- Publicidade -
- Publicidade -
20 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Ação nacionalizada 

O Banco do Brasil, Petrobrás, Eletrobrás e Vale são as novas empresas parceiras do programa Novos Caminhos, idealizado e desenvolvido em SC, envolvendo várias organizações públicas e privadas, e agora nacionalizado pelo Conselho Nacional de Justiça. Tem como foco a capacitação e empregabilidade dos jovens egressos das casas de acolhimento. Por lei, ao completar 18 anos, não sendo possível o retorno à família biológica, os acolhidos precisam deixar os abrigos e iniciar a vida adulta por conta própria. O Novos Caminhos os prepara para que cheguem à nova fase com ferramentas que lhes possibilitem uma vida autônoma e digna. 

Contradições 

- Publicidade -

Causa furor e até um certo orgulho bairrista em muitos saber que pelo apurado pelo índice FipeZap+ sete cidades de SC estão entre as 50 com maior valorização imobiliária no país. Mas o que espanta, porque ninguém toca no assunto, é que em todas elas suas praias, que como passarelas, deveriam ser o apelo principal para atrair compradores de tão decantados imóveis, ficam quase todas impróprias para banho na alta temporada. 

Comida 

Tramita no Legislativo estadual projeto de lei que cria o Programa de Estímulo à Implantação de Cozinhas Comunitárias e Solidárias. Para sensibilizar outros parlamentares, juntou-se dados que impressionam: em SC cerca de 900 mil pessoas passam fome, conforme Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar. É de 2022 e não há indicativos de que tenha melhorado. Há ainda 2 milhões de pessoas em insegurança alimentar leve, que é quando há possibilidade de que o estoque de alimentos acabe antes que outros sejam adquiridos. Isso dá 40% dos domicílios catarinenses com algum grau de insegurança alimentar. 

Rota cargueira SC-Europa 

Santa Catarina vai ganhar em abril a primeira rota cargueira semanal para a Europa, com duas frequências. O anúncio da linha inédita Florianópolis-Europa foi feito pela Latam Cargo e a Zurich Airport durante a Intermodal South América 2024, feira de logística realizada em São Paulo. Com essas novas linhas, o Aeroporto Internacional de Florianópolis soma seis rotas internacionais de carga por semana. Já conta com três da Latam Cargo para Miami, Estados Unidos, e mais uma da Avianca Cargo também para Miami. O transporte SC-Europa será com aeronaves cargueiras Boeing 767-300F, com capacidade superior a 50 toneladas. Entre os itens que devem ser embarcados estão fármacos, cargas gerais, peças automotivas e de reposição. 

Conexões com a Suiça

Comitiva de lideranças da Suiça fará visita a polos tecnológicos de SC nos próximos dias. Dia 12, estará em Joinville, em roteiro organizado pelo Join.Vale durante todo o dia. Às 17 horas, o grupo tem reunião no Ágora Tech Park. Depois, o grupo segue para Florianópolis e Porto Alegre. Essa visita é importante porque a Suiça foi eleita o país mais inovador do mundo pela Global Innovation Index 2023, pela 13ª vez consecutiva. É uma abertura de portas para parcerias em diversas áreas, entre as quais inteligência artificial e manufatura avançada. 

- Publicidade -

Prêmio Joinville faz bem 

A quarta edição de 2024 do Prêmio Joinville Faz Bem está em andamento para celebrar o aniversário de 174 anos do município. O objetivo da ação é reconhecer bons exemplos de pessoas, empresas ou entidades da comunidade. Neste ano, oito categorias serão premiadas, uma a mais do que no ano anterior. A categoria Indústria foi incluída com o objetivo de reconhecer empresas que promovem iniciativas em prol da população municipal. As grandes empresas contribuem de forma significativa para o desenvolvimento de Joinville. Além da Indústria, o Prêmio se divide nas categorias Educação, Meio Ambiente, Cultura, Inovação, Esporte e Projeto Social Joinvilense do ano. 

Aluguel nas alturas 

O governador de SC tem tido dificuldades em preencher cargos no segundo e terceiro escalões. Feitos os convites a quem ele quer na sua administração, muitas respostas, negativas, vem horas ou dias depois com a desculpa: os altos alugueis em Florianópolis. Em muitos casos no valor próximo dos vencimentos dos eventuais cargos públicos. A propósito, segundo dados do índice FipeZap, nos últimos dois meses o preço dos aluguéis residenciais em 25 cidades brasileiras avançou 16,22%. Entre as 11 capitais, seis acumularam valorização acima da média: Goiânia, no topo com 34,05%, seguida de Florianópolis com 26,54%, depois Curitiba (20,57%), Rio de Janeiro (19,27%), Fortaleza (19,04%) e Belo Horizonte (17,08%). 

Turismo caro 

Leitor tentou passar o Carnaval em Urubici que, turisticamente tem demanda de baixa temporada nessa época. Num dos melhores hotéis, tipo duas estrelas se fosse classificado, o pernoite com café da manhã, para duas pessoas, custava R$ 766. Optou por Gravatal, pela metade e categoria até melhor. É um valor que se compara, em euros, aos de Lisboa, Paris, Amsterdã, etc. Uma pousada ali próxima, em Bom Retiro, tem no momento diárias a partir de R$ 970. Não parece exagero, mas é. 

Invasão Zero 

Com 15 mil filiados, o MST ganhou um antagonista, que já existe em 12 Estados: é o Invasão Zero. Está se organizando também em SC. O grupo foi criado há pouco menos de um ano, na Bahia. 

Diário de BC

Já é possível se montar uma espécie de diário do que acontece de relevante quase todo dia para virar notícia nacional em Balneário Camboriú. A última: uma mulher foi presa por racismo durante a exibição do filme “One Love”, sobre a vida de Bob Marley, no cinema do Balneário Shopping. Teria exclamado, em voz alta, entre outras frases: “Quanto preto no cinema”. Um homem, a seu lado, ofendeu-se e chamou a polícia. 

Facções criminosas 

Mapeamento sigiloso feito pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública e obtido pelo jornal O Estado de São Paulo mostra que há pelo menos 72 facções criminosas nas prisões brasileiras. Em SC são sete: duas nacionais (Comando Vermelho e PCC); três regionais: Bala, Primeiro Grupo Catarinense e Os Manos; e duas locais: Comando Leal e Primeiro Crime Revolucionário Catarinense.  

É o agro …

O PIB ficou acima da expectativa e o governo festejou como se tivesse sido o autor da façanha. O Presidente, o Vice e o Ministro da Fazenda vibraram como se fossem os goleadores. E perderam uma excelente oportunidade de se aproximar do Agro. Todos sabem que este governo não gosta do agro e que a recíproca é verdadeira. No ano passado, o Presidente chamou o Agro de fascista, negacionista e mau-caráter. O Agro respondeu com um crescimento de 15,1%, segundo o IBGE, garantindo o resultado de quase 3% de crescimento do PIB em seu primeiro ano de terceiro mandato. Seria a chance para o Presidente ressaltar a contribuição do Agro para as exportações, as divisas que permitem importar, a garantia alimentar dos brasileiros e o orgulho de ajudar a alimentar o planeta. 

Melhores hospitais 

Dois hospitais de Blumenau – Santa Isabel e Santa Catarina – são os melhores de SC, conforme pesquisa internacional coordenada pela revista norte-americana “Newsweek”. No ranking nacional dos 96 melhores, os dois estão na 65ª e 71ª posição, respectivamente. O melhor do Brasil é o Albert Einstein, de São Paulo. 

Blindagem zero 

O Brasil registrou um novo recorde de blindagem de carros em 2023: foram 29,2 mil veículos, conforme Associação Brasileira de Blindagem. São Paulo liderou, com 11,8 mil, seguido pelo Rio de Janeiro com 834. A surpresa: nenhum veículo de SC recebeu tal proteção em 2023., contra 220 no Rio Grande do Sul e 55 no Paraná. 

Inadimplência 

Mais de 1 milhão de empresas de SC, Paraná e Rio Grande do Sul estavam com as contas no vermelho em dezembro de 2023, revela o Indicador de Inadimplência das Empresas da Serasa Experian, divulgado recentemente. O Paraná foi o Estado com o maior número de negócios com contas em atraso (422,4 mil), depois o Rio Grande do Sul, com 367,7 mil e em terceiro SC, com 292,4 mil. 

Desoneração 

Depois de voltar atrás na MP que reonerava a folha de pagamento para o setor produtivo, o governo federal enviou dia 28, um novo projeto de lei que trata do assunto. A proposta foi recebida com ressalvas pela Federação das Indústrias de SC (Fiesc). A entidade vê com preocupação a exclusão de segmentos relevantes para a economia do Estado da lista de setores contemplados pelo incentivo proposto no novo projeto. A forma como o projeto de lei 493/24 foi apresentado frustra as expectativas de uma parcela importante das indústrias catarinenses, já que ficaram de fora setores como o têxtil, confecções e vestuário, máquinas e equipamentos e também proteína animal, muitos dos quais já vêm sofrendo com a atual conjuntura econômica, destaca o presidente da entidade. Para a Fiesc, o caráter parcial da medida também não favorece a indústria, já que prevê a desoneração apenas de parte da folha de pagamento, na medida em que incide somente sobre a parcela do salário equivalente ao salário mínimo. Isso significa que a tributação passa a ser integral para os valores salariais que ultrapassem o mínimo. Além disso, a Fiesc destaca que a carga de tributos continuará subindo nos próximos três anos, até 2027, quando está previsto o fim da desoneração. 

Rodovia Ivo Silveira 

A revitalização da rodovia Ivo Silveira, entre Gaspar e Brusque, que iniciou em setembro do ano passado, deve terminar no próximo mês. O secretário de estado da Infraestrutura e o coordenador regional de Infraestrutura no Vale do Itajaí, falaram que existe a possibilidade de duplicação, mas a ideia ainda é inicial. A obra abrange 18 quilômetros de estrada e faz parte do programa Estrada Boa. Os trabalhos incluem uma revitalização completa. 

Previsão de inflação 

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA), considerado a inflação oficial do país, teve redução de 3,8% para 3,76% este ano. A estimativa está no Boletim Focus, pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central com a expectativa de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos. Para 2025, a projeção da inflação permaneceu em 3,51%. Para 2026 e 2027, as previsões são de 3,5% para os dois anos. 

Sorvetes diferentes 

Pelas redes sociais, a Roomys anuncia um sorvete feito de um jeito que você nunca imaginou. Por vezes condenado pela tropa da alimentação saudável, o doce gelado ganhou uma nova roupagem pelas mãos da pequena empresa de Blumenau, fundada há dois anos: sem leite, sem gordura hidrogenada, sem açúcar refinado e sem corantes ou aromatizantes artificiais. As receitas são à base de plantas e com uma fórmula que garante a cremosidade característica do produto, mas de um jeito nutritivo e saboroso – promessa dos sócios. 

Dinheiro gratuito para inovar 

Poder inovar investindo recursos não-reembolsáveis (que não precisam ser devolvidos) é um privilégio. Montante de R$ 2,1 bilhões desses recursos está sendo oferecido pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) em 11 chamadas públicas. Elas integram ações da Nova Indústria Brasil (NIB), programa lançado pelo governo federal. Essa oferta para inovação foi tema do Finep Day, evento realizado na Fiesc na última semana. Entre as áreas contempladas estão o agronegócio, saúde, mobilidade urbana, aviação sustentável, semicondutores, tecnologias digitais, bioeconomia e energia. 

Mapa do crime 

As autoridades ainda não estão se dando conta de que o Brasil está perto de ser um narcoestado, constatam leitores assustados com a informação de que o país há 72 facções criminosas nos presídios, das quais sete em SC, duas delas com franquia nacional, do Comando Vermelho e PCC. 

Cofre cheio 

O presidente nacional do Sebrae, o catarinense Décio Lima, comandará reunião com diretores e superintendentes para definir a política de crédito da instituição, que tem a fábula de R$ 30 bilhões para emprestar, principalmente para pequenos negócios. 

Prende-e-solta 

A reforma no Judiciário começa a pautar discussões no Legislativo de SC. Quem tocou no assunto foi o deputado Antídio Lunelli ao relatar crime de estupro de uma mulher, há dias, em Jaraguá do Sul. O autor foi preso um dia depois. Em janeiro havia detido por roubo, ao assaltar uma motorista de aplicativo. Só que a Justiça entendeu que não representava perigo e semanas depois ordenou sua soltura. 

Calibre 

Um ano após decreto antiarmas do governo, o número de clubes de tiro no Brasil tem ligeira alta. Na 5ª Região Militar, que compreende SC e Paraná, eles eram 520 em 2022 e 518 no ano passado. As lojas com registro apresentaram ligeiro crescimento de um ano para outro: 717 contra 722. O ritmo de crescimento foi estancado, mas longe de uma derrocada, como previam os desarmamentistas. 

Controle familiar 

Fez um ano da regulamentação de lei da laqueadura e vasectomia em SC. O resultado é que houve um aumento de 79% e 48%, respectivamente, na comparação entre 2022 e 2023. Foram 2,7 mil em mulheres e 5,5 mil em homens. O incremento deu-se pela mudança nas exigências. Uma delas é que não é mais necessário o aval do cônjuge para a sua realização e a idade mínima exigida para laqueadura foi reduzida de 25 para 21 anos. Mais: não há limite de idade para mulheres que já tenham ao menos dois filhos. 

Tendências Verão 2024/25

O Núcleo Têxtil da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região, em parceria com o Sebrae/SC, promoveu no auditório do Sintrivest, a palestra Tendências Verão 2024/25, ministrada pela especialista Simone Telles. A coordenadora do Núcleo Têxtil da Ampebr destacou a importância da entidade promover capacitações como essa, que auxiliam os associados a evoluírem. A palestra é um alicerce para direcionar os associados no início da produção de uma coleção, porque nessa fase às vezes não sabemos quais tendências seguir ou em quais peças apostar. Então, no sentido de ajudá-los nessa criação, trouxemos a especialista para apresentar as principais tendências da moda. O mercado da moda se transforma muito rapidamente e que é preciso sempre inovar e buscar ser o mais assertivo possível. 

Novo trevo da Antônio Heil 

A licitação para a obra da intersecção entre a rodovia Antônio Heil (SC-486) e a BR-101, o “novo trevo” foi publicada no Diário Oficial do Estado dia 27 de fevereiro. No final de janeiro, o governo de SC rescindiu o contrato com a empresa que era responsável pela obra. Sem mais impedimentos, a licitação foi lançada. O processo ocorre na modalidade pregão eletrônico. A abertura dos envelopes está marcada para 8 de abril. 

Situação do Judiciário brasileiro 

Uma das críticas mais frequentes feitas ao Judiciário brasileiro diz respeito a sua morosidade. Não existem dados oficiais, mas estima-se que uma ação judicial no Brasil demore em média 10 anos para ser concluída. Não é para menos. O número de processos em tramitação no Judiciário brasileiro é impressionante. A quantidade de processos distribuídos aos 33 ministros que compõem o Superior Tribunal de Justiça (STJ) aumentou quase 600% em 10 anos, passando de 33,3 mil em 1993 para 226,4 mil em 2003. O STJ é a corte que dá a última voz nas questões infraconstitucionais. No STF, encarregado de julgar questões que envolvam dispositivos da Constituição, a situação não foi diferente. No mesmo período, o número de processos distribuídos aos 11 ministros passou de 23,5 mil para 109,9 mil, um crescimento de 367%. Na Justiça do Trabalho, o número de processos recebidos passou de 1,8 milhão para 2,3 milhões nesses 10 anos. 

Big Band Brusque 

A Fundação Cultural de Brusque apresentou o projeto Big Band Brusque, aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura. A seleção dos músicos vai ocorrer até o dia 16 de abril, às 9h. O edital selecionará 14 artistas e o valor total investido ultrapassa R$ 149 mil. O projeto é realizado pela Fundação Cultural de Brusque, Ministério da Cultura e Governo Federal, e conta com o patrocínio dos Supermercados Archer, Hipertêxtil e Florisa Tinturaria, além do apoio da Prefeitura de Brusque. 

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -