- Publicidade -
- Publicidade -
16.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Desigualdade 

Reportagem de O Globo expõe a escandalosa desigualdade na distribuição das emendas de comissão no Congresso Nacional, neste ano, empenhadas até agora. No caso das direcionadas à saúde, Alagoas, Estado do presidente da Cãmara, o valor equivale a toda verba para Minas Gerais, que tem uma população sete vezes maior. Quando se consideram os repasses de valores per capita, no caso de Alagoas, é de R$ 142,10, o mais alto dentre as 27 unidades da federação. E o de SC, o mais baixo, minguados R$ 10,63. 

Envelhecimento 

- Publicidade -

SC ocupa hoje a sexta posição no ranking do envelhecimento nacional: 15,56% dos seus 7,6 milhões de habitantes tem mais de 60 anos. É um número mais de um milhão de pessoas que preocupa o parlamento estadual, que recentemente criou e instalou a Comissão de Defesa da Pessoa Idosa. Seu desafio é sair do papel. 

Leilão do arroz

A sinalização dada pelo governo federal de um novo leilão para importação de arroz acendeu um alerta em SC. A preocupação do setor produtivo se deve aos números: o estado é o segundo maior produtor nacional de arroz, responsável por 146 mil hectares de área plantada e 3,2 milhões de toneladas produzidas, o que representa 11% da produção nacional. O governo federal alega que precisa fazer o leilão para evitar a alta nos preços do grão por conta das enchentes ocorridas no Rio Grande do Sul, maior produtor nacional de arroz. A decisão preocupa a Federação das Associações Empresariais de SC, pois em Santa Catarina, assim como o RS, as vendas de arroz catarinense podem ser penalizadas pelo excesso de concorrência dessas importações, que serão vendidas a preços menores. Em SC são 205 estabelecimentos que cultivam, beneficiam e fabricam produtos de arroz, sendo que a grande maioria são micro e pequenas empresas, que lidam com custos elevados na produção. 

Desenrola 

O Estado de SC registrou até meados de junho um volume total de R$ 55 milhões em contratos de clientes que renegociaram dívidas por meio do Desenrola Pequenos Negócios, iniciativa do Governo Federal lançada em maio. No período aderiram 992 clientes, envolvendo 1.538 contratos firmados no programa. Os números foram apresentados pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos). 

Bolsa Família 

O governo de SC tem o índice mais baixo do Brasil em beneficiários do Bolsa Família. Além disso, a secretaria de Assistência Social irá atrás das famílias que recebem os valores para entender o que pode ser feito para que elas tenham fontes de renda através de emprego e não dependam do benefício. A afirmação foi feita ao falar sobre os números de SC no evento do primeiro voo entre Floripa e Panamá. 

- Publicidade -

Floripa-Lisboa 

Não se conhece mais o número de reservas no percurso aéreo Florianópolis-Lisboa, que será feito pela TAP a partir de 3 de setembro. O que se sabe é que horas depois que a frequência foi anunciada, a TAP e agências de viagens credenciadas fizeram mais de 6 mil reservas, com passagem promocional no valor de cerca de R$ 3 mil ida e volta. O mesmo destino em janeiro de 2025 já está custando a média de R$ 10 mil e nos dias envolvendo o réveillon até mais, perto de R$ 12 mil.  

Festival Brasileiro da Cerveja 

O Festival Brasileiro da Cerveja que será promovido em Blumenau em 2025 não terá apenas mudanças na gestão, mas também no formato. O plano em gestação pela Associação Blumenau Capital da Cerveja e Escola Superior de Cerveja e Malte, contratadas pela Prefeitura para organizarem a programação, mira, em primeiro lugar, tornar o evento financeiramente viável para expositores de regiões mais distantes, principalmente do Centro-Oeste, Norte e Nordeste. O modelo que está sendo desenhado prevê, na prática, dois festivais em um. A ideia é reunir até 250 cervejarias de todo o país, o que, se for confirmado, superará o recorde de 116 em 2019. 

Alerta 

As autoridades policiais de SC anotam em suas estatísticas um número assombroso: chegaram a três toneladas o volume de drogas apreendidas no estado pela Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal somente no período entre os meses de maio e junho deste ano. Para os experts no assunto, é um demonstrativo da presença, cada vez mais crescente, aqui, de lideranças de facções criminosas que estão sendo cada vez mais reprimidas em São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Santa Catarina serve de fuga, esconderijo e um bom lugar (ainda) para os “negócios”. 

Empreendimento 

O grupo Lumis tem sede em Florianópolis e através das empresas Costa Sul Urbanismo e Lumis Construtora, tem três obras verticais em construção, que juntas somam cerca de 36 mil m2 de área e um Valor Geral de Vendas (VGV) na ordem de R$ 225 milhões. Já na área de urbanismo são mais duas que somam cerca de 185 mil m2 em construção e um VGV de R$ 122 milhões. Recentemente anunciou um condomínio residencial em Brusque, no bairro Steffen com área total superior a 85 mil m2, destes, 26 mil m2 de área verde e surpreende na estrutura no lazer e convivência: sala de reuniões, salão de festas, quadra de beach tennis, fireplace e academia. As obras já começaram e a previsão de conclusão é de 30 meses.  

Setor logístico de SC 

A corrente comercial catarinense subiu 6,75% nos primeiros cinco meses de 2024, na comparação anual, atingindo US$ 17,69 bilhões, segundo dados da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc). Os dados consideram o somatório de importações e exportações no estado, com destaque para aumento das importações, movimento visto como impulsionado pelo cenário fiscal e infraestrutura de logística e transporte qualificada para tal, ainda que precise de melhorias constantes. Entre os motivos que levam SC a se destacar quando o assunto é logística, estão: a localização privilegiada, a posição estratégica no comércio nacional e internacional, os diferentes portos e a extensa malha rodoviária. O Estado é um exportador de produtos agrícolas e industriais, o que requer eficiência na integração dos modais para elevar a competitividade. Aeroportos e ferrovias ainda estão em desenvolvimento, mas são uma avenida de crescimento para desempenhar um papel de maior evidência na infraestrutura logística.  

Novas rotas logísticas 

A movimentação de cargas no setor aéreo ganha novas possibilidades no estado catarinense, ainda que o desenvolvimento ocorra gradualmente. Após investimentos para triplicar a capacidade de cargas no Aeroporto de Florianópolis, a expectativa é de que o Aeroporto de Navegantes possa iniciar operações com aviões cargueiros em breve. Navegantes está em fase final de homologação, de fechamento, para ter o primeiro avião cargueiro operando no aeroporto. A Federação das Indústrias de SC apresentou sugestões. 

Caged maio 2024

O Brasil teve um total de 131,8 mil novos empregos gerados no mês de maio, com 2,1 milhões de admissões e 1,9 milhão de demissões. Os estoques de empregos  formais em  maio, com carteira assinada, somam 46,6 milhões. Os destaques em maio foram Serviços (+69.309), Agropecuária (+19.836), Construção Civil (+18.149), Indústria (+18.145) e Comércio (+6.375). São Paulo lidera com (+42.355), Minas Gerais (+19.430), Rio de Janeiro (+15.627), Bahia (+8.785) e Paraná (+8.082). Santa Catarina teve (+4.274). No período janeiro a maio, o país gerou 1.088.955 novos empregos formais. Já em SC, os destaques em maio ficaram com Itajaí (+768), Joinville (+663), São José (+490), Concórdia (+461) e Blumenau (+236). Balneário Camboriú e Brusque tiveram números negativos em maio. No período janeiro a maio deste ano SC teve a geração de 84,4 mil novos empregos formais, sendo o 4º maior gerador de empregos no Brasil. 

Liderança Jovem 

Nos dias 17 e 18 de junho o Colégio Cônsul Carlos Renaux, de Brusque, organizou e sediou, de forma online, o 27º Encontro de Liderança Jovem da Rede Sinodal de Educação. O encontro teve como objetivos: desenvolver a liderança; congregar estudantes evangélico-luteranos; enfatizar e refletir sobre o papel que os estudantes têm como líderes na escola, sociedade e comunidade; trocar experiências e fortalecer a identidade evangélica-luterana das instituições educacionais da Rede. Sob o tema “Viver o batismo: Deus nos vocacional”, o encontro permitiu aos jovens, refletir sobre vocação e profissão no presente e no futuro, pensar um projeto de vida e como responder ao chamado de Deus. 

Dólar sobe e preocupa 

A alta do dólar, que eleva a inflação e causa outros impactos na economia, voltou a ser preocupação no Brasil e foi tema de palestras na Expogestão, congresso empresarial realizado em Joinville recentemente. Um dos palestrantes do evento, atribuiu essa alta principalmente às despesas públicas federais acima da receita e defendeu a volta do teto de gastos como política fiscal de controle das contas públicas. A moeda americana fechou o mês de junho em R$ 5,59, maior valor desde o início de 2022. O problema do desequilíbrio fiscal no país voltou com a PEC da Transição, no final de 2022, que autorizou o novo governo a aumentar o teto de gastos em R$ 200 bilhões, pouco mais de 2% do PIB. Se a relação dívida/PIB aumenta, o risco fiscal aumenta. Isso significa que os empresários e os investidores vão demandar uma taxa de juros cada vez maior para financiar a dívida brasileira. Além disso, os empresários também começam a tirar recursos do país e isso também eleva o dólar. 

Produção industrial 

 A produção industrial de SC cresceu 6,5% no acumulado do ano até abril em comparação ao mesmo período de 2023. O desempenho ficou acima da média nacional, que foi de 3,5% nos quatro primeiros meses do ano. A pesquisa industrial mensal do IBGE mostra ainda que o estado teve o segundo maior crescimento do país no mês de abril, com incremento de 16%, atrás apenas do Rio Grande do Norte. O resultado também superou a média nacional em abril, que foi de 8,4%. 

Idiomas 

No polêmico projeto do ensino médio em discussão no Congresso se prevê a obrigatoriedade do ensino de dois idiomas estrangeiros, inglês e espanhol. A lamentar que nenhum congressista tenha apresentado proposta para que nessa questão os Estados tenham alguma autonomia. Em SC, por exemplo, no lugar do espanhol havia muito mais interesse se fosse o italiano e alemão, já que 70% da população catarinense tem aquelas ascendências étnicas.

Políticos ricos 

Antídio Lunelli, deputado estadual em SC, é o quinto político mais rico do Brasil, conforme lista publicada pelo “Estadão”, baseado em valores declarados ao Tribunal Superior Eleitoral. Sua fortuna é de R$ 390 milhões. Em primeiro está Marcos Ermírio de Moraes, senador de Goiás, com R$ 1,26 bilhão. 

Modelo BC 

O coronel Ricardo Mello Araújo, candidato a vice-prefeito em São Paulo, deverá cuidar da parte de segurança no programa do governo da chapa. Está prometendo desde que se eleito, um de seus projetos é reproduzir na maior cidade do país o modelo de Balneário Camboriú, cuja prefeitura é administrada pelo seu partido. Sua força de segurança conta com armamento pesado, treinamento de ações especiais e um grupo de elite, a Ronda Ostensiva Municipal. 

Sentir a brisa 

Que sirva de referência a iniciativa do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, que é do Governo do estado e atende 100% SUS em São Miguel do Oeste. Acaba de criar o Jardim Humanizado, um espaço de banhos de sol e passeios ao ar livre, inclusive para pacientes de UTI com longa permanência de internação. As primeiras impressões são de que há melhora não só no humor, como na redução drástica dos níveis de estresse, promovendo um amplo bem-estar geral, essencial para a recuperação. 

Empreendedorismo 

Foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado: flexibiliza as regras de atuação das empresas simples de crédito (ESCs). Essas instituições são autorizadas a emprestar dinheiro para microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte. O projeto agora será analisado pelo Plenário do Senado. 

Festas juninas

Na última semana de junho, tivemos a quadrilha das principais figuras dos três Poderes da República viajando a Portugal para participar do “Gilmar-palooza” e a quadrilha de parlamentares liberados para as festanças em seus Estados. Enquanto isso, a quadrilha dos brasileiros comuns em todo o País continuará lançando balões de insatisfação, pulando as fogueiras do dia a dia e dançando para pagar suas contas e custear essa farra toda. 

Licitação cancelada 

O processo licitatório para a finalização da obra do Centro de Inovação de Brusque foi cancelado, devido a inconsistência nos valores lançados no sistema do governo do estado para a realização do serviço, que eram menores do que o necessário para o término da construção. O valor que estava sendo lançado era menor do que realmente vai ser necessário para finalizar o centro de Inovação com excelência. Uma nova análise dos números está sendo feita para que uma nova licitação seja anunciada o mais rápido possível. A construção de Centro de Inovação de Brusque, localizado no bairro Limoeiro, iniciou em 2017 e tinha previsão inicial para sua conclusão em 2018. Após diversas paralisações e retomadas, o prédio chegou a ter 98% das obras finalizadas em 2021. No entanto, devido aos danos gerados pelo clima e ao vandalismo, a estrutura hoje apresenta 60% de conclusão. 

Destinos 

A Booking.com, empresa de reserva de acomodação, aluguel de carros, e outros serviços de viagem, fez um levantamento de dados de hospedagem na plataforma que revelou os destinos estrangeiros mais buscados por viajantes do país entre 1º e 31 de julho deste ano. Florianópolis começa a aparecer. Está em quinto lugar, depois de Rio de Janeiro, Búzios, São Paulo e Foz do Iguaçu. 

Corrupção sem fim 

Na divulgação recente da operação Varredura III, deflagrada em 2021 e que agora resultou na denúncia de 27 pessoas que fraudaram 45 licitações em 36 municípios e órgãos catarinenses, promotores públicos relatam que o esquema, com o passar dos anos, foi evoluindo de negociação pessoal para a criação de novas empresas para manter a participação nas fraudes, especialmente quando algumas ultrapassavam o limite de faturamento anual permitido ou estavam suspensas de contratar com o poder público. Seus cabeças não só coordenavam com a atuação dos demais integrantes como também executavam pessoalmente os atos, mantendo uma associação estruturada e com divisão informal de tarefas. 

Bombeiros 

Veja os casos em que os bombeiros podem ser acionados: incêndios; acidentes com trauma (acidentes de trânsito, agressões, ferimentos por armas, quedas, queimaduras, etc); choques elétricos; engasgamento; pessoas inconscientes; pessoas perdidas na mata; salvamento aquático; desabamentos e deslizamentos; enchentes, inundações e enxurradas; captura de animais agressivos/silvestres; acidentes com produtos perigosos; vazamentos de gás; resgate em altura ou em espaço confinado.

Radares e travessias 

O juízo da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Itajaí condenou o governo de SC a realizar uma série de melhorias na infraestrutura da Rodovia Antônio Heil (SC-486). A ação civil pública, ajuizada pelo MP-SC, destacou falhas graves na sinalização e na segurança da via que liga Itajaí e Brusque. A falta de travessias para pedestres e a ausência de sinalização adequada colocam em risco a vida das pessoas. Ainda assim, mesmo após várias tentativas de resolver a questão de forma extrajudicial, o governo não priorizou a implementação das medidas necessárias para garantir a segurança na via. Entre os problemas mencionados, destaca-se a existência de pequenas muretas que dividem os lados da rodovia, obrigando os pedestres a percorrer longas distâncias para atravessar com segurança. Na sentença, ela determinou que o estado de SC conclua a sinalização prevista no trajeto inicial e edital de licitação, no trecho entre a BR-101 e Brusque, no prazo de dois anos. Além disso, deverão ser instalados, no mínimo, três medidores fixos de velocidade no mesmo trecho, ou apresentar uma solução alternativa para coibir o excesso de velocidade, no prazo de 12 meses. 

Igreja x Estado 

Chegou à mídia nacional recentemente, polêmica criada por postagem em rede social mostrando centenas de crianças enfileiradas nos bancos de um tempo da Igreja Universal do Reino de Deus, no centro de Florianópolis, no que foi a formatura de alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd)realizado pela Polícia Militar de SC. É que em solenidade recentes, tais atos eram feitos em ginásios escolares. A PM, em seu site, respondeu que o espaço foi cedido gratuitamente. Mesmo assim, não é o local adequado. 

Precisão 

Com a decisão dos ministros “supremos” em estipular 40 gramas de maconha para que uma pessoa possa ser considerada apenas usuária, os policiais, então, vão ter que carregar consigo uma balança de precisão? Ou isso será feito na delegacia? E, no caso, certificada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), certo? Esse Brasil é mesmo cômico não fosse trágico. 

Coincidência 

Observação do deputado estadual Napoleão Bernardes, que criticou a decisão do STF de descriminalizar o porte de maconha para consumo pessoal: “Justamente nesse dia 26 de junho, Dia Internacional de Combate às Drogas, o STF dá um tiro no pé. Todo mundo sabe o mal que isso faz, porque muitas vezes uma droga leva à outra e até a muitas situações de criminalidade”. 

Abandono 

A rodovia Antônio Heil (SC-486) está abandonada pelo governo (Deinfra-SC). O mato crescendo junto à mureta que divide as duas pistas, está ultrapassando os limites. A sujeira é muita: restos de pneus, muito lixo, até animais mortos, além do matagal na divisa. Muitas empresas se instalando ao longo da rodovia e o governo não dá nenhuma atenção. O movimento é cada vez maior e falta atenção por parte dos governantes. Para que serve os impostos recolhidos? O IPVA, por exemplo? Uma vergonha para o turismo na região. As duas cidades são grandes contribuintes para os cofres do Estado. 


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -