- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia & Negócios 

Novo Eldorado 

A Serra catarinense tem um potencial fantástico e pode ser o próximo eldorado econômico estadual. Nos últimos anos o setor privado investiu muito em parques, pousadas, hotéis e vinícolas. Falta charme e capricho por parte das prefeituras. Deveriam copiar, por exemplo, o que é feito em Pomerode, no Vale do Itajaí. Entretanto, grupos econômicos do litoral, especialmente Florianópolis e Balneário Camboriú, têm adquirido imóveis em áreas centrais de cidades serranas, como em São Joaquim. A tendência, no futuro, termos, mais serviços, capricho e qualidade no receptivo. Além disso, se as obras prometidas para a BR-282 ocorreram, de fato, o princípio básico do turismo, que é o “como chegar”, estará resolvido. Além disso, a aviação regional é outro fator que promete ajudar bastante. Afinal a facilidade logística também é um ponto. A Serra promete e deve ter uma valorização muito grande dos imóveis. Tem tudo para ser o novo eldorado econômico. 


Alta no Sebrae-SC

Catarinenses estão se preparando mais para abrir negócios e buscando mais informações para melhorar a gestão. É isso que sinalizam dados do Sebrae-SC do primeiro trimestre. O número de empresas atendidas cresceu 36% frente ao mesmo período do ano anterior. Os dados foram as Salas do Empreendedor de Florianópolis e Chapecó, que ficaram entre as cinco que mais atenderam no país. Foram atendidas 123,4 mil pequenas empresas no trimestre. Desses, 82 mil foram atendimentos digitais, o que correspondeu a crescimento de 62% frente ao mesmo trimestre de 2023. Nas Salas do Empreendedor, os atendimentos cresceram 32% e para MEIS, avançaram em 47%. 


Dormindo no ponto 

Apenas 130 prefeituras de SC se habilitaram para receber os recursos a fundo perdido do governo federal no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Em contrapartida, 165 prefeitos e prefeitas dormiram no ponto e não se cadastraram no PAA ou mandaram documentos incompleta. Na prática, a maioria dos municípios catarinenses não fez o dever de casa e abriu mão de um recurso que poderia vir de graça. Não é financiamento. É dinheiro distribuído através de um programa de combate à fome e à pobreza. São R$ 10 milhões destinados à SC. 

- Publicidade -

Cia. Hering 

A Hering, com sede em Blumenau, teve vendas líquidas em 2023 na ordem de R$ 2,3 bilhões, contra um valor de R$ 2,0 bilhões em 2022. Teve lucro líquido de R$ 54,2 milhões no exercício de 2023, contra um lucro líquido de R$ 158,4 milhões no ano de 2022. Encerrou o ano com um Ativo Circulante de R$ 1,49 bilhão, contra R$ 1,54 bilhão no ano imediatamente anterior. Já o Passivo Circulante somou R$ 505,6 milhões em 2023, contra R$ 724,6 milhões em 2022. O Patrimônio Líquido, constituído do Capital Social e Reservas somou R$ 2,13 bilhões em 2023, contra R$ 1,9 bilhão em 2022.


Sobra dinheiro 

O Ministério da Justiça calcula que Estados deixaram de utilizar 41,6% do total de recursos enviados via Fundo Penitenciário Nacional entre 2016 e 2023. No caso de SC os repasses totalizaram R$ 21 milhões, dos quais 76,6% em execução. O curioso é que no conflagrado Rio de Janeiro, que recebeu o maior valor R$ 123 milhões, ainda não foram usados R$ 87 milhões. 


Fábrica e bilionários 

Quem mora ou visita Jaraguá do Sul não percebe que ali há uma fábrica de bilionários, todos vinculados à WEG. A empresa tem 29 deles dos mais ricos do Brasil. Poucos se dão conta por um motivo: a extrema discrição desses verdadeiros ricos, que se sabe a fonte de onde vem seu dinheiro. Bem ao contrário de dezenas de dezenas de outros catarinenses autointitulados “bilionários” de araque que se exibem por aí. 


Reurb avança 

Os cartórios estão impulsionando o avanço do Reurb, excelente programa de regularização fundiária Urbana em SC, que já responde por quase 13% dos processos brasileiros (30,8 mil). As entidades que representam as serventias querem avançar mais: o atual vice-presidente da Anoreg/SC, juntamente com ex-presidentes  estiveram com o diretor executivo da Federação Catarinense de Municípios, buscando adesão e divulgando à Caravana do Reurb, que passará por todas as 21 associações de municípios do Estado a partir de maio. A proposta é sensibilizar a sociedade e impulsionar nos municípios a política de regularização urbana, incluindo treinamento e disponibilização de material didático às prefeituras. 


Golpes digitais 

Em parceria com a Polícia Civil, a Associação Empresarial de Brusque, Guabiruba e Botuverá (ACIBR) lançou a Campanha de Conscientização Contra Golpes Digitais. Por meio de vídeos que serão publicados nas redes sociais da entidade, a ideia é alertar a população sobre os tipos mais comuns de golpes e como se proteger destes crimes que se tornaram bastante frequentes na região. A campanha surgiu da preocupação da Polícia Civil sobre o grande número de vítimas de estelionato digital na região nos últimos anos. A quantidade deste tipo de crime surpreendeu bastante a associação empresarial. O meio encontrado para minimizar esse problema e reduzir o número de pessoas vítimas desses golpes foi através desta campanha, idealizada pela delegacia. A ACIBR prontamente acatou a sugestão e abraçou a campanha, comentou um dos diretores da associação. 


Indústria lidera 

O setor industrial liderou a geração de empregos formais em SC no acumulado de janeiro e fevereiro deste ano. Nos primeiros dois meses de 2024, foram abertas 29 mil novas vagas na indústria. Segundo o Observatório Fiesc, os setores têxtil, de confecção, de couro e calçados; da construção; de alimentos e bebidas; e de madeira e móveis foram os que mais criaram oportunidades. Considerando-se todos os setores da economia catarinense, foram criados 52,2 mil novos postos no primeiro bimestre do ano. Somam-se aos 29 mil da indústria, 19,3 mil empregos do setor de serviços, 3,8 mil da agropecuária e 99 do comércio. 


Avaliação 

De acordo com o presidente da Fiesc, o bom desempenho se deve ao movimento de maior concessão de crédito, reflexo da redução das taxas de juros para novos empréstimos. Isso impacta diretamente a produção de bens de capital, como o segmento de máquinas e equipamentos, por exemplo, que registrou crescimentos de 28,5% na produção industrial em janeiro, comparada ao mesmo mês do ano anterior. Essa tendência também se reflete na retomada da criação de vagas nesses segmentos, destaca o presidente da Federação das Indústrias do Estado. 

- Publicidade -

Taxa de juros 

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumentos a taxa básica de juros, a Selic, definida em 10,75% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom). O comportamento dos preços fez o BC cortar os juros pela sexta vez consecutiva. Em comunicado, o Copom informou que deverá fazer apenas mais uma redução de 0,5 ponto na próxima reunião, em maio, o que aumenta a chance de a autoridade pausar ou reduzir o ritmo de cortes a partir de junho. 


Expansão da economia 

A previsão do mercado financeiro para o crescimento da economia brasileira neste ano subiu de 1,85% para 1,89%. A estimativa está no Boletim Focus desta semana, pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC) com a projeção para os principais indicadores econômicos. Para 2025, a expectativa para o PIB, a soma dos bens e serviços produzidos no país, é de crescimento de 2%. Para 2026 e 2027, o mercado financeiro também projeta expansão do PIB em 2%, para os dois anos. Superando as projeções, em 2023 a economia brasileira cresceu 2,9%, com um valor total de R$ 10,9 trilhões, de acordo com IBGE. Em 2022, a taxa de crescimento havia sido de 3%. 


Novo Centro Comercial 

Um novo Centro Comercial será construído no local do antigo prédio da agência do INSS, no Centro de Brusque, na rua Rodrigues Alves, próximo ao Shopping Gracher. Desde agosto de 2023, o INSS passou a atender em um prédio na rua Barão do Rio Branco, também no centro da cidade. De acordo com os responsáveis pelo empreendimento, a intenção da obra de transformar uma antiga construção, que estava em situação de abandono, em algo novo, moderno e que irá valorizar a região da cidade de Brusque. Serão 2,8 mil m2, tamanho semelhante ao que era ocupado pelo antigo prédio de serviços e será dividido de acordo com a necessidade dos clientes do centro. O novo empreendimento não será apenas um marco arquitetônico, mas também atenderá as necessidades da população brusquense, com mais um ponto de encontro e lazer para compras. A obra deve ser finalizada no início de 2025. 


Nova conveniência 

A Havan inaugurou recentemente a nova conveniência do posto de combustíveis, localizado ao lado da loja matriz, em Brusque. Com 200 m2, o local ficou ainda mais espaçoso para receber os clientes. Os postos de combustíveis da rede seguem o mesmo padrão, assim como acontece com as 175 lojas da Havan espalhadas pelo Brasil. 


Cadastro de entidades 

A Vara Criminal da Comarca de Brusque publicou edital de chamamento de instituições públicas ou privadas que desejem receber verbas pecuniárias oriundas de prestação pecuniária, transação penal e suspensão condicional do processo. As entidades sediadas em Brusque têm até o dia 30 de abril para apresentar os projetos. Caberá às entidades interessadas apontar o valor do projeto social a ser desempenhado e discriminar em detalhes todos os gastos a serem efetuados e o cronograma de execução a ser observado durante a implementação, inclusive data inicial e final. Os valores que estiverem disponíveis na conta angariadora serão destinados em prol das entidades cadastradas com projetos sociais aprovados. 


Penas pecuniárias 

O Código Penal classifica a pena pecuniária como uma pena que pode ser aplicada pelo juiz de direito em substituição às penas privativas de liberdade, observados os requisitos estabelecidos em lei. Havendo a imposição de pena pecuniária e caso o réu efetue o pagamento, o valor é depositado em uma conta única vinculada a um processo. A cada ano são abertos procedimentos específicos para que as instituições de caráter social postulem o repasse de recursos desta natureza para execução de seus projetos. 


Pá de cal 

A cultura, como ação do governo estadual, sempre esteve lá atrás, talvez em último lugar, nessa e nas gestões anteriores. Parece uma sina. Agora uma pá de cal está sendo dada pelo Tribunal de Contas, que, alegando “total falta de transparência e a inexistência de qualquer canal que permita o controle social dos recursos públicos”. A Fundação Catarinense de Cultura por meio do Programa de Incentivo à Cultura, ordenou ao Executivo suspender qualquer repasse financeiro e que ela, FCC, se abstenha de aprovar novos projetos culturais para o recebimento de apoio financeiro. O “furo” estimado em contas, só em 2023, em 120 projetos de 40 municípios, é estimado em R$ 60 milhões. 


CPF na Nota 

O governo de SC e o secretário de Estado da Fazenda estão muito entusiasmados com o programa CPF na Nota, em fase final de estudo, pelo qual parte do ICMS pago pelo consumidor em uma compra poderá ser revertido para a quitação de tributos, ou mesmo para a destinação à entidades de assistência social ou educação especial, como as Apaes. 


Tragédia 

O respeitado analista político Élio Gaspari resume numa frase o sentimento de dezenas de milhões de brasileiros honestos e éticos, para quem, seja qual for a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná sobre o caso do ex-ministro e hoje senador Sérgio Moro, “a corrupção ganha”. E de goleada. Pobre Brasil. Mas não vamos desanimar. Há esperanças. Um exemplo está na Assembleia Legislativa de SC que aderiu ao programa Educando Cidadãos, o que todos nós temos a ver com a corrupção? Que além do legislativo envolve outras 20 entidades. Idealizado pelo promotor de Justiça do Ministério Público de SC, Affonso Ghizzo Neto, o programa tem o objetivo de formar pessoas pensantes e críticos para o exercício de uma cidadania ativa e integral. As ações são voltadas para a educação, com envolvimento de educadores, estudantes e comunidade escolar. 


Voluntariado 

Uma grande vitória do voluntariado no Estado. Assim se pode dizer do Hospital de Olhos do Lions Clube de SC, que será inaugurado no próximo dia 28, em Palhoça. Quando estiver em pleno funcionamento, terá 15 médicos-oftalmologistas com previsão de 450 atendimentos diários. O hospital foi construído via ações voluntárias do Lions Clube, em terreno cedido pela prefeitura. 


Universidades comunitárias 

As 14 universidades comunitárias de SC, que integram o Sistema Acafe, da Associação Catarinense das Fundações Educacionais, chegaram aos 50 anos com muitas conquistas e novos desafios. As universidades comunitárias têm um passado e um presente relevantes para o desenvolvimento econômico e social do Estado e seguem com mais otimismo ao futuro em função do programa Universidade Gratuita, lançado pelo governo estadual para garantir que estudantes de menor renda possam fazer a faculdade que desejarem e próximo das suas residências. Quando SC tinha apenas a Universidade Federal de SC em Florianópolis, fundada em 1960, muitos catarinenses queriam fazer graduação, prefeituras das maiores cidades do Estado tomaram a iniciativa de criar fundações universitárias sem fins lucrativos. A primeira foi a Furb, de Blumenau, em 1964, a segunda foi a Furj, de Joinville. Depois vieram outras. Assim, muitos empresários e profissionais de diversas áreas do Estado puderam seguir trabalhando e, ao mesmo tempo, fazer graduação, principalmente à noite. Se não, teriam que deixar suas cidades e seus trabalhos para estudar. Mais de 700 mil profissionais foram graduados pelas comunitárias nesses 50 anos. 


Duplicação 

Ainda são necessárias ao menos 100 desapropriações para que a duplicação da BR-470 possa avançar nos lotes 3 e 4, entre o acesso a Pomerode e Indaial. O superintendente do DNIT em SC, diz ter confiança de que os processos serão resolvidos ainda neste ano. Um dos mutirões deve acontecer já em maio. É factível (o prazo) porque a Justiça de Blumenau é rápida e parceira. O superintendente calcula que essa centena de desapropriações deve consumir R$ 80 milhões, mesmo volume aplicado para este fim em 2023. Além das desapropriações ainda é preciso deslocar cerca de seis quilômetros de tubulações da SCGás que passam por debaixo da BR-470. Cabe a empresa mexer na rede de distribuição. Isso é importante para abrir frente nas marginais e depois trabalhar no eixo das pistas. 


ZM 

A empresa ZM estabelecida em Brusque, no ramo de auto-peças, teve vendas líquidas em 2023 na ordem de R$ 322,9 milhões contra R$ 238,7 milhões em 2022. Teve lucro líquido de R$ 58,2 milhões em 2023 e R$ 93,5 milhões em 2022. Tem um Ativo Circulante de RS 331,1 milhões em 2023 para R$ 307,5 milhões no ano anterior. O Passivo Circulante soma R$ 65,4 milhões em 2023 para R$ 73,5 milhões em 2022. A empresa está muito bem capitalizada. 


Democracia e alienação 

O Datafolha perguntou a pouco mais de 2 mil pessoas, em 147 municípios que regime preferem: democracia ou ditadura. Pois 140 disseram preferir ditadura e 360 responderam que “tanto faz”. O resultado da pesquisa revela que apenas 71% preferem democracia, 7% ditadura e 18% não se importam com o tipo de regime. Se a pesquisa representar a população brasileira, temos apenas 71 em cada 100 brasileiros com mais de 16 anos a preferir a democracia. Mesmo desses, não sejam todos os que realmente saibam o que é uma democracia, mesmo porque neste país a prática da democracia ainda é um arremedo. Democracia, por aqui, é mais um rótulo que prática. 


Médicos

Segundo estudo Demografia Médica no Brasil, prevendo que no próximo ano haverá no país três médicos para cada grupo de mil habitantes, superando as marcas atuais dos Estados Unidos e Canadá, por exemplo, que tem 2,7 e 2,8 respectivamente. No final de 2023 o Brasil tinha 564,3 mil médicos diplomados, ou 2,7 por mil habitantes. Apesar do número, o que é preciso resolver é o problema da formação e distribuição pelo país. Florianópolis, Porto Alegre, Belo Horizonte e Vitória tem cerca de 10 médicos por cada grupo de mil habitantes, enquanto há regiões do país que seguem quase totalmente desassistidas. 


Best seller 

O romance póstumo do escritor colombiano Gabriel Garcia Marquez (1927-2014), ”Vemo-nos em Agosto”, segue no topo da lista dos mais vendidos no Brasil na área da ficção. Em não ficção, quem permanece firme na dianteira, por várias semanas, é o itajaiense Júnior Rostirola, com “Café com Deus pai”, de autoajuda. 


Quem é?

Revelada como sendo a brasileira que, com 19 anos, é a bilionária mais jovem do mundo na lista da revista Forbes, o que milhares querem saber é quem é o suposto namorado, noivo ou marido da jaraguaense Livia Voigt, estudante de Psicologia que tem um patrimônio estimado em US$ 1,1 bilhão (R$ 5,5 bilhões). 


Usurpação 

Há uma lei estadual que já deveria ter caducado há tempos, que exige prévia licença ambiental para instalar antenas transmissoras de telefonia no Estado. Caducado porque tal licença é de competência privativa da União, conforme atestou o STF no tema 1.235. Ações tem chegado ao TJ-SC que, providencialmente, tem anulado todos os autos de infração. 


Paraíso dos idosos

Na última semana, quando completou 351 anos, Florianópolis ganhou mais um título. A cidade foi classificada como a quarta melhor para os idosos viverem entre as grandes, segundo o prestigiado ranking IDL 2023 do Instituto Longevidade MAG Seguros. Cidades grandes correspondem àquelas que tem acima de 100 mil habitantes, aproximadamente. O IDL revela, por exemplo, que a cidade tem a segunda maior expectativa de vida aos 60 anos e a 21ª menor taxa de idosos em vulnerabilidade social. Os idosos de Florianópolis mostram alto engajamento cívico, tendo a 5ª maior taxa de comparecimento em eleições. Por fim, tem a 3ª maior oferta de saúde de profissionais de saúde com nível superior. 


Abusado e falso 

Num caso um tanto singular, o TJ-SC manteve decisão de condenar um homem que utilizava celular do trabalho para uso pessoal. Nisso o aproveitador fez uma dívida de R$ 14,7 mil com serviços de internet móvel em um período de apenas 55 dias. Responderá também pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica por manipular certificados de cursos que eram pré-requisitos para assumir o cargo público onde atuava. 

Mais notícias acdiegoli.blogspot.com

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -