal Rodoviário Rita Maria. Uma das vencedoras, na categoria digital 2, foi a fotógrafa de Balneário Deise Cristofoli. O marido dela, que também é fotógrafo, é o conhecido Rivo Biehl. Ele foi homenageado por ter sido um dos maiores vencedores nos 25 anos de Maratona.

Os dois contaram ao Página 3 que a noite foi uma grande alegria, e segundo Rivo, tudo ficou ainda mais especial por ter sido perto do Dia dos Namorados, que é comemorado nesta quarta-feira (12).

Eles definem que somente participar da Maratona já é um desafio que os inspira, já que são dois dias (de sábado às 12h até domingo às 18h) para fotografar 12 temas propostos pela organização do evento.

Quando Rivo começou a participar, ainda em 1996, eram 24 fotos e com câmera com filme.

“Só podíamos fazer 24 fotos e eram 24 horas (de sábado às 12h até domingo às 12h). Ou seja, uma hora para fotografar cada tema, parece muito, mas era bem corrido. A gente não dormia, era um desafio ainda maior”, conta o fotógrafo.

Deise concorreu e venceu a categoria digital 2, onde deveria fotografar 12 temas, mas poderia fazer mais fotos de cada assunto. Dentre as propostas estavam ‘Arquitetura que persiste’, ‘Gente na rua’, ‘A cidade vista do morro’, ‘Alma de Manezinho’, dentre outros.

“Porém, só poderia entregar uma de cada e sem tratamento. Tem que seguir a ordem proposta também. Foram cerca de 400 fotógrafos participantes na edição desse ano, nas três categorias: fotografia analógica, digital 1 e digital 2”, explica Deise.


Deise com suas fotos premiadas

A fotógrafa salienta que conquistar o primeiro lugar, com seu conjunto completo de 12 fotos (são premiadas fotos individuais também), foi uma grata surpresa, pois havia ido mais para se divertir.

Nós adoramos a dinâmica da Maratona, de procurar os temas, andar pela cidade, conversar com as pessoas. Só participar do evento já é bacana, pois nos incentiva a desenvolver a criatividade, e conquistar o prêmio deixou tudo ainda melhor”, acrescenta.

Rivo participou da categoria fotografia analógica, mas não foi premiado pelas fotos dessa edição. Ele recebeu uma homenagem por todas as vitórias conquistadas ao longo dos 25 anos de Maratona.

“Ligaram na sexta-feira (7) pedindo que eu fosse até a entrega do prêmio com a Deise, porque eu seria homenageado. Tive a alegria de ganhar várias edições, cerca de seis vezes com o conjunto completo de fotos e umas 10 vezes com fotos individuais. Foi muito legal terem lembrado disso. É algo que nos motiva a continuar”, destaca.

Quem quiser conferir as fotos de Deise e dos outros fotógrafos vencedores, pode ir até o Terminal Rita Maria, que fica na Avenida Paulo Fontes, 1.101, no Centro de Florianópolis.

A entrada é gratuita e aberta ao público, de segunda a sexta-feira das 9h às 18h. Na galeria estão presentes 74 imagens entre as mais de duas mil fotos inscritas. As fotografias são de 26 fotógrafos profissionais ou iniciantes. Até 2 de agosto. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Casal de Balneário Camboriú é premiado na 25ª Maratona Fotográfica de Florianópolis

Divulgação
Rivo e Deise
Rivo e Deise

Publicidade

Quarta, 12/6/2019 18:20.

A 25ª edição da Maratona Fotográfica de Florianópolis foi em março, no aniversário da cidade, mas na segunda-feira (10) aconteceu a premiação dos vencedores e o lançamento da exposição ‘Cidade [re]visitada’, que fica até agosto no Espaço Cultural do Terminal Rodoviário Rita Maria. Uma das vencedoras, na categoria digital 2, foi a fotógrafa de Balneário Deise Cristofoli. O marido dela, que também é fotógrafo, é o conhecido Rivo Biehl. Ele foi homenageado por ter sido um dos maiores vencedores nos 25 anos de Maratona.

Os dois contaram ao Página 3 que a noite foi uma grande alegria, e segundo Rivo, tudo ficou ainda mais especial por ter sido perto do Dia dos Namorados, que é comemorado nesta quarta-feira (12).

Eles definem que somente participar da Maratona já é um desafio que os inspira, já que são dois dias (de sábado às 12h até domingo às 18h) para fotografar 12 temas propostos pela organização do evento.

Quando Rivo começou a participar, ainda em 1996, eram 24 fotos e com câmera com filme.

“Só podíamos fazer 24 fotos e eram 24 horas (de sábado às 12h até domingo às 12h). Ou seja, uma hora para fotografar cada tema, parece muito, mas era bem corrido. A gente não dormia, era um desafio ainda maior”, conta o fotógrafo.

Deise concorreu e venceu a categoria digital 2, onde deveria fotografar 12 temas, mas poderia fazer mais fotos de cada assunto. Dentre as propostas estavam ‘Arquitetura que persiste’, ‘Gente na rua’, ‘A cidade vista do morro’, ‘Alma de Manezinho’, dentre outros.

“Porém, só poderia entregar uma de cada e sem tratamento. Tem que seguir a ordem proposta também. Foram cerca de 400 fotógrafos participantes na edição desse ano, nas três categorias: fotografia analógica, digital 1 e digital 2”, explica Deise.


Deise com suas fotos premiadas

A fotógrafa salienta que conquistar o primeiro lugar, com seu conjunto completo de 12 fotos (são premiadas fotos individuais também), foi uma grata surpresa, pois havia ido mais para se divertir.

Nós adoramos a dinâmica da Maratona, de procurar os temas, andar pela cidade, conversar com as pessoas. Só participar do evento já é bacana, pois nos incentiva a desenvolver a criatividade, e conquistar o prêmio deixou tudo ainda melhor”, acrescenta.

Rivo participou da categoria fotografia analógica, mas não foi premiado pelas fotos dessa edição. Ele recebeu uma homenagem por todas as vitórias conquistadas ao longo dos 25 anos de Maratona.

“Ligaram na sexta-feira (7) pedindo que eu fosse até a entrega do prêmio com a Deise, porque eu seria homenageado. Tive a alegria de ganhar várias edições, cerca de seis vezes com o conjunto completo de fotos e umas 10 vezes com fotos individuais. Foi muito legal terem lembrado disso. É algo que nos motiva a continuar”, destaca.

Quem quiser conferir as fotos de Deise e dos outros fotógrafos vencedores, pode ir até o Terminal Rita Maria, que fica na Avenida Paulo Fontes, 1.101, no Centro de Florianópolis.

A entrada é gratuita e aberta ao público, de segunda a sexta-feira das 9h às 18h. Na galeria estão presentes 74 imagens entre as mais de duas mil fotos inscritas. As fotografias são de 26 fotógrafos profissionais ou iniciantes. Até 2 de agosto. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade