- Publicidade -
- Publicidade -
26.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Das mais de 11 mil árvores de Balneário Camboriú, cinco mil delas estão em grau de atenção prioritário

Foi finalizado o Diagnóstico da Arborização Urbana de Balneário Camboriú, que contabilizou que a cidade possui em sua área urbana (ruas e praças) 11.222 árvores. O número, que é 49,62% superior à estimativa inicial, corresponde a 10.789 exemplares vivos e 433 mortos. 

Destas, há ainda mais de cinco mil que estão em grau de atenção prioritário, e há mais de sete mil pontos mapeados que podem receber novas árvores. 

O bairro mais arborizado é o Centro, com 4.174 exemplares, seguido da região das Praias Agrestes (1.619) e Bairro das Nações (1.158).

- Publicidade -

Balneário terá dados completos de árvores

Segundo a secretária do Meio Ambiente de Balneário Camboriú, Maria Heloísa Lenzi, antes do levantamento começar a ser feito pela Arboran Atividades Paisagísticas e Meio Ambiente LTDA, em setembro/2022, a prefeitura realizou uma prévia via geoprocessamento, que mapeou que a cidade possuía pouco mais de cinco mil árvores – 49,62% a menos do que o número real, de 11.222 árvores. 

Thiago Pacheco/Secretaria do Meio Ambiente/Arquivo

“O nosso próximo passo agora é unir esses dados em um aplicativo de gestão das árvores para fazer gerenciamento dessas informações, para que o Paisagismo e a Secretaria do Meio Ambiente façam um planejamento de arborização. Cada árvore dos espaços públicos urbanos passa a ter um relatório 360º, no qual constarão altura, porte e origem, além de informações sobre a existência de algum tipo de praga ou problemas físicos estruturais”, diz.

Chama a atenção que 5.278 árvores estão em grau de atenção prioritário, o qual indica uma atenção especial e prioridade no manejo, pois a árvore está em condições fitossanitárias inadequadas, perto da rede elétrica, ou em outra situação que oferece riscos. 

“Iremos analisar as situações e ver se precisam de poda, limpeza ou se precisam ser retiradas (cada árvore com recomendação de corte, há a indicação de cinco novos pontos potenciais para plantio)”, afirma, lembrando que as árvores analisadas ficam em via pública – praças e ruas, e não inclui no levantamento as remanescentes, como as do Parque Raimundo Malta. 

“Balneário Camboriú hoje tem praticamente 2.301 hectares de vegetação, isso dá 154m² de vegetação por habitante”, aponta.

Comunidade irá ajudar a plantar sete mil novas árvores

O diagnóstico identificou também que das mais de 11 mil árvores, 31% delas são nativas, 47% exóticas e 22% exóticas invasoras (quando oferecem risco às espécies nativas). 

“Também foram mapeados 7.092 novos locais que podem receber novas árvores, pontos apropriados onde não vai haver conflito com tubulação ou fiação, porque hoje há muitas árvores que geram conflito. Vamos priorizar árvores nativas dentro da legislação de arborização, e fazer ações de plantio envolvendo a comunidade. Essas ações serão alinhadas com a Secretaria de Obras e com o prefeito Fabrício Oliveira, mas o objetivo é integrar os moradores, pois quando a pessoa ajuda no plantio, ela ‘se apropria’ e ajuda a cuidar da árvore”, pontua, citando que um diagnóstico total da arborização da cidade é inédito na região.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -