- Publicidade -
16.1 C
Balneário Camboriú

Vereador Kaká quer esculhambar com o Sistema Municipal de Esportes

O Sistema Municipal de Esportes há mais de uma década funciona de maneira organizada, são lançados editais para candidatura de quem deseja apoio financeiro do município.

O Conselho Municipal de Esportes se reúne duas vezes por ano para avaliar as candidaturas e isso acontece de forma técnica, visando patrocinar atletas e treinadores de Balneário Camboriú. 

São patrocínios de valor modesto, mas muitas vezes constituem um dinheiro fundamental para o atleta se manter no esporte.

Agora o vereador Kaká Fernandes quer esculhambar tudo isso, permitindo que eventos de “grande porte” se candidatem a qualquer momento e que o Conselho seja obrigado a se reunir extraordinariamente para avaliar o projeto.

O vereador cita, comprovando que não entende nada do Sistema Municipal de Esportes, o exemplo da luta de Acelino Popó Freitas e Whinderson Nunes que não conseguiu patrocínio do município.

É ótimo que a cidade não tenha patrocinado esse evento porque aquilo não é esporte, é show, é caça-níqueis e caça-cliques que provavelmente proporcionou aos organizadores bastante lucro.

Cofre público, leis de incentivo ao esporte ou à cultura não são para este tipo de coisa.  O vereador Kaká deveria estudar mais, conhecer melhor a realidade do nosso esporte, para evitar essas ideias estapafúrdias.

- Publicidade -
Waldemar Cezar Neto
Waldemar Cezar Neto
O autor é jornalista
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: