- Publicidade -
- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Feira em Balneário Camboriú 

Com uma fatia significativa de 26,7% na produção nacional do setor têxtil, Santa Catarina destaca-se como líder na confecção de vestuários e acessórios, alcançando R$ 6,6 bilhões em valor de transformação industrial em 2018. Como prova de sua influência, a cidade de Balneário Camboriú sediará nos dias 3, 4 e 5 de outubro, o maior evento de negócios de moda do país. “O Negócio da Moda (ONDM)” será realizado no Expocentro (Av. Marginal Oeste, Nova Esperança), das 13h às 21h. O evento reunirá nomes de destaque no mundo da moda brasileira em talks e palestras, além de uma inovadora feira de negócios com 180 estandes e 93 marcas expositoras, tudo em um espaço de mais de 8,5 mil metros quadrados. A expectativa é de que cerca de 12 mil pessoas passem pelos três dias do evento. 

Pomerode: exemplo para o Brasil 

- Publicidade -

É impressionante o desenvolvimento de Pomerode, no Vale do Itajaí. A cidade mais alemã do Brasil é um exemplo para o país na área econômica, turística, serviços públicos de qualidade e de acolhimento dos novos moradores. A infraestrutura alavanca o desenvolvimento com atração de novos negócios: turismo rural, padarias, restaurantes, artesanatos e aventura se multiplicando de casas nesse modelo de construção fora da Alemanha. Cenário completamente diferente da Rota do Vinho, em São Joaquim, na Serra, onde os turistas, com reservas para o último final de semana foram desconvidados, pois não havia como chegar às vinícolas. Com as estradas inacabadas, estavam repletas de lama e inacessíveis. 

Têxtil 

A Toalhas Atlântica recebeu a empresa belga Picanol para um evento exclusivo para 80 empresários do ramo têxtil. Além de apresentar suas novas tecnologias, a Picanol exibiu o Tear Picanol Terry Plus-I Connect com Smart Shed na sede da empresa, em Brusque. Detentora de 22 teares da Picanol, a fábrica da Toalhas Atlântica foi escolhida pela empresa belga para ser utilizada para a demonstração do maquinário em funcionamento. A Toalhas Atlântica foi a primeira empresa a receber as unidades do Tear Picanol Terry-I Connect com Smart Shed no Brasil. “Buscamos o aumento da produção. O Mercado está se desenvolvendo e nós estamos investindo em máquinas de ponta que trarão maior produtividade com uma quantidade melhor. Nós vivemos em um momento, na indústria têxtil principalmente, de inovação e tecnologia. E os investimentos são necessários para o bom desenvolvimento da empresa, qualidade e  produção. Então, olhamos de forma muito positiva para esses investimentos que estamos fazendo nas fábricas, estamos em uma escala crescente de desenvolvimento”, acrescenta a empresária Susymeri Ogliari, diretora da Toalhas Atlântica. 

Navegantes se destaca 

O mercado imobiliário de Navegantes, no litoral de SC, tem chamado a atenção de investidores e moradores no cenário nacional. Contando com 12 km de praia totalmente balneável, ideal para banho e esportes aquáticos. A cidade tem passado por transformações significativas contando com grande investimento em infraestrutura urbana o que acelerou ainda mais o crescimento da cidade. Também se destaca no setor logístico contando com aeroporto internacional, um dos portos mais importantes do país, além de estar situada no cruzamento de duas importantes rodovias para escoamento de mercadorias para o Brasil, a BR-101 e a SC-470. E para quem busca viver bem e com conforto em Navegantes, um dos principais bairros é o Gravatá. Esse endereço recebe todas as características buscadas por quem deseja investir um imóvel no litoral, como uma ótima infraestrutura, fácil acesso, uma orla que encanta os visitantes e moradores, restaurantes de qualidade e o melhor: uma grande potencial de valorização dos imóveis, haja visto que a cidade contempla ainda um projeto de engordamento da faixa de areia nesta região. 

Gás gaúcho em SC 

A gaúcha Fruki vai abrir o segundo centro de distribuição em Santa Catarina. Será em   um galpão de 3,2 mil metros quadrados na SC-401, em Biguaçu. O espaço terá qualidade para armazenar até 120 mil pacotes do mix de produtos da marca, que inclui refrigerantes, sucos, refrescos, água mineral e saborizada, energéticos e cervejas Bellavista. A estrutura vai atender um raio de 17 cidades do litoral, de Laguna a Balneário Camboriú. A inauguração está prevista para novembro, período que coincide com o início das operações da nova fábrica que a empresa está construindo em Paverama (RS). A Fruki desembarcou em SC há seis anos e em 2019 inaugurou o primeiro centro de distribuição no Estado, em Blumenau. A nova expansão indica crescimento da marca no mercado catarinense.

- Publicidade -

123 Milhas 

A decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) de suspender o pedido de recuperação judicial da 123 Milhas nada vai mudar para os clientes e credores da companhia, avalia especialista no segmento. Mesmo com a anulação, a blindagem de 180 dias em que ficam interrompidas todas as ações judiciais em tramitação contra a empresa continua mantida. Além disso, a medida foi tomada com o objetivo de se juntar mais documentos a esse processo. O processo todo continua suspenso até uma nova decisão por parte da Justiça e os credores não poderão fazer absolutamente nada nesse momento, a não ser aguardar a constatação prévia da empresa. 

Caos 

Investidores estrangeiros reclamam da insegurança jurídica no Brasil. O exemplo da hora é o marco temporal, decidido pelo STF. Na fábrica da BMW de Araquari, por exemplo, há uma certa tensão entre seus executivos. A montadora foi construída em área que, é originalmente, reserva indígena. A preocupação já foi levada ao governador de SC. 

Toga disparatada 

O relatório “Justiça em números 2023”, divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), mostra as remunerações dispares a magistrados de tribunais estaduais. A mais alta é a do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que paga pouco mais de R$ 170 mil cada magistrado, em média. Na outra ponta está o TJ de Alagoas, com cerca de R$ 37 mil. No ranking, o TJ-SC está em 7º lugar, com R$ 82,7 mil. Os valores incluem os pagamentos de remunerações, indenizações, encargos sociais, previdenciários, imposto de renda e despesas com viagens a serviço, dentre outros. 

Desaparecidos 

A Delegacia de Pessoas Desaparecidas, da Polícia Civil de SC, acaba de completar 10 anos com um saldo positivo: quando começou a atuar haviam 18.500 desaparecidos. Agora são 1.500.

Congresso científico 

A Unifebe realizará no dia 25 de outubro, uma palestra para abrir a 6ª edição do Congresso Científico de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade, o ITS 2023. A palestra é gratuita e será realizada de forma presencial no auditório do bloco C, no Campus Santa Terezinha, com transmissão ao vivo pelo canal da Unifebe, no YouTube. Para participar presencialmente da palestra, basta se inscrever pelo link: encurtador.com.br/kABLU.

Merecimento 

Durante o lançamento da nova marca de turismo de SC, o parque Beto Carrero World foi homenageado por sua influência no turismo catarinense. Absolutamente justo. Quinto maior do mundo, por ele passam, em média, por ano, 2,3 milhões de pessoas. Foi o segundo mais visitado na América Latina em 2022. 

Dano imprescritível 

Ao julgar uma ação originária de SC e com repercussão geral, o STF reafirmou por unanimidade, o entendimento de que danos ao meio ambiente são imprescritíveis. O caso envolveu duas empresas condenadas a recuperar áreas degradadas em decorrência da lavra ilegal de areia nas margens do Rio Itajaí-Açu. Alegavam que os fatos haviam ocorrido havia mais de cinco anos e que, portanto, estariam desobrigadas. A tese de repercussão geral fixada foi a seguinte: “É imprescritível a pretensão de ressarcimento ao erário decorrente da exploração irregular do patrimônio mineral da União, porquanto indissociável do dano ambiental causado”. 

Retrato de Lutero 

O Sínodo Vale do Itajaí recebeu a doação de um quadro, com a pintura do retrato do reformador Martin Luther, durante a conferência Ministerial, que aconteceu em agosto, no Centro de Eventos Rodeio 12. A pintura data do século XIX. O pastor Cláudio Schefer, da Paróquia Bom Pastor, de Brusque, entregou a obra de arte ao pastor sinodal, Alan Schultz, para que fosse exposta em seu escritório na sede sinodal. No dia 9 de maio a obra foi doada por Astrid Renaux, bisneta do cônsul Carlos Renaux, com a presença do neto e anuente Rodrigo Telles. Um termo de doação foi celebrado entre a família Renaux e o Sínodo Vale do Itajaí. O restaurador da obra foi o artista plástico brusquense Karl Teichmann. A obra é de um artista europeu e durante a 2ª Guerra Mundial foi trazida por imigrantes ao Brasil. A partir de um diálogo com a família Renaux, entendeu-se que a obra seria preservada e estaria segura na sede do Sínodo Vale do Itajaí. Quem adquiriu a pintura foi o avô da senhora Astrid e desde então é passado de geração em geração na família. Esta foi uma forma de valorizar a compra e manter a memória. A obra representa uma parte importante da história do protestantismo e, ao mesmo tempo, da história da cidade de Brusque, dos imigrantes pioneiros e os desafios enfrentados por eles. Ela tem valor artístico e histórico, enfatizou o pastor sinodal. 

Recursos dos brasileiros 

Recentemente foi anunciada que Brasil e Argentina chegaram a um acordo de US$ 600 milhões para financiar exportações de produtores argentinos, para eles venderem produtos ao Brasil. Uma medida que deveria envergonhar todos os brasileiros de bem. Se esse anúncio se consolidar na prática, tanto o presidente quanto o atual ministro da Economia estão cometendo uma verdadeira traição aos interesses nacionais. A medida tende a impactar duramente a indústria nacional de laticínios. Do valor anunciado, aproximadamente US$ 100 milhões serão destinados à importação de produtos lácteos, que significa a oferta de produtos argentinos a preços muito baixos, uma vez que a moeda por lei está fraquíssima e os produtos com preços baixos. Essa é mais uma ação lamentável e contestável do atual governo que, ao invés de defender os interesses de produtores e da indústria nacional, opta por patrocinar os produtores e indústrias do país vizinho, com o objetivo claro de apoiar o candidato da esquerda às eleições daquele país. 

Indústria Calçadista Catarinense 

A 22ª Semana da Indústria Calçadista Catarinense, promovida pelo Sindicato das Indústrias de Calçados de São João Batista, teve destaque para o novo formato de dois dias de evento, ao invés dos tradicionais três. O evento ocorreu nos dias 19 e 20 de setembro, no Centro de Eventos de São João Batista e reuniu mais de 100 expositores e mais de 300 fabricantes de calçados de todo o Brasil. São João Batista, conhecida como lançador de moda em calçados femininos e referência em fornecimento de matéria-prima, se destaca, hoje, como um polo autossuficiente. Durante os dois dias de feira, mais de mil pessoas movimentaram a cidade. A feira superou as expectativas.

Reconhecimento internacional 

O edifício Era, projetado pela Sunprime Empreendimentos e localizado no Centro de Itapema, recebeu o prêmio International Property Awands na categoria Residencial High Rise Architecture. A cerimônia da premiação aconteceu em Toronto, no Canadá. Com a premiação, o projeto agora compete na etapa global do International Property Awands que irá ocorrer em Londres, no próximo mês de abril. “É uma satisfação muito grande receber um prêmio como esse, ele eleva o nível da construção civil não só da cidade, mas do Estado e do país também, colocando Itapema no cenário mundial como realmente uma cidade que atrai investidores e clientes querendo estar no nosso litoral”, afirma o brusquense Eduardo Pastor, CEO da Sunprime Empreendimentos. 

Fraudômetro 

O Indicador de Tentativas de Fraude, da Serasa Experian, revelou que SC, Rio Grande do Sul e Paraná registraram 145,5 mil ocorrências em julho. Em SC, foram 38,4 mil. O setor de bancos e cartões tornou-se o preferencial dos criminosos, pois 5 em cada 10 tentativas foram direcionadas ao segmento (51,5%), resultando em uma ocorrência a cada 6,6 segundos. 

Atrativo 

Enquanto em Florianópolis o ambientalismo-caviar, instalado, literalmente, em castelos de vidro, cria todo tipo de obstáculo para se construir uma nova e necessária ponte, como da turística Lagoa da Conceição, Balneário Camboriú consolida-se como um dos maiores destinos de lazer do país com a inauguração recente do espetacular Parque dos Dinossauros, investimento do Grupo Oceanic. 

Sem previsão 

A obra de intersecção da rodovia Antônio Heil com a BR-101, o “novo trevo” segue sem previsão de data para início dos trabalhos. Representantes de entidades da região relatam que não possuem informações sobre a situação do novo trevo. Há três meses, o governador anunciou a obra em encontro com prefeitos. Na ocasião, o governador fez o anúncio durante reunião com 11 prefeitos na Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri). A estimativa do governador é que o investimento seja de R$ 80 milhões. Desde então, após três meses e meio, informações sobre prazos e andamento dos trabalhos não foram divulgados. A obra faz parte do programa Estrada Boa, pacote de investimentos anunciado pelo governo do estado em agosto. 

Conciliação 

O Tribunal Regional da 12ª Região (TRT-12 SC) obteve o maior índice de conciliação do Poder Judiciário em 2022, conforme relatório Justiça em Números 2023, divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Apresentou índice geral de 27,9% de acordos em relação ao total de processos julgados. No 1º grau, se considerada apenas a fase de conhecimento (quando se discute o mérito da ação), o maior percentual também foi verificado no regional catarinense, com 46,6%. Na execução, foram 12,4% de conciliações. 

Popularidade 

Saiu o novo ranking da popularidade digital dos 27 governadores brasileiros, feito pela consultoria Quaest. O líder é Tarcísio de Freitas, de São Paulo, com o gaúcho Eduardo Leite em segundo e o mineiro Romeu Zema em terceiro. O catarinense ficou em 11º lugar. Tarcísio, Eduardo e Zema tem 75,6, 61,5 e 56,3 de relevância, respectivamente. Jorginho Mello, 28. 

Anjos do Mar 

O Instituto Anjos do Mar divulgou um diagnóstico assustador a partir de uma das primeiras pesquisas para aferir se a mortandade da fauna marinha na região costeira de SC deve-se ou não à correlação entre poluição marinha, resíduos sólidos e a pesca ilegal. Só na região entre Bombinhas e Barra Velha cerca de 850 tartarugas morreram ao ano. 

Tempo para uma sentença arbitral 

Num procedimento de arbitragem, as próprias partes envolvidas no conflito, em conjunto com os árbitros, definem um prazo para a sentença arbitral. Se este não for estipulado, o período máximo para a apresentação da decisão será de seis meses, conforme determina a Lei de Arbitragem. A contagem do prazo tem início na data de instituição do procedimento arbitral. Na prática, o tempo específico depende do tipo de caso e da complexidade do assunto envolvido. Questões simples, como a dúvida a respeito do pagamento de um contrato de aluguel, podem ser resolvidas em menos de um mês. Já as soluções de procedimentos relacionados a grandes conflitos comerciais por vezes demoram mais de um ano, pois costumam envolver fatores como línguas distintas, legislações diferentes e provas mais difíceis de serem produzidas. Caso seja necessário mais tempo para se chegar a uma solução, a Lei de Arbitragem permite prorrogar o prazo estipulado inicialmente para a decisão, mas apenas se houver comum acordo entre as partes e os árbitros. Caso não haja consenso sobre uma nova data, mantem-se o prazo original. 

Ampliação do estádio 

O estádio Augusto Bauer passa por reformas e o Carlos Renaux, clube proprietário, tentará a ampliação da capacidade com o projeto apresentado em seu evento comemorativo de 110 anos em 14 de setembro. Os engenheiros responsáveis explicam que se trata de uma segunda fase das melhorias no Gigantinho. Já há reformas em andamento no local desde fevereiro. A ideia principal é dobrar a capacidade. Hoje, entre torcedores em pé e sentados, é considerado a capacidade para 5 mil torcedores. Com a reforma concluída, o Augusto Bauer deverá estar apto para receber 10 mil. 

Rodovia Ivo Silveira 

A recuperação e revitalização da rodovia Ivo Silveira (SC-108), trecho entre Gaspar e Brusque, foi iniciada. A solenidade de início das obras contou com a participação do secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade e de outras autoridades.  Segundo informações, essa obra tem um prazo de 90 dias de execução, uma melhoria importante, mais qualidade na trafegabilidade, um trânsito mais seguro. Ganha toda a região. 

Mulheres que negociam 

Dia 25 de setembro, o Núcleo de Mulheres Empresárias da Associação Empresarial de Brusque e Região, promoveram a 1ª edição do Mulheres que Negociam, que reuniu cerca de 50 empresárias. O evento aconteceu no Hotel Monthez, teve objetivo de promover o networking e novas possibilidades de parcerias e negócios. Além da rodada de negócios, as participantes tiveram uma capacitação com a especialista, Cerli Martins da Silva. 

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -