- Publicidade -
19.4 C
Balneário Camboriú
Waldemar Cezar Neto
Waldemar Cezar Neto
O autor é jornalista
- Publicidade -
- Publicidade -

Geração de lixo e consumo de água indicam cerca de 500 mil pessoas na virada do ano em Balneário Camboriú

A Ambiental Limpeza Urbana e Saneamento Ltda. coletou em média 354 toneladas nos dias 31 e 1o, indicando que a cidade tinha cerca de 460 mil pessoas em casas, apartamentos e hotéis.

A projeção do Página 3 é feita com a mesma fórmula que a Secretaria de Turismo utiliza, que considera a geração diária de 750g de lixo por pessoa.

Aquela pessoas que vieram a Balneário Camboriú para a virada e não se hospedaram em hotéis ou ficaram em casas de parentes, portanto não geraram lixo domiciliar, não entram na conta, mas é improvável que o volume seja maior do que 20 a 30 mil.

Por sua vez, o relatório de vazão da Emasa, indica que estavam consumindo água na cidade, na virada do ano, entre 400 e 450 mil pessoas.

Num esforço por autocongratulação, secretários de turismo, há anos, costumam fazer projeções “furadas”, cada um “chutando” mais alto que o antecessor, mas a realidade pode ser medida com indicadores como lixo, água e energia elétrica.

Independentemente de “chutes secretariais” o resultado do Réveillon deste ano foi excelente, pois na virada de 2021 para 2022, usando o mesmo critério de lixo recolhido, a estimativa é que havia 400 mil pessoas em Balneário Camboriú.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -