- Publicidade -
- Publicidade -
24.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Arrancadão de Canoas reuniu mais de 300 pescadores, em Balneário Camboriú

Para a safra da tainha de 2024 Balneário Camboriú deverá ter uma nova lei, que irá normatizar os ranchos de pesca

A safra da tainha de 2023 encerrou oficialmente no último dia de julho, mas a despedida aconteceu no último domingo (6), no Arrancadão de Canoas, na Praia Central de Balneário Camboriú, reunindo ranchos de pesca de todo o litoral catarinense e até do Paraná.

Segundo a presidente da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, Denize Leite, mais de 300 pescadores participaram. Somente no Arrancadão (espécie de ‘corrida’ de canoas) participaram 10 ranchos – a novidade foi a participação de duas equipes femininas, algo inédito no evento até então. 

Divulgação

“Foi um dia muito legal de confraternização e brincadeiras, um encerramento bem bacana da safra da tainha, com o objetivo cumprido, que era a integração entre todos os ranchos e famílias. Ficamos felizes em ver mais participantes neste ano e também as duas equipes de mulheres, mostrando que na pesca há espaço para todos – inclusive houve a premiação do pescador mais velho, um senhor de 86 anos, e o mais novo, um bebê de três meses”, disse.

- Publicidade -

Denize pontuou que é ‘muito bacana’ ver a cultura da pesca viva, já que é algo que passa de geração em geração, de pai para filho, e que a prefeitura de Balneário busca incentivar isso, reunindo todas as famílias para fazer o evento acontecer, diretamente com os pescadores que o organizam. 

Divulgação

“Já estamos pensando na pesca da tainha de 2024, através da lei que estamos elaborando junto com a Secretaria do Meio Ambiente, porque queremos normatizar a questão dos ranchos. Estamos em um estudo bem bacana que poderá trazer bom resultado para os pescadores. Vemos que a pesca é a origem da nossa cidade, faz parte da nossa cultura. A safra da tainha do ano que vem já está sendo discutida e planejada e esperamos avançar ainda mais”, completou.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -