- Publicidade -
- Publicidade -
15.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Começam a chegar os 3.500m de tubos para o alargamento da praia de Balneário Camboriú

Tubos formarão uma linha flutuante de 1,5 Km, até a altura de onde fundeiam os navios de cruzeiro, ao sul da Ilha das Cabras.

Os primeiros dos 333 tubos necessários para o alargamento da praia central, chegaram a Balneário Camboriú neste domingo, em seis das 80 carretas que transportarão toda a carga.

Esses tubos, com 12m cada um, serão soldados de dois em dois e dispostos paralelamente à praia central.

- Publicidade -

Posteriormente, eles serão soldados aos outros, virados e puxados por um rebocador, formando uma linha flutuante de 1,5 Km, até a altura de onde fundeiam os navios de cruzeiro, ao sul da Ilha das Cabras.

Para a linha flutuar, as pontas dos tubos nas extremidades são fechadas e posteriormente abertas, para provocar o afundamento.

A draga recolherá areia no fundo do mar, carregando 9.000 m3 de cada vez, cerca da metade sua capacidade, para calar 8 metros e poder fundear numa lâmina d´água em torno de 11 a 12 metros.

Outros 2.000 metros de tubos, não submersos, trarão a areia que será espalhada na praia pela ação do mar e de tratores.

- Publicidade -

Após a conclusão do aterro, os tubos submersos serão içados por boias e removidos.

A foto, de divulgação da empresa Jan de Nul, que fará o alargamento em Balneário Camboriú, mostra um processo semelhante numa praia da Bélgica, onde a draga pode chegar mais próxima à praia.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: