- Publicidade -
- Publicidade -
16.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Turismo de verão 

Santa Catarina teve um aumento de 6,9% no volume de atividades turísticas em 2023, além de um aumento de receita de 19,88% e um saldo de empregos no setor turístico de 4,8 mil vagas. Foram abertos 13,5mil novos CNPJs e destes 95,8% são microempresas. Os números fizeram parte da Pesquisa de Verão 2023 e foram divulgados pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de SC. De acordo com o levantamento, Santa Catarina se tornou o quinto maior portão de entrada de estrangeiros do país, somando as entradas via aérea, marítima, fluvial e terrestre. Já em termos de perfil dos turistas, a pesquisa observou uma manutenção de idade  média dos visitantes, que ficou estimada em 41 anos, com um crescimento maior nas faixas entre 31 e 60 anos de idade. 

Investimentos bilionários 

- Publicidade -

Santa Catarina tem uma “belíssima oportunidade” de surfar a onda dos investimentos bilionários no Brasil anunciados recentemente por grandes montadoras de veículos. A avaliação é do presidente da Câmara de Desenvolvimento da Indústria Automotiva da Federação das Indústrias de SC (Fiesc). Ele também é diretor regional do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças). Com um bem desenvolvido polo metalúrgico, o Estado já é importante fornecedor para o setor autopeças. Outro ponto que joga a favor do setor em SC é o movimento das montadoras em desenvolver fornecedores locais, uma estratégia,  comumente usada para reduzir custos. 

Burocracia 

Beira o sadismo a burocracia do Ministério da Pesca. A safra da tainha começa dia 1º de maio, mas os burocratas-caviar já se assanham. Editaram uma portaria sobre a pesca de arresto de praia, que é uma atividade de caráter histórico pelo menos aqui em SC, feita por humildes pescadores artesanais, cujo infame artigo SP estabelece que aquele que usa o barco três meses por ano, precisa fazer um mapa da produção, todos os dias e reportar a eles. Será que fazem a exigência para os donos das grandes embarcações? 

Destino de Páscoa 

A plataforma Booking.com fez levantamento entre 15 e 25 de fevereiro com datas de check-in entre 29 de março e 1º de abril deste ano para destinos nacionais e internacionais por parte de viajantes argentinos, constatou que Florianópolis está em 1º lugar entre os cinco mais desejados pelos “hermanos” comemorar a Páscoa. Depois vem o Rio de Janeiro, Punta del Este, Foz do Iguaçu e, gloriosamente, Bombinhas. 

Ar mais poluído 

Saiu um ranking das cidades com o ar mais poluído do Brasil. Surpreendente, a líder é uma cidade em plena Amazônia, Xapuri, no Acre, que excede de 3 a 5 vezes o parâmetro estabelecido pela Organização Mundial de Saúde. Das cidades analisadas não há nenhuma de SC. 

- Publicidade -

Loja Milium 

A Loja Milium da Avenida Getúlio Vargas, no Centro II, não deve mais operar nas próximas semanas em Brusque. O estabelecimento será transferido para outra região, porém a loja localizada na Rua Felipe Schmidt no Centro I, permanece com funcionamento normal. A retirada dos adesivos e cores da loja chamaram atenção de pessoas que costumam passar pelo local. Após contato com os funcionários da empresa, a informação foi confirmada. De acordo com eles, a loja será transferida para Itajaí. 

Produção em queda 

A indústria de transformação catarinense encerrou o primeiro mês do ano com produção em queda de 3,1% em comparação a dezembro de 2023, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE. O desempenho, embora significativo, já era esperado, pois reflete um ajuste diante de fatores atípicos que impactam os números de dezembro. O resultado ficou abaixo da produção brasileira, que apontou baixa de 1,6% em janeiro, contra o mês anterior. 

Radioibope 

O Portal Making of, que teve acesso aos dados dos últimos três meses do Kantar Ibope em Florianópolis, mostra que depois de vários anos de liderança inconteste da CBN, está mudando a audiência no radiojornalismo da Capital com um empate técnico desta com a Jovem Pan News, com uma leve vantagem para a segunda. 

Supremo descrédito 

É espantoso! Pesquisa do Instituto Quaest mostra que 74% dos brasileiros acham que o STF incentiva a corrupção ao anular punições da Operação Lava Jato a empresas. A força tarefa da Polícia Federal completou 10 anos em meio a assombrosas decisões “supremas” que revisam a corrupção, suspendem multas bilionárias de acordo de leniência firmados com empresas, questionam provas e anulam condenações. Um verdadeiro absurdo.

Benzedeiras 

As benzedeiras podem ser consideradas integrantes do Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de SC, prevê projeto quase pronto para votação em plenário no Legislativo estadual. 

Coamo antecipa sobras 

A antecipação de parte das sobras de cada exercício já é uma tradição na Coamo. O dinheiro, apelidado de 13º do cooperado começou a ser distribuído dia 5 de dezembro no valor de R$ 230 milhões. É um momento aguardado com expectativa pelos agricultores na área de atuação da cooperativa no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. A antecipação foi paga conforme a movimentação de cada associado na comercialização de soja, trigo, milho e insumos. O restante das Sobras será distribuído aos 31 mil cooperados após a realização da Assembleia Geral Ordinária. 

Projeto bilionário 

O governo de SC irá retomar as áreas do Direito do Campo de um bar e do campo de futebol na Avenida Beira-Mar Norte, região nobre de Florianópolis. Há uma decisão da Justiça de 2014, já transitada em julgado, favorável ao Estado e que determina a reintegração de posse. Agora, o Poder Judiciário está cobrando que o governo estadual execute a sentença. 

Cidade turística 

Repercutiu na Alesc a informação de que Lages, capital estadual do Pinhão, está fora do Mapa do Turismo Brasileiro. Para estar no Mapa, as prefeituras precisam encaminhar toda documentação ao Ministério do Turismo e ter uma governança local do setor. Desde 30 de dezembro de 2023 a cidade está fora do programa, o que impede de receber recursos de políticas públicas para o setor para obras de infraestrutura turística, qualificação profissional e promoção dos destinos. 

Bem planejado 

Circula nas redes sociais que com a pretendida regulação dos motoristas de aplicativo, tudo vai ficar mais caro. Evidentemente e, assim, menos usuários e consumidores; menos trabalho; mais desemprego; mais miséria; mais Bolsa Família; Pensando bem …

Lixo oceânico 

De espantar: estudo inédito da Universidade de São Paulo que encontrou diferentes tipos de lixo em até 1,5 mil metros de profundidade, a 200 quilômetros de distância da costa de São Paulo e SC. Assusta saber que mesmo os peixes do mar profundo, encontrados longe das praias, podem estar contaminados, carregando consigo pedaços de lixo e contaminantes. As redes das expedições do projeto só não encontraram lixo em três dos 31 locais escolhidos para estudar a diversidade de peixes de mar profundo, em Florianópolis e Ilhabela (SP). 

Irmãos Fischer 

A empresa brusquense encerrou 2023 com vendas líquidas de R$ 439,1 milhões, contra R$ 431,0 milhões em 2022. Teve lucro líquido de R$ 10,8 milhões. Em 2022, o lucro líquido foi de R$ 13,1 milhões. O ativo circulante soma R$ 187,1 milhões em 2023, contra R$ 179,9 milhões em 2022. Já o passivo circulante soma R$ 216,5 milhões, contra R$ 206,9 milhões em 2022. O Patrimônio Líquido (Capital Social e Reservas) soma R$ 115,7 milhões em 2023, contra R$ 110,6 milhões em 2022. 

Dog Center 

A Dog Center, com 36 anos de tradição em Brusque, se destaca na medicina veterinária pelo pioneirismo e inovação. Sob a liderança do respeitado veterinário Edilberto da Silva, a clínica é ativa na comunidade e participa de eventos locais, fortalecendo o vínculo entre tutores e animais. Além dos serviços tradicionais, a Dog Center adota uma abordagem holística, priorizando a clínica preventiva. Desde 1988, a empresa construiu uma história de confiança com os clientes que se consolida cada vez mais. Trata-se do comprometimento e atendimento de qualidade, além do carinho e cuidado com os animais, que são os compromissos da clínica veterinária. 

Burocracia cruel 

A burocracia é cruel com quem trabalha no meio rural. Milhares de projetos ou pedidos apresentados aos órgãos ambientais, salvo exceção, demoram mais de 90 dias para deliberação. Um providencial projeto de lei propõe suspender efeitos e embargos quando o órgão ambiental demorar mais de 90 dias para se manifestar. O texto altera a Lei de Crimes Ambientais. A suspensão das atividades de agricultores familiares por longos períodos compromete a própria sobrevivência deles, que precisam da terra para sustentar as famílias. O projeto é socialmente justo e moralmente adequado, pois permite a manutenção da atividade até que o Estado saia da sua inércia e cumpra o seu dever. 

Medalha de bronze 

SC está em 3º lugar no ranking dos Estados com a maior rede de distribuição de gás natural no país, ficando atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. A SCGás conta atualmente com 1.541 km de rede construída e prevê ainda um aumento de mais 91 km em 2024. Está presente em 72 municípios e possui mais de 26 mil consumidores em todo o Estado. 

Carne suína 

A indústria de proteína animal bateu novos recordes em SC. O Estado ampliou para 29,5% a produção de carne suína no cenário nacional. Os dados são da Pesquisa Trimestral do Abate de Animais do IBGE e levam em conta os abates de animais no acumulado do ano passado. No Estado, foram abatidas mais de 16,9 milhões de cabeças, um aumento de 3,9% no comparativo com o ano anterior. O segundo lugar na produção de carne suína é do Paraná, com 21,2% do total produzido no Brasil, seguido do Rio Grande do Sul, com 17%. Nas exportações de carne suína, SC também ampliou a liderança do ranking, com aumento de 8,5% no volume exportado no acumulado do ano passado. Em 2023, Santa Catarina foi responsável por 55,5% das vendas brasileiras do produto ao exterior, o equivalente a 603,7 mil toneladas. China, Filipinas e Chile foram os principais destinos das exportações de carne suína in natura. 

Comércio exterior 

Com o propósito de fortalecer ainda mais a internacionalização da atividade industrial catarinense, a Federação das Indústrias de SC promoveu o 1º Encontro de Câmaras Bilaterais da Região Sul. O evento, em conjunto com as federações das indústrias do Rio Grande do Sul e do Paraná, contou com a participação de líderes de mais de 20 câmaras que representam diversos países e que atuam nos três estados do Sul. O objetivo é incentivar mais negócios com o exterior. 

Marca mais valiosa 

É catarinense a marca de alimentos mais valiosa do Brasil. A Sadia, que nasceu em Concórdia nos anos de 1940, no segmento de carnes, foi eleita a marca de alimentos de maior valor do país segundo o ranking da Kantar BrandZ 2024. Foi avaliada em US$ 1.017 bilhão (R$ 5 bilhões). Segundo os responsáveis pela premiação, a Sadia se destaca por proporcionar experiências significativas aos consumidores em toda a jornada de compra, incluindo desde inovações em inteligência artificial, até avaliações em ponto de venda. 

Ora pois …

As negociações do governo de SC para o Aeroporto de Florianópolis ter a primeira rota para a Europa parecem estar avançando. Segundo o CEO da Zurich Airport Brasil, que administra o aeroporto na capital catarinense, a conversa com os executivos da TAP foi crucial para evidenciar o potencial de SC e o empenho de entidades públicas e privadas na viabilização da rota de Lisboa para o Estado. A TAP está passando por uma reestruturação que inclui medidas de redução de custos, como diminuição da frota, corte de mais de 2 mil postos de trabalho e redução de salários. Esses desafios são considerados no contexto da expansão das rotas, sendo o Brasil o maior mercado da empresa. 

Fábrica de queijos 

Para seguir crescendo dois dígitos ao ano, a empresa mineira Tirolez inaugurou uma fábrica de queijos totalmente automatizada em Caxambu do Sul, no Oeste de SC, com investimento de R$ 150 milhões. Nesta primeira fase, a unidade produz somente muçarela para o mercado interno, mas busca aprovação também para exportação e diversificação de produtos. O número de empregos atual é de aproximadamente 100 postos diretos e deve ter acréscimo de mais 130. A companhia conta com cinco fábricas no país, em Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina, totalizando mais de 1,8 mil colaboradores diretos. 

Hospital Azambuja 

O Hospital Azambuja conquistou a habilitação junto ao Ministério da Saúde, como Unidade de Assistência em Alta Complexidade Cardiovascular. A portaria foi oficializada no Diário Oficial. Com essa habilitação, os serviços agora serão custeados através de recursos do Ministério da Saúde, proporcionando uma ampliação do alcance e da qualidade dos tratamentos oferecidos. Até então, o Azambuja realizava procedimentos de alta complexidade em cardiologia para pacientes do SUS através de uma habilitação estadual. Essa abordagem permitiu que o hospital se tornasse uma opção para pacientes que aguardavam na fila do Estado por procedimentos cardíacos.

Comércio em alta 

O setor de comércio brasileiro está passando por um momento de grande atividade. Em 2023, houve a abertura de 4,5 milhões de novas empresas no país, com o comércio destacando-se como o segundo setor que mais contribuiu para esse crescimento, representando 28% do total. Esta tendência reflete-se em SC, que se posiciona como o segundo Estado com maior representatividade no ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócio da Urban Systems. Conta com 11 municípios entre os 100 melhores, com destaque para Itajaí (3º lugar), Florianópolis (5º lugar), Palhoça (7º lugar), Chapecó (13º lugar), São José (21º lugar), Jaraguá do Sul (27º lugar), Joinville (36º lugar), Blumenau (46º lugar), Brusque (54º lugar), Balneário Camboriú (58º lugar) e Camboriú (77º lugar). 

Lixo do lixo 

Todos os portais dos maiores jornais do país tem uma seção sinalizando quais as reportagens ou assuntos estão sendo os mais lidos no momento. É desalentador saber, que lá estão notícias relacionadas ao lixo do lixo da TV brasileira, o deplorável Big Brother Brasil. 

Sombra indesejada 

Como aconteceu em SC, sobretudo em Balneário Camboriú e Itajaí, agora há um conflito em Salvador diante da ameaça de se criar sombra de prédios em suas praias. Três torres de projeto da Novonor (antiga Odebrecht) preveem o aparecimento da intrusa praia do Buracão. Lá, como aqui, o Ministério Público já se interpôs e quer evitar o abuso imobiliário que, se concretizado, pode gerar imenso prejuízo coletivo ao lazer, dentre outras consequências, como aumento do calor e vento barrado. 

Mais notícias acdiegoli.blogspot.com


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -