- Publicidade -
- Publicidade -
17 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

RS terá novo ciclone extratropical, que também deve atingir SC

Um novo ciclone extratropical deverá atingir o litoral do Rio Grande do Sul a partir do sábado (8), apontam diferentes previsões. O fenômeno deve intensificar chuvas e rajadas de vento que já chegam ao Sul do país a partir desta quinta-feira (6).

O QUE DIZEM AS PREVISÕES?

Uma frente fria e o fortalecimento de uma área de baixa pressão irão levar chuva moderada para o sul gaúcho nesta quinta.

- Publicidade -

A partir de sexta (7), a chuva e os ventos devem se intensificar e avançar para o resto do estado e o sul de Santa Catarina. A Defesa Civil não descarta “transtornos relacionados aos acumulados e aos temporais”

O ciclone extratropical pode causar rajadas de vento de até 70 km/h no sábado, com chuvas previstas para acumularem entre 40 e 60 mm/dia. O leste e o nordeste gaúcho devem ser o mais atingidos.

“Este ciclone extratropical estará associado a uma nova frente fria e terá rápido deslocamento por áreas da Região Sul. No domingo (9), ele vai atuar sobre o mar, na altura da Região Sudeste. Neste dia, a chuva tende a ficar concentrada, principalmente, entre Santa Catarina, Paraná e o sul e leste de São Paulo, mas em menores volumes”, Informou previsão do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia)

DEFESA CIVIL PEDE ATENÇÃO

Nas redes, a Defesa Civil destaca atenção especial para sexta e sábado nas regiões do centro, vales, leste e oeste gaúcho.

Os acumulados, segundo as previsões do órgão, podem variar de 80 a 120 mm, ou 150 mm em situações pontuais -volume que gera risco de transtornos, como alagamentos, pela força repentina do temporal.

TRAGÉDIA DE JUNHO DEIXOU 16 MORTOS

- Publicidade -

A passagem de um ciclone extratropical no mês passado impactou pelo menos 500 mil gaúchos de 69 municípios, segundo a Defesa Civil.

Foram 16 mortes, 54.612 desalojados e 4.047 desabrigados.

O ciclone destruiu trechos de rodovias, imóveis e deixou milhares sem energia elétrica. Ele passou entre os dias 15 e 16 de junho.

VEJA OS CUIDADOS EM CASO DE VENTANIAS E RESSACAS:

Não fique em locais abertos, embaixo de árvores ou coberturas metálicas;

Evite esporte ao ar livre;

Não passe sob cabos elétricos, andaimes e escadas;

Feche portas e janelas da residência. Feche também persianas e cortinas para evitar que estilhaços se espalhem em caso de algum vidro quebrar;

Feche o registro de gás;

Evite deixar objetos em locais altos, pois podem cair;

Se faltar energia, cuidado com uso de velas;

Tire todos os aparelhos elétricos da tomada, em caso de falta de energia;

Crianças e idosos, principalmente, devem ser mantidos bem agasalhados;

Animais de estimação também devem ser protegidos do frio.

(UOL/FOLHAPRESS)

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -