- Publicidade -
- Publicidade -
15 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Estúdio de fotografia da Univali será locação do filme Museu de si mesmo

Curta-metragem foi um dos contemplados no Prêmio Catarinense de Cinema 2022

O estúdio de fotografia da Univali será uma das locações do filme ‘Museu de si mesmo’, do diretor Ricardo Weschenfelder e produção da Café Preto Filmes, um dos contemplados no Prêmio Catarinense de Cinema 2022, realizado pelo governo do Estado de Santa Catarina em parceria com a Agência Nacional do Cinema (Ancine).

O filme tem como protagonista o ator Lui Strassburger, premiado como Melhor Ator no 30º Festival de Cinema de Gramado, pela atuação no curta-metragem ‘O Encontro’, em 2002.

A produção será realizada entre os dias 20 e 23 de julho. A gravação no estúdio da Univali será na próxima sexta-feira (21) e oito acadêmicos do curso de Produção Audiovisual irão auxiliar a equipe nos departamentos de direção de arte, direção de fotografia, produção e som.

- Publicidade -

“Além de aproximar a universidade do mercado, ser palco da produção do curta-metragem é também uma excelente oportunidade de estágio para nossos acadêmicos. Eles poderão trabalhar ao lado de profissionais que são referência no setor e temos certeza que será uma experiência maravilhosa para todos eles em diferentes áreas da produção de um filme”, afirma o professor André Luiz Vailati.

Sinopse

‘Museu de si mesmo’ narra a história de Raul, um solitário funcionário do setor de achados e perdidos, no Porto Infinito, no centro velho da cidade. Ele coleciona fotografias 3×4 de si mesmo, que preenchem uma parede na casa onde mora. 

Raul era professor de História, mas, ao cair acidentalmente na rua, bate a cabeça e perde a memória. O personagem, desaparecido, cria uma vida paralela e se torna o guardião dos objetos perdidos pelos outros como forma de se reinventar. Mas, a fotografia de uma misteriosa mulher, achada na rua, é o elo que pode recuperar a memória e o passado perdido de Raul.

Sobre Ricardo Weschenfelder

É mestre em Literatura e Doutor em Comunicação. Foi diretor e roteirista dos curtas-metragens de ficção Se eu Morresse Amanhã (2009), Dicionário (2012), Talvez Neve na Serra (2015) e Até Onde a Vista Alcança (2021); do média-metragem de ficção Certos Cães (2021) e dos documentários em média-metragem Miramar, um olhar para o mundo (2002) e Hassis: um auto retrato imaginado ou uma autobiografia inventada (2006). Foi assistente de direção dos longas-metragens de ficção A Antropóloga (2010), de Zeca Nunes Pires, e Porto Príncipe (em fase de finalização), de Maria Emília de Azevedo.

Sobre Lui Strassburger

É formando em Artes Cênicas pela Faculdade Paulista de Artes. Além do prêmio de Melhor Ator no 30º Festival de Cinema de Gramado, destacou-se nacionalmente ao interpretar Neves em Éramos Seis (1994) e o otorrino Ruy em Avenida Brasil (2012). Na televisão, Lui atuou em diversas novelas, entre elas, Laços de Família (2000), Belíssima (2006) e A Favorita (2008). No cinema, atuou em Quanto Vale ou É Por Quilo? (2005), O Menino da Porteira (2009), Mundo Cão (2016). O ator já atuou em mais de 150 comerciais pra TV e Rádio.

fonte: Assessoria Comunicação Univali

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -