- Publicidade -
21 C
Balneário Camboriú

Gotardo fiscaliza serviço dos ecopontos, incluso na tarifa de lixo

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

(Dani Sisnandes) – Dentro da agenda do Fiscalizômetro, o vereador Lucas Gotardo (Partido Novo), de Balneário Camboriú, começou a verificar in loco o serviço dos ecopontos de Balneário Camboriú, oferecido pela concessionária Ambiental.

Segundo o contrato firmado com a empresa, a implantação dos ecopontos custa R$ 1.614,82/mês, já sua operação custa R$ 39.161,77/mês – o equivalente a quase meio milhão ao ano. O valor é cobrado do contribuinte na tarifa mensal de lixo.

“Minha intenção é reforçar a divulgação do que já está disponível ao cidadão e dar ainda mais transparência aos serviços que são pagos todos os meses por ele”, comentou Gotardo.

O serviço

Hoje são quatro ecopontos funcionando na cidade, de segunda a segunda.

- Publicidade -

Eles estão localizados: na Praça Higino Pio; na Avenida Palestina esquina com Rua Paraguai; Terceira Avenida altura da Rua 2870 e Praça da Barra.

Os pontos possuem cabines, para o descarte de itens básicos de reciclagem (metais, papel, plástico e vidros) que pode ser feito 24 horas por dia.

Para descarte de materiais como pilhas, tampas, óleo e lâmpadas, o atendimento é das 10h às 13h e das 14h40 às 19h, de segunda a segunda.

- Publicidade -

Dúvidas com o ReciclaBC: (47) 99647-9495 ou https://reciclabc.com.br

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -