- Publicidade -
- Publicidade -
13.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Leitor responde crítica ao alargamento da praia central

O leitor João Passos, enviou a seguinte resposta a outro leitor que criticou o alargamento da faixa de areia:

Li atentamente a matéria que foi impulsionada pela opinião de um leitor que provavelmente é morador de outra cidade e tem apartamento na Barra Sul, região que o alargamento da faixa de areia está chegando a seu final nesta primeira etapa.

Tentei por várias vezes entender o real motivo de seu apelo para que a praia voltasse a ser o que era e sinceramente não consegui entender sua fala, em tom meio poético e que não consegue objetivar qual é o seu real desejo de mudança, ou o que teria deixado tão feia a praia ao ponto de ele querer voltar ao estado de praticamente inexistência de areia. Me deixou sinceramente preocupado com a opinião sobre uma obra que ainda está em seu início e que realmente como ele mesmo diz ainda não cumpriu a totalidade de sua função, a praia voltará a ser bonita como antes de perdermos areia, a fala me parece não levar em consideração que o que ele vê da janela de seu apartamento é uma obra inacabada, recém iniciada. Hora onde está a paciência de apenas alguns meses de esperar o final das obras para entender seu resultado, o mesmo leitor implora por uma enquete para entender a opinião do povo de Balneário Camboriú, mas a nossa opinião da população de Balneário Camboriú já foi amplamente discutida e votada pelo nosso povo para opinar: você queria ou não alargamento da faixa de areia?

- Publicidade -

Balneário Camboriú fala acerca deste alargamento desde o prefeito Meirinho na década de 1970 nossos primeiros estudos foram ainda no ano de 1994, de lá para cá muitos estudos foram realizados por equipes técnicas, universidades, ambientalistas, engenheiros e especialistas, lógico que a opinião popular no tangente ao visual e ao resultado dos debates pelos especialistas teria de ser feita como foi feito e por ampla maioria o povo de Balneário Camboriú optou pelo alargamento.

O leitor ainda pergunta o que pode fazer para uma pausa ou recurso estratégia e que a cidade deveria construir um espaço de debate, não existe mais tempo para pausas ou recuos a decisão já foi tomada num grande espaço de debate, que iniciou na década de 70, o momento agora é de finalização da obra para termos uma nova praia e na sequência construirmos novos espaços para nossos turistas e com cidadãos com espaço para caminhadas, corridas, andar de bicicleta ou apenas sentar e observar as grandes belezas que Balneário Camboriú nos proporciona.

JOÃO PASSOS

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -