- Publicidade -
21.7 C
Balneário Camboriú

Economia na semana

Propósito

A empresa Irmãos Fischer, de Brusque, está se preparando para receber uma consultoria na área de ESG, pauta timidamente discutida ainda na indústria de SC. Apesar de ser um tema normatizado e considerado essencial no Sudeste e principalmente em países como os EUA, o estado de forma geral ainda está caminhando a passos curtos, e não tem muito tempo que o termo passou a ser citado nos corredores da Fiesc. Os pilares de governança, sustentabilidade e de políticas sociais corporativas melhoram a imagem e valor de mercado das companhias, com objetivos às vezes de abrir capital ou simplesmente agregar valor ao varejo convencional. No último ano, a empresa brusquense cresceu 30% e agora busca esse posicionamento de acordo com o propósito que a firmou nas últimas décadas, simplesmente objetivando se atualizar para o que requer a chancela do mercado internacional e garantir o crescimento constante.

Gerdau

A Gerdau foi escolhida a Empresa do Ano e a melhor companhia do setor de Siderurgia do País pelo Anuário Época Negócios. Na edição de 2021, fruto da parceria entre Negócios e a Fundação Dom Cabral, foram avaliadas cerca de 500 empresas. A Gerdau ficou em primeiro lugar nas dimensões de inovação, pessoas, sustentabilidade do setor de Siderurgia. Esse reconhecimento é fruto de uma ampla transformação cultural e digital pela qual a empresa nos últimos anos, tem tornado a companhia ainda mais ágil, inovadora e diversa, possibilitando nos últimos anos um melhor resultado de sua trajetória centenária. É a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos no mundo. Da fábrica familiar de pregos em Porto Alegre (RS) a uma gigante da cadeia do aço internacional. A trajetória segue a partir da compra da Cia. Fábrica de Pregos Pontas de Paris por João Gerdau, em 1901.

Captações internas

O volume captado por empresas brasileiras no mercado de capitais domésticoé é o segundo maior da série histórica e já passa o obtido em todo o ano passado. As emissões totais somaram R$ 404 bilhões até setembro, segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros de Capitais (Anbima). A renda variável respondeu por R$ 123 bilhões.

TCL expande

A Semp TCL, empresa pioneira no mercado de eletrônicos no Brasil, anunciou parceria com a Roku Inc., plataforma de streaming de TV número 1 nos EUA. Como parte do acordo, a TCL vai expandir seu acordo global com a Roku e trazer os modelos TCL, Roku TV para o Brasil ainda este ano. As duas marcas também apresentam sua mais nova linha de modelos Semp Roku TV no Brasil. Os novos modelos da Semp Roku TV disponíveis em tamanhos de 32 e 50 polegadas, trazem elevada qualidade de imagem e estão disponíveis a partir de R$ 1.849.

Lei de Arbitragem

A Lei de Arbitragem completou 25 anos no Brasil, regulamentada pela Lei Federal 9307/1996, nesses 25 anos houve evolução para a solução de disputas. Diversos conflitos podem ser resolvidos de forma simples, sem que seja necessário recorrer a um processo judicial. Assim, ter uma opção mais prática, rápida e flexível permite que as partes envolvidas dialoguem entre si, para resolver conflitos em todos os setores. A tecnologia contribuiu muito para a adoção de medidas para desafogar o poder judiciário, acordos podem ser celebrados de forma virtual mesmo as partes estando distantes fisicamente, buscando meios alternativos para a solução conflitos. Além disso, a solução amigável são pontos positivos da Arbitragem que tem o mesmo valor de uma sentença judicial. O problema será resolvido por meio de uma sentença arbitral. Os árbitros são especialistas no assunto, o que torna as decisões muito mais assertivas.

Duty Cosméticos

A Duty Cosméticos, criada em 2019 pelo empresário Daniel de Jesus (fundador da Niely), assumiu o controle da Eico, fabricante de produtos para cabelos, com 55% de participação. O valor do negócio não foi divulgado. A meta é chegar em 2024 com faturamento de R$ 1 bilhão a ações na Bolsa.

Vinho falsificado

Operação em Balneário Camboriú contra o contrabando de vinho teve início este ano e mais de 200 mil garrafas foram apreendidas entre 1º de janeiro a 30 de setembro nas estradas de SC. O vinho ilegal não pode ser leiloado porque muitos são falsificados. O vinho é irregular não só na questão tributária, mas também na qualidade. Além do consumidor ser enganado por objeto de descaminho, está comprando algo que pode causar prejuízo à saúde. Um iniciativa que tem sido útil na pandemia é a transformação do vinho em álcool gel. Mais de 100 mil do novo produto foram feitos no primeiro semestre do ano a partir de vinhos apreendidos.

Lítio à LG

A canadense Sigma, que explora uma mina de lítio no Vale do Jequetinhonha, no norte de MG, firmou contrato para a venda de concentrado de lítio para a sul coreana LG Energy Solution, uma das maiores fabricantes de baterias para veículos elétricos do mundo. O acordo pode chegar a 150 mil toneladas por ano.

Arena dominada

A diplomacia num discurso completamente politizado e bem conduzido marcou o depoimento de Luciano Hang na CPI. Além do sucesso absoluto de audiência, com dados divulgados pela TV Senado no YouTube, superando 1,5 milhão de acessos no vídeo. “Batemos 1,5 milhão de visualizações no canal da TV Senado no YouTube, sendo o vídeo mais acessado desde que a CPI iniciou. Só tenho motivos para agradecer todo apoio, audiência e, principalmente, por ficarem comigo nesse momento tão importante”, disse o empresário numa publicação. Hang foi destaque nos principais jornais do país, e a Gazeta do Povo destacou o “peito aberto” do empresário, que para o jornal, “domina a arena da CPI”.

Pequenas empresas

Dos 372 mil postos de trabalho criados em agosto, os pequenos negócios foram responsáveis por 265 mil, o que representa sete em cada dez postos de trabalho. Os dados são do levantamento feito pelo Sebrae, com base no Caged, do Ministério da Economia. A maioria das vagas (46%) foi aberta pelo setor de serviços, um dos mais impactados pela pandemia da Covid-19, que contratou 119 mil trabalhadores, quase o dobro das médias e grandes empresas desse setor que, em agosto, abriu 60,8 mil novos postos de trabalho. Na sequência, aparecem o setor do comércio com 69,8 mil, indústria de transformação com 40,6 mil, construção com 30,7 mil e agropecuária com 2,5 mil, sendo que apenas nesse setor, o número de novos postos foi inferior ao das médias e pequenas empresas, que abriram 6,7 mil postos.

Tomate inflacionário

Na preocupante inflação percebida pelos consumidores da Capital catarinense (0,86% em setembro), além dos fatores conhecidos (combustíveis e energia, principalmente),, quem deu, individualmente, no grupo alimentação, uma contribuição maior para a carestia foi o tomate (31,3% seguido pela coxa de galinha com 19,3%).

Geração de empregos (1)

O mês de agosto foi bem na geração de empregos no país com 372,2 mil novos postos de trabalho. No acumulado do ano, são 2,2 milhões de novos empregos gerados. No mês, a região Sudeste teve a maior quantidade com 185.930, seguido do Nordeste com 82.878, em seguida o Sul com 54.079. O Centro-Oeste teve 29.690 e o Norte com 19.778 postos de trabalho gerados. Santa Catarina teve saldo positivo de 20.305 novos empregos gerados no mês e tem um acumulado de 158.946 novos postos de trabalho e em um ano são 234.660.

Geração de empregos (2)

Os 10 principais municípios geradores de empregos em SC, em agosto, destacamos: Joinville (+2.665), São José (+1.976), Blumenau (+1.610), Florianópolis (+1.272), Itajaí (+848). Ainda são destaques: Palhoça (+805), Balneário Camboriú (+745), Criciúma (+716), Chapecó (+543), Jaraguá do Sul (+512) e Brusque (+510). No acumulado janeiro a agosto de 2021, os destaques estão com: Joinville (+14.888), Blumenau (+12.037), São José (+9.147), Itajaí (+8.186), Florianópolis (+6.451), Chapecó (+6.092), Jaraguá do Sul (+5.750), Brusque (+4.525), Criciúma (+4.471) e Palhoça (3.477). Ainda temos: Tubarão (+3.035), Gaspar (+2.487), Rio do Sul (+2.254), São Bento do Sul (+1.988), Caçador (+1.924), Balneário Camboriú (+1.920), Lages (+1.825) e Concórdia (+1.676).

Geração de empregos (3)

Santa Catarina tem 11 cidades entre as 100 que mais geraram empregos no país, em um ano, no período setembro/2020 a agosto/2021. São destaques: Joinville (+22.199), Blumenau (+14.372), São José (+14.157), Florianópolis (+13.514), Itajaí (+12.566), Chapecó (+8.045), Jaraguá do Sul (+6.743), Criciúma (+6.580), Palhoça (+6.522), Balneário Camboriú (+6.105) e Brusque (+6.013).

Mais custos

Com certeza a indústria têxtil catarinense, uma das maiores do país, não foi ouvida para “inspirar” projeto de lei, pronto para ser votado na Assembleia Legislativa, que só lhe trará mais custos. Obriga etiquetas em Braile e com códigos QR Code nas peças de vestuário fabricadas e comercializadas no Estado. Entre as penalidades estão a cassação do alvará de licença, interdição e suspensão temporária da atividade.

Devolução de impostos

O Tribunal Regional Federal da Região, com sede no Distrito Federal, julgou procedente a apelação de uma empresa que teve recusado a tramitação de processo judicial, contra a Fazenda Nacional, para obter a devolução de imposto a mais, por não ter havido prévio requerimento administrativo para a restituição de tributo.

Carga turística

Uma audiência pública no Congresso Nacional está discutindo o impacto da carga turística (volume de visitantes) em municípios, dentre eles Bombinhas, em SC. A carga turística é uma forma de acompanhar as condições de uso de determinados pontos, visando levantar dados para minimizar impactos negativos e potencializar impactos positivos relacionados ao ambiente ou à qualidade da experiência do visitante.

Alerta sobre golpe

A Anoreg-SC, que representa os mais de 600 cartórios catarinenses, está fazendo um alerta sobre o ressurgimento do “golpe do protesto”. Estelionatários estão fazendo contatos com cidadãos se passando por representantes de instituições de crédito ou empresas em que avisam sobre suposta dívida em aberto e pedem depósito ou transferência de valor correspondente a um acordo para evitar que a pessoa seja protestada. A entidade orienta que não se façam transferência eletrônicas sem confirmar a necessidade e as informações sobre a suposta dívida, e não repassam dados pessoais por telefone ou aplicativos de mensagens.

Visita à Bahia

Experiências de Brusque estão sendo compartilhadas com as gestões municipais de Itabuna, Jussari e Buerarema, no Sul da Bahia. Integraram a comitiva brusquense no estado nordestino, o prefeito, o secretário de Fazenda e Gestão estratégica e ainda, dois vereadores. Além das visitas técnicas aos municípios, o prefeito de Brusque assinou um protocolo de intenções para troca de experiências. O ato ocorreu durante o encontro promovido pela Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudeste da Bahia (Amurc).

Transporte

Com a vigilante participação do Ministério Público estadual, SC está perto de se regularizar o sempre problemático (e porque não dizer mafioso) transporte coletivo intermunicipal. Um acordo envolvendo as 70 empresas que operam no setor está sendo firmado com o governo do Estado. Desde 2018, este e as empresas respondem a uma ação civil pública. Por décadas as empresas operam com contratos que já venceram. Não precisa dizer quem sempre ficou com o prejuízo.

Porto Seguro

A Porto Seguro fechou acordo para assumir o controle da Acar, fintech que desenvolve soluções de “Banking as Service” e infraestrutura bancária, com participação de 74,6%. O negócio foi feito por meio do Fundo de Investimento em Participações Porto Venture (FIP Porto Venture) e não teve o valor divulgado.

Aéreas

As companhias aéreas ligadas à Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) aprovaram em sua reunião anual, proposta para zerar a emissão líquida de carbono até 2050. A decisão amplia a meta anterior, de reduzir pela metade as emissões de CO² até 2050, em relação ao volume de 2005.

Casa própria

A CashMe, fintech da Cyrela criada para dar crédito com garantia imobiliária, está entrando na disputa pelo financiamento da casa própria. Apesar de não ter acesso à poupança, o que torna os grandes bancos mais competitivos neste tipo de crédito, a CashMe quer buscar um nicho de clientes que hoje não consegue acesso às linhas tradicionais.

Estado azul

Na temporada 2021/2022, SC vai seguir ostentando a marca de estado “mais azul” do Brasil. Ao todo são 15 certificados do programa Bandeira Azul distribuídos no estado, dois a mais que na última temporada. O júri internacional renovou o reconhecimento de dez praias e duas marinas catarinenses, aprovou ainda, outras duas praias e uma marina. O crescimento tem relação direta com o investimento de R$ 80 mil da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) em estudos técnicos para ampliar o reconhecimento no estado. O projeto, realizado em parceria com o Instituto Ambientes em Rede (IAR), identificou os balneários catarinenses que melhor atenderam aos requisitos para obter o selo socioambiental reconhecido mundialmente.

Empréstimos para aposentados

Os deputados aprovaram um projeto que proíbe a oferta de empréstimos para aposentados e pensionistas por ligação telefônica. O texto destaca que são comuns os relatos de contratação equivocada, o que resulta em processos judiciais e prejuízos para o os envolvidos, já que muitos aceitam a oferta de empréstimo sem conhecer os detalhes do contrato, infringindo os princípios da transferência nas relações de consumo.

Horizonte azul

A voadora Azul dá boa notícia. Preparou uma malha inédita para SC, com 16 novas rotas partindo dos aeroportos Florianópolis, Navegantes e Chapecó. Do total de operações, 10 delas decolam do Floripa Airport, deixando a capital catarinense conectada com destinos que atenderão à demanda turística. Entre dezembro deste ano e janeiro de 2022, serão voos diretos para Recife, Cuiabá, Goiânia, Londrina, Curitiba, Maringá, Uruguaiana, Santa Maria, Pelotas e Passo Fundo.

Invest SC (1)

Representantes das maiores empresas em SC participaram do Fórum Empresarial Invest SC de outubro, que ocorreu via webconferência. Coordenada pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), o encontro contou ainda com a participação de representantes de classe. No encontro, foram definidas estratégias de trabalho e pautas prioritárias para o desenvolvimento econômico do estado que passam a ser prioridade no Fórum.

Invest SC (2)

O secretário da SDE destacou dados e posições recentemente conquistadas em SC, como o segundo lugar no ranking de competitividade dos estados. O estado possui ótimos números de geração de emprego e tem apresentado uma recuperação acelerada em comparação com o ano passado, no auge da pandemia. O momento agora é o olhar para a frente e definir prioridades para impulsionar o desenvolvimento econômico, entre as quais a infraestrutura, fundamental para acelerar o crescimento em todas as regiões. Dentre as principais demandas, estavam melhorias na infraestrutura de logística, como estradas, portos e ferrovias, com recursos e apoio junto ao Governo Federal.

Precatórios

O relatório à PEC dos Precatórios mantém o limite de pagamento em 2022 valor gasto em 2016 corrigido pela inflação (cerca de R4 40 bilhõe, de um total de R$ 89 bilhões). Uma novidade é o parcelamento das dívidas previdenciárias dos municípios, com descontos, em até 240 parcelas.

Safra

Impulsionada pelo avanço da área plantada, por previsões de clima mais favorável pelo aumento dos investimentos dos agricultores, a produção brasileira de grãos deverá bater um novo recorde nesta safra 2021/2022, em fase de semeadura. As primeiras estimativas da Conab baseados em pesquisa de campo indicam 288,6 milhões de toneladas, 14,2% mais que no ano ano anterior.

Gado irregular De janeiro de 2018 a junho de 2019, 9,95% do gado proveniente do bioma amazônico no Pará vendido para os frigoríficos saiu de fazendas com desmatamento ilegal, propriedades sem Cadastro Ambiental, com trabalho análogo à escravidão ou em terras indígenas e unidades de conservação. A parcela de soja colhida em áreas nestas condições chegou a 4%.

- Publicidade -
Augusto Cesar Diegoli
Contabilista aposentado, graduado em Direito pela Univali (ex-Fepevi), pós graduado em Direito tributário e Finanças Empresariais pela Furb, árbitro/mediador e diretor da Câmara de Mediação e Arbitragrem de Brusque e diretor da Facema - Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -