- Publicidade -
17.7 C
Balneário Camboriú

Comunidade denunciou esgoto irregular, Emasa fiscalizou e encontrou rede já lacrada

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) recebeu uma denúncia de esgoto caindo no Rio Marambaia, no fim da tarde de terça-feira (25). O esgoto seria proveniente de uma ligação irregular na Avenida Atlântica, em frente ao número 430. Na manhã desta quarta-feira (26) uma equipe do programa Se Liga na Rede foi até o local e encontrou a rede já lacrada. 

Segundo a assessoria, os fiscais da Emasa conversaram com o síndico do prédio, que mostrou o local e estava ‘tudo ok’. Possivelmente o ponto foi lacrado logo após a denúncia feita pelos vizinhos. 

- Publicidade -

A fiscal sanitarista Beatriz Nunes disse que quando abriram a caixa de inspeção na calçada viram que ela estava limpa e, ao inspecionarem a rede interna do edifício, identificaram que a saída citada na denúncia já estava reparada. 

“Havia concreto fechando a saída onde tinha um extravasor, não havendo mais irregularidade”, explicou.

Vigilância é permanente  

A equipe do programa Se Liga na Rede segue com as fiscalizações rotineiras e cronograma em todos os bairros da cidade, mesmo com o período de pandemia, atingindo mais de 70 mil vistorias desde 2016. 

Segundo o diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber, os fiscais seguem na rua verificando as denúncias e executando lacres quando necessário. 

- Publicidade -

A Emasa se mantém vigilante com relação às ligações irregulares de esgoto, pois estamos trabalhando para ter 100% de rede implantada em Balneário Camboriú, mas também ter 100% dos imóveis conectados à rede externa, esse é o objetivo do atual governo”, disse.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -