- Publicidade -
24.3 C
Balneário Camboriú

Economia na Semana

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Pedido de licenciamento

A FG, associada a Havan, apresentou à prefeitura de Balneário Camboriú pedido de licenciamento de um edifício com 154 pavimentos, na Avenida Atlântica, num terreno onde era a casa do cartorário Sérgio Margarida e mais um terreno da hoteleira Dirce Fistarol. São 5 pavimentos de garagem e serviços; 135 com 270 apartamentos (dois por andar) e 14 de pináculo, onde os construtores querem colocar a marca da empresa, provavelmente para disputar a posição de décimo prédio mais alto do mundo. A construção está dentro da legislação municipal, o que será apurado é o impacto de vizinhança, mas para isso também existem regras claras em BC. O prédio deverá se chamar Triumph Tower.

Buddemeyer

Em 1951, Friedrich Buddemeyer, um tecelão formado nas rigorosas escolas técnicas alemãs e há alguns anos no Brasil fabricando teares mecânicos em Itajaí (SC), mudou de cidade e o rumo do negócio: montou uma pequena fábrica de toalhas em São Bento do Sul e começou o que hoje é uma das maiores indústrias têxteis da América Latina. Em 2021, ao completar 70 anos, a Buddemeyer tem duas fábricas no Brasil, uma na Argentina e outra no Paraguai, exporta para mais de 30 países, marca presença no varejo com 14 lojas Casa Almeida, emprega mais de 1.200 funcionários, é referência nacional e internacional em roupas premium de cama, mesa e banho e mantém firme o legado de seu fundador com a oferta de produtos de excelência, gestão eficiente e preocupação com a qualidade de vida de seus colaboradores, o bem-estar da comunidade e o respeito ao meio-ambiente.

- Publicidade -

Melhor aqui

Brasileiro que entra nas acaloradas rodas de café, padaria e praia de argentinos em Balneário Camboriú, acaba saindo delas com uma autoestima um pouco mais para cima em relação ao Brasil. Nossos vizinhos, que convivem, no momento, com 53% de inflação, dizem que, aqui, moram no “paraíso”, embora cada vez mais caro.

Arrecadação estadual

- Publicidade -

Santa Catarina arrecadou R$ 3,24 bilhões em outubro, crescimento de 15,5% na comparação com outubro de 2020. O número inclui a receita obtida com ICMS, IPVA, ITCMD, taxas estaduais e repasses da União. A arrecadação com o ICMS foi de R$ 2,64 bilhões (alta de 15,7% com relação ao mesmo mês do ano passado). Um dos destaques de outubro foi o crescimento de 82,6% na arrecadação do ITCMD, conhecido como o “Imposto sobre Doações”.

Flagra nos vigaristas

Um fato que chamou a atenção no primeiro dia de emissão da nova carteira de identidade com número único, do CPF – iniciativa pioneira no país pelo Instituto Geral de Perícias de SC: o sistema integrado identificou 27 inconsistências por meio do cruzamento de dados da base estadual com a base da Receita Federal. Assim, seus solicitantes tem que se explicar porque tinham mais de uma carteira de identidade e mais de um CPF.

PIB de SC

Santa Catarina alcançou um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 323,2 bilhões em 2019. O resultado é a soma de todos os bens e serviços produzidos no Estado, sendo o sexto maior valor do país. A variação em volume foi de 3,8% representando o terceiro maior crescimento entre todos os Estados. Os dados são do Sistema de Contas Nacionais do IBGE. Santa Catarina tem um crescimento três vezes acima da média nacional que foi de 1,2%. Um desenvolvimento puxado principalmente pela indústria e pelo comércio. O PIB brasileiro em 2019 ficou em R$ 7,4 trilhões, sendo que o PIB per capita nacional foi estimado em R$ 35.167. SC manteve o quarto maior PIB per capita, atrás de Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro.

Massa falida da Buettner

Os imóveis da massa falida da Buettner vão a leilão mais uma vez dia 25 deste mês. Em 23 de agosto, ocorreu o leilão da totalidade dos bens, com valor do lance inicial fixado em 65% da avaliação. Contudo, a totalidade dos bens não foi arrematada e um novo leilão foi realizado no dia 30, por lotes, com valor de 100% da avaliação. Nesta ocasião, ocorreu a primeira venda de um lote da Buettner, por cerca de R$ 2 milhões. O próximo leilão vai acontecer através do site centralsuldeleilões.com.br. A empresa entrou em recuperação judicial em 2011 e teve a falência decretada cinco anos depois. Na época, a dívida da Buettner era avaliada em R$ 104 milhões. Desde então o processo tramita na Justiça. Vários leilões foram realizados desde 2019, quando a massa falida iniciou a venda dos imóveis, mas todos sem lances até então.

Indicadores econômicos

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável lançou o Boletim de Indicadores Econômico-Fiscais de SC de novembro. O documento destaca os resultados do Ranking de Competitividade dos Estados. Santa Catarina foi reconhecida pelo CLP com Destaque Internacional do Prêmio de Competitividade dos Estados. Vice-líder pelo quinto ano consecutivo, o Estado se destaca ocupando a 1ª posição nos pilares de Segurança Pública e na Sustentabilidade Social e a 2ª colocada nos de Educação e Eficiência da Máquina Pública. O boletim traz ainda a atualização dos indicadores econômicos e fiscais do Estado, referentes aos últimos dados disponíveis, demonstrando o bom momento da economia catarinense, bem como comparações com os demais estados e a média nacional.

Indústria de SC

A indústria acumula um crescimento de 20,5% no ano, quando comparado com o mesmo período de 2020, sendo o dobro do desempenho nacional (10,4%). A produção da indústria catarinense já superou em 4,9% o patamar pré-pandemia (fevereiro de 2020), o segundo melhor desempenho do país, atrás apenas de Minas Gerais. Apesar de todos os reveses ocasionados pela pandemia, que agora incluem a elevação dos preços de energia e de commodities e a falta de insumos e componentes, a indústria catarinense teve o segundo melhor desempenho do país até agosto, tanto no acumulado do ano, como nos últimos 12 meses.

Comércio exterior

Dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) mostraram que a balança comercial brasileira atingiu novos resultados históricos no ano. O superávit acumulado de 2021 chegou a US$ 2 bilhões em outubro, com saldo positivo no acumulado do ano, em um total de US$ 58,57 bilhões, alta de 29,6%. Apesar disso, ainda existem muitos desafios para o comércio exterior brasileiro e, ao mesmo tempo, temos as condições necessárias para melhorarmos esses gargalos. Hoje vivemos em um mundo globalizado em que a integração do comércio internacional deve ser prioridade. O Brasil tem a capacidade de importar e exportar muito mais produtos.

Oportunidade de negócios

Compilar e analisar dados com as extraordinárias ferramentas e recursos de hoje permite que empresas orientadas por dados de diferentes setores, melhorem e personalizem o relacionamento com clientes, desenvolvam produtos inovadores e impulsionem o crescimento. Além disso, aproveitar os dados do consumidor com sabedoria está se tornando fundamental e colocar a confiança no centro dessas iniciativas é vital para transformar riscos em oportunidades de diferenciação e crescimento dos negócios na era digital. Essas são algumas das conclusões da pesquisa “Um ato de equilíbrio: privacidade, segurança e ética”, conduzida pela KPMG.

Cooperativismo

Os pioneiros de Rochdale são considerados os precursores do cooperativismo. Tudo aconteceu em 1844, na Inglaterra. Recentemente, foi comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo, que representa a força da união, do trabalho e do bem comum de um sistema que deu muito certo. Passados quase 180 anos, o sistema cresceu e reúne mais de um bilhão de cooperados em mais de 110 países nos cinco continentes. Os cooperados seguem os valores e princípios cooperavistas, conquistam ótimas colheitas em vários segmentos de atuação. O movimento está consolidado pela prática dos seus princípios, com atuação dos associados de forma igualitária, sem proteção, classificação de pequeno, médio ou grande e diferenciação de credo ou raça. No cooperativismo todos ganham, quanto maior for a participação dos associados na cooperativa, mais forte eles se tornam.

Prazos para devedores

Contribuintes catarinenses que têm tributos em atraso como o ICMS e imposto sobre herança ou doação (ITCMD) contam com novos prazos para negociar e pagar os valores devidos. E empresas afetadas diretamente pela pandemia contam agora com 120 meses (10 anos) para quitar ICMS devido. O Programa Catarinense de Recuperação Fiscal (Prefis) foi relançado agora com prazo até 25 de fevereiro de 2022. Por meio dele, empresas e pessoas físicas poderão pagar o valor integral da dívida com desconto de até 90% de multas e juros ou parcelar. O plano inicial era prorrogar somente para ICMS, mas foi incluído também o imposto de herança para dar maior oportunidade às pessoas porque muitos não sabem ou não lembram que é necessário pagar esse tributo.

Tentativa de golpe

O Hospital Azambuja acaba de divulgar nota sobre um golpe que está sendo realizado em nome da instituição. Conforme a nota, o hospital teve conhecimento de que golpistas estão ligando para pessoas se fazendo passar por médicos da instituição. Durante a chamada, eles solicitam depósito de valores para uma determinada conta bancária, a fim de realizarem exames ou procedimentos nos pacientes que estão internados. De acordo com o Hospital Azambuja, este não é o método utilizado pela instituição e que não são realizadas ligações telefônicas para qualquer paciente ou familiar, solicitando dinheiro para realizar procedimentos.

Novo RG

O governo do estado, por meio do Instituto Geral de Perícias (IGP), lançou oficialmente, o início das operações de emissão do novo documento de identidade com número único em todo o estado. A partir de agora, as carteiras de identidade produzidas em território catarinense apresentam o número do CPF do cidadão também como número do RG. O projeto pioneiro no Brasil, contou com a parceria do Ciasc e da Receita Federal e abre um novo capítulo na história da identificação civil e representa um passo fundamental na construção de um sistema nacional integrado e seguro.

Na prática

Cada um dos 27 estados brasileiros possui sistema de identificação independente, permitindo que um mesmo cidadão possa ter até 27 numerações de RG diferentes. Se replicado em todos os estados brasileiros, o projeto desenvolvido pelo IGP catarinense integrará todos os sistemas estaduais ao banco de dados da Receita Federal, tendo o CPF como única chave de consulta.

Mendoza

A lei estadual 18.180, sancionada há dias, institui a Rota Turística Vinhos de Altitude, o que deve estimular o enoturismo na Serra catarinense e no Meio-Oeste, em qualquer época do ano. Se precisar de modelo de como melhor fazer, uma sugestão: Mendoza, na Argentina.

Efeito pandemia

Quase 5 mil detentos trabalham no sistema prisional catarinense, o que representa cerca de 20% do total. O índice já chegou a 30%. A redução deveu-se à pandemia. A retomada vai começar logo com a ocupação de 2.100 deles em fábricas de produtos têxteis em Chapecó, Criciúma, Itajaí, São Cristóvão do Sul e São Miguel do Oeste. Vão produzir uniformes escolares e, de acordo com a demanda, lençóis, fronhas e mantas para os hospitais catarinense.

Hotéis

Os hotéis de Brusque têm registrado inúmeras reservas para 2022. Gerentes de estabelecimentos do município acreditam que o próximo ano deve superar os números de 2019, último ano antes da pandemia de Covid-19. As reservas são para meses diversos, mas com foque nos períodos de férias, janeiro, dezembro e julho, além de outubro, quando ocorrem as festas como Fenarreco e Oktoberfest. Com a grande procura, os gerentes estão esperançosos para o próximo ano.

Joint venture

Porto Seguro e Cosan estão criando uma joint venture para inovar em serviços de mobilidade. A parceria prevê criação de modelo de negócios digital e tecnológico que trará soluções inovadoras e disruptivas para o mercado maximizando a capilaridade e a experiência complementar dos dois grupos. Unindo os ecossistemas dos dois grandes grupos, o projeto Mobitech irá oferecer serviços diversificados e o ponto de partida será a locação de veículos em várias modalidades, iniciando com o modelo de assinatura de veículos Carro Fácil, ampliando para gestão de frotas leves e pesadas, entre outras formas de acesso e utilização de meios de transporte.

Sinop (MT)

A cidade de Sinop, no estado do Mato Grosso, é considerada a capital do agronegócio no Brasil. Com uma extensão de 3.940 km a cidade, com pouco mais de 40 anos, cresce a números fantásticos. Somente este ano, mais de 5,2 mil empregos foram gerados e a necessidade de mão de obra é muito grande. Com aproximadamente 150 mil habitantes, tem um estoque de empregos em 30 de setembro de 47.015 pessoas, segundo números do Caged. A cidade, juntamente com Sorriso e Lucas de Rio Verde, são destaque na produção de soja, milho, algodão e criação de gado.

Confiança na Arbitragem

Com cerca de 90 milhões de processos tramitando no Brasil, não é incomum que casos até simples fiquem anos aguardando julgamento. A situação pode se tornar ainda muito mais grave se o processo envolver questão de alta complexidade técnica. Uma solução que tem sido cada vez mais aplicada, especialmente por empresas, é o instituto da Arbitragem. Numa corte arbitral, as partes aceitam se submeter à decisão do ábitro, que não é necessariamente advogado ou juiz, podendo ser um especialista da área onde há a controvérsia. A presidente do Comitê Brasileiro de Arbitragem e doutora em direito pela Universidade de São Paulo (USP), Adriana Braghetta, explica que esse sistema é um método complementar de solução de controvérsias legais, disponível para empresas e cidadãos.

CMABQ: 20 anos

A Câmara de Mediação e Arbitragem de Brusque (CMABQ) está completando 20 anos de atividades neste mês de novembro. Tendo uma equipe de árbitros, quase todos advogados, neste período, resolveu milhares de procedimentos que deixaram de tramitar junto ao Poder Judiciário. Atualmente, algumas empresas de Brusque e região tem usado a Arbitragem como primeira solução para suas pendências, principalmente na questão de locações.

Unifique

A Unifique de Timbó participou do leilão 5G pela confiança no serviço que oferece. No ano passado foi eleita a empresa que ofereceu a melhor banda larga no Brasil.

Caged setembro

Os números do Caged em setembro apontam admissões de 1.780.161 e demissões de 1.466.259 com um saldo positivo de 313.902 novas contratações. O estoque de empregos formais em 30 de setembro é de 41.875.905 pessoas.

Vendas em outubro

O mês de outubro fechou com resultado positivo na venda de automóveis e comerciais leves no Brasil. De acordo com a Fenabrave, o número de emplacamentos subiu 5,44% em relação a setembro, com mais de 150 mil veículos vendidos. O Fiat Argo ficou no topo do pódio, com 8.381 unidades vendidas, seguido do Jeep Renegade, com 6.723 e da Strada, com 6.130 emplacamentos. A Chevrolet marca seu retorno à lista dos mais vendidos com o ex-líder Onix, que conquistou a nona colocação. Se as vendas mensais se mostram bastante instáveis, apesar da liderança de Fiat e Jeep, o ranking anual já está definido, ao menos para a líder. A Fiat Strada já é campeã de vendas no ano, com 91,5 mil unidades emplacadas de janeiro a outubro. Para segundo e terceiro lugares, porém a disputa está acirrada entre Argo e HB20, com 73,7 mil e 72,9 mil unidades, respectivamente.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -