- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Conferências do Plano Diretor: em novembro, bairros irão apresentar sugestões

Os trabalhos que discutem o Plano Diretor de Balneário Camboriú estão agora na fase das Conferências Municipais, com a participação dos delegados que revisam o material já registrado. 

Secretário Fabiano (camisa preta) preside as conferências (Divulgação)

As duas conferências iniciais aconteceram na sexta (21) e segunda (24), mas até fim de novembro mais quatro estão programadas: dia 31/10; dia 10/11, dia 14/11 e dia 17/11, todas às 18h30, na sede do Legislativo municipal e abertas ao público.

Além destas seis, já são esperadas mais reuniões, ainda não anunciadas.  

- Publicidade -

No dia 10 de novembro haverá uma reunião com participação de representantes de bairros da cidade, que poderão apresentar propostas aos delegados. 

“Um volume muito grande de informações”

O secretário de Planejamento Urbano de Balneário Camboriú, Fabiano Queiroz de Mello, explica que na primeira Conferência, ocorrida na sexta-feira (21), foi aprovado o regimento interno dos trabalhos e definida a segmentação, já que se trata de um volume muito grande de informações. 

“Em primeiro lugar está a discussão do Plano Diretor, depois o Uso e Ocupação do Solo, seguido do Código de Obras e Código de Posturas, e então a compatibilização das leis, analisando as leis existentes, propondo modificações, porque tem muita lei avulsa que diz respeito ao uso e ocupação, por exemplo. Queremos englobar tudo, para ficar como um documento único e completo”, diz.

Bairros irão apresentar sugestões em 10 de novembro

Também foi definido que na conferência de 10 de novembro, os bairros da cidade poderão apresentar as demandas e sugestões a serem incluídas no Plano Diretor, facilitando o trabalho dos delegados. 

“Está sendo excelente a participação da comunidade, e todas as associações de moradores estão bem organizadas”, acrescenta Fabiano.

O secretário informa que também já iniciaram a leitura do Plano Diretor de 2015, com as atualizações do documento acontecendo em tempo real via Google. 

“Seguimos trabalhando na próxima segunda-feira (31), no dia 10 de novembro teremos então a conferência com os bairros, e já estamos planejando convocar mais reuniões, as seis iniciais não serão suficientes porque o trabalho é muito extenso, tem volume, mas lembrando que o Plano Diretor é estratégico, serão as diretrizes para o que queremos fazer no futuro de Balneário Camboriú”, pontua.

- Publicidade -

Principais questionamentos: uso e ocupação do solo

A maior preocupação da população, segundo Fabiano, é quanto ao uso e ocupação do solo, para saber o que poderá ser construído em Balneário futuramente, com o restante do trabalho, focado em áreas como sustentabilidade, mobilidade, segurança, etc. seria mais ‘tranquilo’. 

“Os principais questionamentos, quase na totalidade, são sobre o uso e ocupação do solo, percebi isso. Mas o andamento está indo muito bem – na segunda-feira (24) tivemos a presença de 41 delegados, fora os suplentes. Há delegados que já participaram do Plano Diretor de 2007 e 2015, e estão agora novamente. Os participantes são bem maduros e tudo está fluindo tranquilamente, sem polêmicas. Em 2007 havia muito desconhecimento, as pessoas tinham receio, e hoje sabemos o que queremos para a cidade”, completa.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -