- Publicidade -
- Publicidade -
14.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Sucessão na Karsten
Foi anunciada a sucessão na Karsten, em Blumenau. É uma espécie de “acordo de cavalheiros” que vinha sendo costurado há pelo menos dois anos. O industrial Armando Hess de Souza já havia manisfestado internamente o desejo de deixar a presidência da sexta empresa mais antiga do Brasil ainda em funcionamento. Márcio Luiz Bertoldi despontou como o nome natural para assumir o cargo. Ambos trabalham juntos há mais de 20 anos, desde os tempos de Dudalina. Indicado também por unanimidade pelos conselheiros da empresa entre eles três ligados à família fundadora: Gil Karsten, João Karsten Neto e Carlos Odebrecht. Apesar de não exercerem funções na linha de frente, o trio ainda tem influência na gestão da centenária fabricante de artigos de cama, mesa e banho.

Período “sabático”
Ao contrário do movimento mais comum nesse tipo de situação, Armando Hess de Souza deixará a presidência da Karsten sem migrar para o conselho de administração. Ele considera ter encerrado um ciclo na companhia. A grande motivação é por novos projetos e rotinas. O industrial diz que quer tirar um período “sabático”, embora rechace a ideia de um “adeus” definitivo da Karsten. Apesar de deixar a presidência em 2024, ele ainda continua por mais tempo à frente de outro empresa, a Renauxview, de Brusque.

Bola da vez
A praia do Estaleirinho parece mesmo ser a “bola da vez” da construção civil e do turismo em Balneário Camboriú. Em paralelo aos anúncios de um novo resort do Costão do Santinho e de um parque aquático do Grupo Tedesco, a Aya Empreendimentos já deu a largada na construção de um conjunto de casas de alto padrão na região. Com acesso pela Rodovia Interpraias, o condomínio está projetado para ter até 14 residências de três pavimentos que devem conter inclusive elevador. Ao todo, serão cerca de 6,5 mil metros quadrados de área construída. Corretores de imóveis já anunciam a novidade. O preço de uma unidade em torno de R$ 9,9 milhões, por enquanto.

- Publicidade -

IGP-M de outubro
O IGP-M registrou uma variação de 0,50% em outubro, demonstrando um aumento em relação ao mês anterior, quando apresentou alta de 0,37%. Com esse desempenho, o índice acumula uma taxa de -4,46% no ano e de -4,57% nos últimos 12 meses. Em outubro de 2022, o índice tinha registrado uma queda de 0,97% e acumulava uma alta de 6,52% em 12 meses anteriores.

XII Secmasc
O Seminário de Métodos Adequados de Solução de Conflitos (Secmasc), organizado pela Fecema (Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem), com data marcada para 7/11/23 às 9 horas e 8/11/23 às 15,30 horas. Em 2023, o Secmasc passa por uma formulação em seu conteúdo, sempre em busca de inovar e oferecer a melhor experiência para seus participantes. Além de dois painéis gratuitos para você acompanhar, com certificado digital de 3h/aula, o Secmasc estará concentrado em trazer muita experiência prática.

Justiça rápida: o que é arbitragem?
É um método de solução de conflitos fora do Poder Judiciário em que um ou mais árbitros emitem decisões com força de sentença judicial. Caracterizada pela informalidade, a arbitragem é um método alternativo ao Poder Judiciário que oferece decisões ágeis e técnicas para a solução de controvérsias. Só pode ser usada por acordo espontâneo das pessoas envolvidas no conflito, que automaticamente abrem mão de discutir o assunto na Justiça. A escolha da arbitragem pode ser prevista em contrato (ou seja, antes de ocorrer o litígio) ou realizada por acordo posterior ao surgimento da discussão. Como se trata de um método privado, são as partes envolvidas nos conflitos que elegem um ou mais árbitros, geralmente um ou três, imparciais e com experiência na área disputada, para analisar o caso. Os árbitros normalmente tentam ajudar as partes a entrar em acordo. Se não houver acordo, eles emitem a decisão, chamada laudo ou sentença arbitral, que tem força de setença judicial. O prazo para a tomada de decisão é definido pelos próprios participantes do procedimento. Mas, caso isso não seja estabelecido de antemão, o prazo máximo será de seis meses conforme determina a Lei de Arbitragem (Lei nº 9.607/96). Ao contrário do processo judicial, o procedimento arbitral é sigiloso. Os custos dependem do tipo de conflito e da câmara de arbitragem escolhida.

Serviços em SC
O volume de serviços em SC cresceu 10,3% no acumulado de janeiro a agosto deste ano frente ao mesmo período do ano passado, valor superior ao nacional de 4,1%. O Estado apresentou a 4ª maior alta do país, atrás de Minas Gerais (9,0%), Paraná (11,8%) e Rio de Janeiro (5,1%) e à frente de São Paulo. Os dados foram divulgados pelo IBGE. Também no acumulado do ano, todas as atividades de serviços cresceram na comparação com igual período de 2022. O setor de serviços foi um dos mais afetados pela pandemia e o crescimento de 2023 acima da média nacional representa uma retomada importante.

Potência
A WEG investiu R$ 431 milhões no terceiro trimestre do ano, segundo informações do balanço financeiro. Os aportes foram direcionados para modernização e expansão da capacidade de produção, máquinas e equipamentos e licenças de uso de softwares. Pouco mais da metade do volume (57%) foi aplicada no exterior. Fora do Brasil, a companhia com sede em Jaraguá do Sul, segue com a construção de uma fábrica de motores em Portugal e com a expansão de uma unidade de motores e geradores de alta tensão na Índia.

Preços dos alimentos
As chuvas e as enchentes que castigaram o Estado nas duas primeiras semanas de outubro fizeram os preços dos alimentos dispararem. Uma pesquisa da Epagri mostra que os maiores aumentos foram registrados em produtos comuns na mesa dos catarinenses, como repolho, batata, morango e abobrinha. Nessa última, o valor para o distribuidor saltou 165% em relação ao mesmo período do ano passado. A apuração mostrou que em média, os preços dos hortifrútis no mês de outubro em relação ao mesmo mês do ano anterior será de 46% superior. Dos 160 municípios de SC que decretaram situação de emergência por causas dos temporais e inundações, 155 tiveram a área rural vistoriada. A constatação é de que 46,9 mil propriedades tiveram perdas. O resultado foi a redução da oferta de produtos para o distribuidor, que consequentemente pagou mais caro, e esse aumento está chegando ao consumidor final.

Novo porto
A superintendência da Receita Federal em SC prometeu que o novo porto seco de Dionísio Cerqueira, no Extremo Oeste, será inaugurado em dezembro. Em 2022 mais de 17 mil caminhões passaram pela aduana, numa movimentação de US$ 522 milhões.

- Publicidade -

Não ao Parque Central de BC
Uma petição pública tem por objetivo a exclusão de qualquer menção do Parque Central BC do projeto do plano diretor em andamento na cidade de Balneário Camboriú. Em 02/10/23, o chefe do poder executivo, apresentou o projeto do Parque Central BC na reunião dos delegados do plano diretor. Tal projeto afetaria uma área de 400 mil m2 do centro da cidade, onde residem mais de 10 mil pessoas e é rica em comércios. Trata-se de uma região consolidada, com toda a estrutura de iluminação, saneamento, esgoto, asfalto, anos de investimentos públicos e privados que se perderiam, incluindo residências de alto padrão. Um número considerável de famílias sofreria os impactos diretos deste projeto, não só os moradores, como também os empregados e empregadores da região. A área compreenderia desde a Rua 904 até 2.550, da 4ª Avenida até a Marginal Leste.

Insegurança jurídica
Mais uma do Ministério Público Federal em SC. Requereu a invalidação das licenças e autorizações do município de Garopaba e de outros órgãos (inclusive federais) e deu 15 dias para a empresa Surfland Brasil Garopaba apresentar uma proposta de acordo sobre as questões ambientais referentes ao empreendimento do mesmo nome, que é um parque temático com área de quase 100 mil m2 situada no bairro Capão, nos limites da área de proteção Ambiental da Baleia Franca. As obras estão quase concluídas e a inauguração já estava para ser agendada. O imperial MPF quer que pare tudo.

5G
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informa que todos os 295 municípios catarinenses estão liberados para a implantação da tecnologia 5G. Doze já tem o sinal disponível e apenas 65 atualizaram até agora a legislação municipal de acordo com a Lei de Antenas. Essa atualização é indispensável para que a implantação venha ocorrer.

Turismo responsável
Saiu o ranking de cidades brasileiras contempladas com o certificado internacional de turismo responsável. Só oito do Brasil entraram para a lista e destas cinco de SC: Bom Jardim da Serra, Bombinhas, Itá, Navegantes e Urubici. As outras três são do Rio Grande do Norte.

Mais costureiras
A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr), em parceria com a prefeitura local, promoveu mais uma solenidade de formatura da Escola de Costura. A entrega de certificados ocorreu no auditório do Instituto Federal Catarinense (IFC) e reuniu mais de 70 concluintes. Por meio da Escola de Cosura, já foram formadas mais de 800 profissionais.

Hotelaria
A Wyndham Hotels & Resorts, maior empresa de franquia de hotéis do mundo, com mais de 9.100 empreendimentos em 95 países, anuncia dois novos projetos hoteleiros no Brasil, ambos em SC, nos municípios de Jaguaruna e Imbituba. Na Praia do Rosa construirá o 15º da sua marca no Brasil. Em Jaguaruna tem a bandeira Ramada by Wyndham, marca com mais de 800 hotéis no mundo. Ambos serão administrados pela Trul Hotéis, operadora multimarcas brasileira. O investimento estimado é de R$ 300 milhões ao longo dos próximos cinco anos, período que os dois hotéis deverão ter as operações iniciadas.

De novo!
Literalmente saqueada em bilhões, conforme apurou-se na Lava Jato, a Petrobrás perdeu R$ 32 bilhões de seu valor, apenas em um dia, diante do anúncio de que uma mudança no seu conselho de administração permitirá a volta das famigeradas indicações políticas. O Centrão é o mesmo exército de corruptos, muitos deles velhos conhecidos, já preparam a festa.

Prêmio Top de Marketing
A Havan foi anunciada como uma das empresas vencedoras do Prêmio Top de Marketing e Vendas da ADVB-SC 2023, na categoria varejo. O projeto premiado foi o “Tem na Havan”, que tem tornado, cada vez mais, os clientes promotores da marca nas redes sociais. A coordenadora de Marketing explica que a varejista já tinha a prática de trazer conteúdo de clientes para as redes, mas não havia um incentivo frequente para que eles produzissem esses materiais. O dono da Havan afirma que o prêmio não é apenas da empresa, mas também dos clientes que contribuíram com o resultado, produzindo conteúdos profissionais para a marca. Ninguém melhor para falar e vender a marca do que aqueles que são apaixonados por ela, destaca.

Balneabilidade
Muitos se perguntam se vale a pena investir em Balneário Camboriú se sua principal praia, a central, é infestada, permanentemente, por milhões de coliformes fecais. O futuro parece melhor, aparentemente. É que no município vizinho, Camboriú, uma empresa privada está para assumir o serviço de saneamento básico, e promete evitar o lançamento in natura do esgoto de mais de 100 mil pessoas no rio Camboriú, que desagua no mar na ponta Sul da cidade coirmã, que não conhece, em décadas recentes, o que é balneabilidade segura para seus moradores e visitantes.

Nova indústria
Por anos, houve informação da existência em Florianópolis, da indústria da ponte Hercílio Luz, que desde sua interdição, em 2003, até sua restauração e reabertura, em 2022, encheu o bolso de algumas dezenas de notórios corruptos. Mas é preciso dizer da existência de outra, a indústria do Contorno Viário da Grande Florianópolis, que pelos contratos a grande obra deveria estar pronta e entregue em 2012. Um dos últimos prazos era dezembro deste ano, mas já sofreu novo adiamento para metade de 2024, ao custo de algumas centenas de milhões de aditivos e mais aditivos.

Implicância
Chama atenção a vigilância canina que alguns grandes jornais exercem sobre o ex-presidente Bolsonaro. Um exemplo: noticiaram que a brusquense Havan, do empresário Luciano Hang, grande apoiador do ex-presidente, aderiu ao “Desenrola Brasil”, um bom programa do atual governo. Perguntar não ofende: que mal faria se tais meios de comunicação também aderissem.

Arranha-céus
A Associação Comunitária dos Amigos e Moradores da Praia da Armação, em Penha, no litoral norte, conseguiu judicialmente suspender as obras e autorizações de dois novos edifícios na beira-mar do município, com 43 e 50 andares. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região compreendeu a necessidade de melhor avaliação quanto aos riscos de danos ambientais.

Contra a reversão
Algumas das mais importantes entidades empresariais de SC assinam manifesto se posicionando contra a reversão da contribuição de 14% dos aposentados para o Instituto de Previdência do Estado (IPREV). Organizações cientes de que, se a lei mudar, alguém vai ter que pagar a conta do atual e cada vez mais bilionário déficit.

Nova direção
O médico urologista Giovanni Favretto assumiu a Direção Clínica do Hospital Azambuja, em Brusque. Integrante do Corpo Clínico da instituição há oito anos, Giovanni tem como seu vice-diretor, o médico anesteziologista Fabrício Capello Brasil, diretor clínico da instituição até então. Segundo Giovanni, uma de suas missões será zelar por um excelente serviço médico no hospital, proporcionando condições de funcionamento pleno de todos os aparelhos médicos, quantidade adequada de insumos, de medicamentos, tudo o que for necessário para o cumprimento de uma prescrição médica adequada, otimizada, para uma pronta recuperação de saúde do paciente.

1ª Fenatech
Empreendedores e estudantes se reuniram na noite do dia 25 de outubro, para participar da 1ª Fenatech, no Cartolas Pub. O evento promovido pelo Centro de Incubação, Tecnologia e Inovação de Brusque (Citi) em parceria com o Núcleo de Tecnologia e Inovação da Associação Empresarial de Brusque, teve a participação de mais de 100 pessoas interessadas em discutir e desenvolver o ecossistema de tecnologia da região.

Engenheiras
A Udesc Joinville é a primeira instituição de ensino superior de SC a abrir uma filial da mundialmente conhecida SWE – Society of Women Engineer ou Sociedade das Melhores Engenheiras. Um de seus desafios é abrir espaço para que elas possam batalhar por mais equidade de gênero na área.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -