- Publicidade -
11.5 C
Balneário Camboriú

Obra no Rio das Ostras quer evitar alagamentos históricos

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A obra no Rio das Ostras, que vai acabar com os alagamentos que a comunidade do Bairro Nova Esperança enfrenta a cada chuva mais forte, inicia nesta terça-feira (18) uma nova etapa em uma das pontes que cortam o rio, na Rua Adaci Santos Gomes, próximo à Rua Donaciano Santos. Por esta razão, a rua ficará fechada para veículos e pedestres até o dia 30 de junho, quando esta etapa deverá estar concluída. Nesta fase será demolida a atual ponte que será substituída por galerias.

(Foto Camila Werner)

O diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber explicou que nesta terça-feira a obra em andamento chega na parte das pontes.

“São as duas primeiras pontes neste contrato, não é que vamos fazer as pontes, vamos fazer a passagem embaixo das pontes para aumentar a vazão. É um compromisso do governo com aquela comunidade, porque cada período que se aproxima chuva, os moradores ficam apreensivos, porque o rio não tem mais a capacidade original de dar vazão a uma chuva forte ou uma chuva que permaneça por alguns dias”, detalhou Douglas.

- Publicidade -

Ele segue dizendo que este é um problema histórico, que será resolvido e que vai mudar a realidade daquela comunidade.

“Vai ser um grande ganho para os moradores que em dia de chuva poderão sair para seu trabalho tranquilos sem se preocupar com alagamentos e também dormir tranquilos, sabendo que não terão suas casas invadidas causando transtornos e prejuízos”, acrescentou o diretor da Emasa. 

Durante esta semana, a obra contou com três frentes de trabalho, sendo: no trecho 04 (próx. Rua Hermógenes de Assis Feijó) que possui cerca de 415 metros, com a continuação da limpeza e o alargamento do leito do rio. No trecho 01 execução de medição e topografia (Marginal Oeste – entre Rua José Honorato da Silva e Paulo Cunha); e no canteiro de obras a montagem das caixas de gabião, que servirão para compor a estrutura de contenção para instalação em trechos da margem do rio.

No total, a obra do Rio das Ostras compreende 2.820 metros divididos em sete trechos. Além da limpeza das margens, a execução contempla dragagem e readequação da calha do rio para a vazão real da bacia hidrográfica e ainda, muretas de contenções em alguns trechos.

A obra contratada pela Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) tem como principal objetivo resolver os alagamentos decorrentes das chuvas nos bairros da Barra, São Judas e Nova Esperança. 

- Publicidade -

A contratação da empresa de engenharia especializada para a execução da dragagem e readequação de calha do Rio das Ostras, foi por meio de licitação na modalidade Concorrência por menor preço global. 

A vencedora foi a empresa Penascal Engenharia e Construção Eireli, no valor de R$ 4.212.360,84. O prazo de execução previsto são três meses.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,752FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,497SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -