- Publicidade -
- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Regras de micromobilidade começam a ser discutidas em Balneário Camboriú

A cultura do cada um vai com seu carro precisa mudar na cidade, disse a diretora de trânsito

A prefeitura de Balneário Camboriú começou a discutir com empresas de micromobilidade que operam no município uma proposta de regramento para usuários e empresas do setor. 

Primeira reunião aconteceu esta semana, outras virão (Divulgação/PMBC)

A primeira reunião, que contou com a participação de representantes de três empresas, aconteceu nesta quinta-feira (9), na Acibalc. Mais encontros estão previstos.

O secretário de Planejamento da cidade, Fabiano Mello, explica que participaram da reunião, além das empresas do segmento, a BC Investimentos, Procuradoria do município e secretaria de Articulação e BC Trânsito. 

- Publicidade -

“Precisamos regrar espaços da cidade para bicicletas elétricas, patinetes e modais do tipo, para não haver dúvidas. Precisamos regrar onde vão ficar as estações, como será regido isso, e também quando o usuário está utilizando o modal, já que trata-se de uma micromobilidade e a pessoa nem sempre vai utilizar somente para dar uma volta, e precisará parar em pontos além das estações”, diz.

Fabiano pontua que a visão do governo municipal é de que é preciso estimular o uso de modais alternativos porque trata-se de sustentabilidade, já que é também um carro a menos no trânsito. 

“Contribui para o trânsito de nossa cidade e também para a economia. Queremos deixar as regras claras, lembrando que o livre comércio está presente – é o usuário que decide de qual empresa quer alugar”, acrescenta.

A diretora do BC Trânsito, Magali Ignácio, reforça a fala de Fabiano, pontuando que o grande desafio de Balneário é a mobilidade urbana, com destaque para o transporte público de qualidade, mas também incentivando outros modais. 

“Além de pensarmos em um transporte público eficiente, para tirar o maior número possível de veículos das vias, mudando a cultura do ‘cada um vai com o seu carro’, uma das variantes é investir na micromobilidade, que é um benefício ao meio ambiente e dá fluidez. Tivemos essa primeira reunião, que foi muito positiva, pois para Balneário é uma alternativa bem viável, que vem atender aos anseios e características de nossa cidade”, afirma.

A partir da reunião, formou-se um grupo de trabalho que promoverá uma agenda de encontros para elaborar uma proposta a ser discutida amplamente com a sociedade. 

Nos encontros, serão discutidos os desafios e possíveis soluções para micromobilidade em Balneário Camboriú, de forma que se possa criar um ambiente atrativo para que as empresas venham operar no município, além de promover um ambiente seguro e de acesso a toda população da cidade. 

- Publicidade -

Interessados em participar das discussões podem entrar em contato pelo e-mail [email protected] até o dia 17 de março (sexta-feira).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -