- Publicidade -
- Publicidade -
18.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Bradesco

O banco está comunicando aos seus acionistas que o Conselho de Administração aprovou proposta da diretoria para o pagamento de juros sobre o capital próprio intermediário, relativo ao primeiro semestre de 2022, no valor de R$ 2 bilhões, sendo R$ 0,178723065 por ação ordinária e R$ 0,1965955372 por ação preferencial. Serão beneficiados os acionistas que estiverem inscritos nos registros em 20.06.2022 (data base de direito), passando as ações a ser negociadas “ex-direito” aos juros intermediários a partir de 21.06.2022. O pagamento ocorrerá em 30.06.2022 pelo valor liquido de R$ 0,151914605 por ação ordinária e R$ 0,167106066 por ação preferencial, já deduzido o Imposto de Renda na Fonte de 15%. Os acionistas que não possuírem seus dados atualizados deverão apresentar-se na agência do Bradesco de sua preferência, munidos de CPF, RG e comprovante de residência.

- Publicidade -

Geração de empregos

O Brasil gerou 196.966 novos empregos com carteira assinada, no mês de abril, somando um total de 770.593 nos primeiros quatro meses este ano. No mês de abril, os destaques ficaram com serviços com 117.007 novos empregos, seguido do comércio com 29.261. A indústria teve 26.378 e a construção civil 25.341. A agropecuária teve saldo negativo no mês de 1.021 empregos. São Paulo foi destaque com 53.818 novos empregos gerados, seguido de Minas Gerais com 20.059. Em seguido veio a Bahia com 15.416, Rio Grande do Sul com 8.939, Paraná com 8.925. SC teve saldo positivo em abril de 7.238. Os destaque em SC ficaram com: Florianópolis (+2.536), Itajaí (+700), Tubarão (+480), São José (+467), Blumenau (+463), Itapema (+299), Criciúma (+287), Balneário Camboriú) (+266), Indaial (+240) e Navegantes (216). Brusque teve apenas 61 novos empregos gerados em abril, Guabiruba teve números negativos de 95 e Botuverá de apenas 3 empregos novos gerados no mês.  No acumulado janeiro a abril, Brusque teve um saldo de 890 novos empregos gerados.

Fatura chegando

Durante os dois anos de pandemia a maioria dos serviços municipais de água e esgoto congelou a tarifa. A fatura está chegando agora para milhares de consumidores catarinenses. Os pareceres técnicos emitidos pela Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, órgão regulador do sistema de serviços e das respectivas tarifas praticadas pela autarquia, está recomendando reajustes acima de 30%.

- Publicidade -

Náutica

Com a certeza de boas vendas para quem mora ou gravita no poder central do país, o estaleiro catarinense Fibrafort compareceu no Internacional Bombarco Show, junto ao Lago Paranoá, no período 9 a 12 deste mês, com o que tem de melhor: o F420 Gran Coupé, um iate de 12 metros de comprimento, 44 pés e capacidade para até 14 pessoas. Também mostrou os modelos Focker 188 Joy e Focker 388 Gran Turismo, a embarcação mais premiada do mercado náutico.

Nova patrocinadora

- Publicidade -

A Havan acaba de fechar patrocínio com mais uma equipe esportiva. O Moda Brusque passará a contar com apoio da varejista e o contrato tem vigência até 2023. A equipe feminina de vôlei encara a partir de julho as competições do Catarinense, Jogos Abertos e a Superliga Brasileira de Voleibol, principal campeonato nacional da modalidade. Entre as conquistas recentes do Moda Vôlei, está o vice-campeonato da Superliga Feminina B, o título da Superliga C e o Campeonato Catarinense de vôlei feminino.

Defasagem

O estado de SC tem cerca de 290 mil pessoas com deficiência, mas apenas 50 mil recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O dado foi revelado durante audiência pública da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. É uma lenda que grande parte das pessoas com deficiência recebe BPC, é um número ínfimo, cerca de 50 mil ativaram o BPC, quando temos quase 290 mil pessoas com deficiência, segundo auditoria fiscal do trabalho, acrescentando que há 44 mil vagas de trabalho, mas apenas 24 mil estão preenchidas.

Sucesso

O Workshop sobre Mediação e Arbitragem realizado no último final de semana na sede da OAB em Brusque foi um sucesso. Pelo menos 19 profissionais participaram do evento, que teve a advogada Dra. Giordane Flenik, de Joinville, no comando destes momentos especiais para os profissionais da área. É sempre bom destacar que um problema resolvido hoje, é um problema a menos no futuro. Assim caminha a Mediação e Arbitragem em todo o Brasil.

Lobby do vinho

As 96 vinícolas e 28 produtores de suco de uva de SC continuam fazendo justo lobby junto ao Legislativo estadual para que o ICMS sobre o produto, atualmente de 25%, seja reduzido para 17%, a alíquota do Rio Grande do Sul que, assim, leva vantagem. Essas distorções tributárias podem acabar com negócios em poucos meses.

Fome

Frase antológica do memorável jornalista Arnaldo Jabor: “A pobreza no Brasil não acaba porque dá lucro”. Absolutamente verdadeiro.

Carga tributária

Praticamente todas as discussões de candidatos políticos de toda a ordem sempre incluíram nos baús a promessa de reduzir a carga tributária, excluindo a turma estatizante. Pois agora existe uma chance de ouro disso acontecer. A Câmara dos Deputados aprovou a tramitação em regime de urgência de dois projetos que podem diminuir a conta de luz e o preço dos combustíveis. O que fazem os governadores de todo o país? Boicotam e tentam derrubar a tramitação desses projetos. Da boca para fora é um discurso, na hora do “vamos ver” …

Crescimento da inflação

O mercado financeiro prevê inflação pelo IPCA em torno de 9% neste ano. A estimativa está no Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central. A média da previsão dos últimos 30 dias prevê inflação em 8,89%. Se for considerado um período mais recente, de cinco dias, fica em 9%. Para 2023, a projeção é de que a inflação fique em 4,39%. As projeções para este ano estão bem acima da meta de inflação que é de 3,50%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual, ou seja, o limite inferior é 2% e o superior, 5%. Para 2023, o centro da meta é 3,25%, com intervalo de 1,75% a 4,75%.

SC no topo

Santa Catarina brilhou no último ranking dos municípios mais rápidos para abri empresas, em mapa do Ministério da Economia. Dos 10 mais rápidos do Brasil, cinco são de SC e o líder é Xaxim, no Oeste, com prazo de apenas três horas para conseguir um CNPJ. Em 3º lugar ficou Mafra com 4h01min, em quarto Criciúma com 4h11min, em quinto Brusque, com 4h33min e em oitavo está Navegantes, com 5h36min. Considerando as médias estaduais, SC ficou na lanterna, como o que demora mais para abrir empresas: 1 dia e mais 21h. Em segundo lugar ficou o Rio de Janeiro, com 2 dias. O mais rápido para abrir foi Sergipe, em 15 horas, seguido pelo DF, 18 horas. O avanço de Xaxim na velocidade para abrir empresas vem do trabalho dos últimos anos. O município acaba de inaugurar o Centro de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Empreendedorismo, que abriga a Sala do Empreendedor, onde são feitas as aberturas de empresas.

Importação mais barata

Em mais uma medida para reduzir a inflação, o Ministério da Economia excluiu o custo de capatazia da base de cálculo do imposto de importação. Como esses serviços representavam custo de 1,5 ponto percentual e o tributo de importação estava em 11,6%, agora caiu para 10,1%. Capatazia inclui desde o manuseio e organização de mercadorias após a chegada às instalações alfandegárias, como descarregamento, recebimento, conferência, manipulação e organização até a retirada do porto. Essa era um pleito antigo do setor produtivo do Brasil porque infringia normais comerciais internacionais e causou perdas bilionárias aos importadores.

PIB de SC

Apesar de sofrer desaceleração devido aos impactos da Covid-19 e guerra na Ucrânia, o PIB de Santa Catarina acumulou crescimento de 6,4% nos 12 meses até março, segundo a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE). O resultado ficou abaixo da série de 12 meses do trimestre encerrado em dezembro, quando cresceu 8,3%, mas superou a média nacional até março. Segundo o IBGE, o PIB brasileiro teve alta acumulada de 4,7% nos 12 meses até março de 2022. No primeiro trimestre do ano, que foi o mais difícil para SC nessa série, frente ao mesmo período do ano anterior, os serviços cresceram 4,4%, o volume de vendas do comércio, que inclui veículos e materiais de construção, cresceu 6,8% e a produção industrial caiu 8,9%. As exportações ajudaram a puxar o resultado para cima, com alta de 27% até abril.

Economia de SC

A economia catarinense que vem crescendo acima da média brasileira desde 2016 e teve um período de crescimento alto em 2021, de 8,3%, um dos mais altos entre os estados brasileiros, passa agora por um processo de desaceleração. No primeiro trimestre do ano, os principais indicadores confirmam essa tendência. A expectativa é de que a desacelaração econômica vai continuar nos próximos meses em SC em função do mesmo cenário: inflação alta provocada pelo mercado externo e impactos da eleição no Brasil. Mesmo assim, SC tende a ter resultado superior que do Brasil porque segue com pleno emprego e tem vários investimentos entrando em operação em diversos setores, em especial no agronegócio.

Restaurante francês

O Chef Dudu Poerner inova mais uma vez ao anunciar o lançamento de seu novo restaurante: Le Poulet Rouge. De gastronomia franco-brasileira, o bistrô chega no segundo semestre a Balneário Camboriú, repleto de referência ao país da gastronomia. O anúncio não poderia ter sido em lugar melhor que na cidade francesa de Lyon, conhecida como a capital mundial da gastronomia, onde Chef Dudu buscou referência da tradicional culinária francesa. Quando falamos em gastronomia em Lyon, falamos, é claro, da alta gastronomia francesa. Mas, além disso, falamos também da cozinha tradicional da região, os famosos bouchons, a cozinha à base de tripas, os frios (Charcuterie), os queijos e tudo mais, combinando isso à cozinha afetiva, tão nossa cara. Esse é o espírito do Le Poulet Rouge, a nossa Galinha Vermelha, explica o chef.

Têxtil

Uma das novidades da Febratex 2022 será a presença da marca alemã Kuris Equipamentos Especiais, cujos produtos serão expostos pela representante blumenauense Galileu Tecnologia, que participa da Febratex desde a primeira edição. A maior feira das Américas para a indústria têxtil é uma das maiores do mundo no segmento têxtil ocorre de 23 a 26 de agosto, no Parque Vila Germânica, em Blumenau. A marca alemã é especialista em máquinas de enfestar e cortar matérias-primas técnicas têxteis, como fibras de carbono e de vidro, ou mesmo armados. Os equipamentos foram desenvolvidos com foco em materiais de uso diário, como couro, tecidos industriais e os usados na fabricação de roupas. Os visitantes da Febratex poderão conhecer a cortadora automática Kuris TC2222 e a enfestadeira A55, destaca o CEO da Galileu Tecnologia.

Direcionamento

De causar náuseas alguns dados do Fundo Nacional de Saúde sobre a distribuição de ambulâncias pelo Ministério da Saúde no ano passado. Por influência direta do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, seu Estado, o Piauí, foi contemplado com o maior número delas, 123. Santa Catarina recebeu 14. O Acre nenhuma, o Amazonas 3, o Amapá 2 e o Rio de Janeiro 6.

Itália em SC

SC, que tem quase metade de sua população de ascendência italiana, já teve um consulado da Itália, em Florianópolis, inexplicavelmente transferido para Curitiba nos anos 1980. Lamentou-se desde então, mas nada que pudesse reverter a perda. Uma esperança ressurge agora. O cônsul geral da Itália em Curitiba, anunciou a criação de um “sportello consular”, uma estrutura intermediária entre o consulado honorário que já existe e uma agência consular de carreira. A decisão é consequência de um ato político em 2018, em Brasília, quando foi entregue ao embaixador a Carta de SC, subscrita pelos 40 deputados estaduais e com apoio oficial do governo catarinense requerendo ao governo italiano a ampliação dos serviços consulares no Estado.

Planos de saúde

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) deciu que as operadoras de plano de saúde não são obrigadas a cobrir procedimentos médicos que não estão previstos na lista da Agência Nacional de Saúde (ANS). Ainda cabe recurso contra a decisão. A Segunda Seção do STJ entendeu que o rol de procedimentos definidos pela agência é taxativo, ou seja, os usuários não tem direito a exames e tratamentos que estão fora da lista. Por 6 votos a 3, prevaleceu o entendimento do relator, ministro Luís Felipe Salomão, cujo voto foi proferido em sessões anteriores. Ao definir que o rol é taxativo, o ministro entendeu que haveria um desequilíbrio nos contratos de plano de saúde se alguns usuários obtivessem na Justiça direito a coberturas que outros não têm. Isso afetaria o equilíbrio econômico do sistema de saúde complementar e aumentaria os custos para todos os usuários, segundo o ministro.

Bandeira Azul

O número de praias e marinas do Brasil e de SC certificadas pelo Programa Bandeira Azul pode aumentar em outubro. Avaliação do júri nacional da premiação decidiu pré-aprovar 40 bandeiras azuis, sendo 29 praias e 11 marinas. Há indicação de nove novas praias, dentre elas as catarinenses da Lagoa do Peri, Florianópolis; do Cerro, em Barra Velha; Taquaras, em Balneário Camboriú e do Ervino, em São Francisco do Sul. Cinco marinas também foram indicadas pela primeira vez. De SC está a Marina da Conceição, em Florianópolis.

Lombadas eletrônicas

A Diretoria de Trânsito e Mobilidade de Brusque realiza estudo para a implantação de lombadas eletrônicas e físicas, além de travessias elevadas, em todo o município. Os resultados devem ser apresentados em julho. Segundo o diretor de Trânsito de Mobilidade, o estudo é feito com base em pedidos da Câmara de Vereadores e da população. Outra análise é feita com base no número de acidentes de trânsito e locais de travessias de pedestres.

Escândalo

Levantamento do jornal O Estado de São Paulo mostra gastos superiores a R$ 14,5 milhões com cachês de Gustavo Lima, Zé Neto e Cristiano, Wesley Safadão, Luan Santana e Leandro em 48 cidades (nenhuma em SC), contratados que foram por prefeituras para fazer shows neste ano. Farra possível com emendas parlamentares.

Aflição geral

Constata-se no cotidiano de quase todos nós o que se lê de alguns especialistas sobre a aflição geral dos brasileiros, tidos pela Organização Mundial da Saúde como o povo mais ansioso, afetando 10% de sua população ou 18,6 milhões de pessoas. Os sinais vão da tensão, medo, insônia, taquicardia, onda de calor, falta de ar à sensação de desastre iminente. A principal origem disso: a poluição política atual.

Endividamento

O Ministério Público de SC está sempre inovando. A última novidade é a criação do Núcleo de Apoio ao Superendividado, o primeiro entre os MPs do Brasil. Tem o que fazer: em março passado, cerca de 40% da população adulta brasileira encontrava-se inadimplente, o que representa mais de 65 milhões de consumidores. O núcleo prestará auxílio ao devedor no levantamento de suas dívidas e pendência, na renegociação/repactuação conciliatória de suas dívidas, em bloco, com todos os credores, com elaboração do plano de pagamento em até cinco anos, resguardados os recursos para o mínimo existencial e, ainda, acolhimento e orientação psicológica e social ao consumidor superendividado. Não vale para aquela conhecida turma de devedores contumazes de ICMS. Salvo exceções. É dívida quitada, lógico.

Vida nas estradas

Passados quatro anos da greve que parou o país, caminhoneiros em SC relatam viver hoje uma situação pior do que aquela que mobilizou a paralisação em maio de 2008. Estudo recém-publicado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) aponta que SC é hoje o estado que tem maior percentual de transportadoras do ramo com vagas a espera de candidatos. A alta de preços dos combustíveis, os custos elevados na manutenção dos caminhões, aliados a sensação de insegurança nas estradas impactam o setor. O número de habilitações vem em queda e muitas famílias estão perdendo a tradição de formar caminhoneiros. A descendência está deixando totalmente essa ramo de lado.

Juros básicos

De acordo com o boletim, a taxa básica de juros, a Selic, deve fechar o ano em 13,25% ao ano. Atualmente, a Selic está em 12,75% ao ano. Para 2023, o mercado prevê que a Selic fique em 9,75% ao ano. No boletim parcial, o mercado projeta um crescimento em 2022, de 1,2% do PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Para o próximo ano, a previsão é de um crescimento de 0,76%.

Aviação

A Latam Brasil programou um crescimento de 30% na oferta de assentos em SC neste mês de junho, no comparativo com o mesmo mês em 2019 (antes da pandemia da Covid-19). No estado, a companhia aérea está operando as rotas Florianópolis-Brasília (7 voos semanais), Florianópolis-S.Paulo/Congonhas (39 voos semanais), Florianópolis-S.Paulo/Guarulhos (29 voos semanais),Florianópolis-R.Janeiro/Santos Dumont (4 voos semanais), Navegantes-S.Paulo/Congonhas (38 voos semanais), Navegantes-S.Paulo/Guarulhos (22 voos semanais), Joinville-S.Paulo/Guarulhos (5 voos semanais).Jaguaruna-S.Paulo/Congonhas (7 voos semanais) e Chapecó-S.Paulo/Guarulhos (5 voos semanais), que fortalecem a conexão da capital e principais cidades catarinenses aos centros de conexão da empresa no país, para oferecer uma melhor conectividade aos visitantes para outros 45 destinos domésticos e 18 internacionais operados.

Alemães

A Câmara de Guabiruba realizou sessão ordinária (dia 7) que contou com a participação de comitiva da cidade de Karlsdorf-Neuthard, coirmã de Guabiruba. Estiveram presentes o prefeito (Buergermeister) Sven Weigt e os vereadores (Gemeinderat) Uwe Zweigner, Roland Weschenfelder, Nicolas Kneis, Martin Gern e o ex-secretário de Administração da Prefeitura de Karlsdorf-Neuthard, Roland Milani. O prefeito de Guabiruba e o vice também prestigiaram a sessão, sendo que o prefeito usou da palavra para destacar a parceria entre as cidades.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: