- Publicidade -
- Publicidade -
27.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Grupo Opersan

Brusque receberá evento para debater desafios no tratamento da indústria têxtil. Em encontro promovido pelo Grupo Opersan serão compartilhadas experiências bem sucedidas de indústrias têxteis da região, além de serem apresentadas tecnologias ambientalmente sustentáveis e economicamente vantagens para atender as necessidades do setor. O grupo Opersan, líder em soluções ambientais no tratamento de águas e efluentes para o mercado corporativo, promoverá um evento, especialmente pensando para a indústria têxtil, dia 9 de novembro, das 8h às 19h, no Hotel Monthez, na cidade de Brusque (SC). O encontro apresentará soluções operacionais e técnicas adequadas ao tratamento de efluentes e será voltado para indústrias, associações e players do polo têxtil de SC, que envolve cidades como Joinville, Brusque, Guabiruba, Gaspar, Jaraguá do Sul, Pomerode, Navegantes e Blumenau. Além do Grupo Opersan, outras empresas do setor têxtil e fornecedores, entre eles Color Química, Multiágua e Albrecht apresentarão  seus produtos e casos de sucesso.

Escola de Costura

- Publicidade -

A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) em parceria com a empresa Tecebem promoveu na noite do dia 5 de outubro, mais uma formatura dos profissionais que integram o curso “Escola de Costura”. Ao todo, 18 pessoas receberam os certificados de conclusão do curso, que teve aulas ministradas nos últimos três meses na própria empresa. O evento foi realizado na Câmara de Guabiruba e contou com a presença de várias autoridades, além do diretor da Tecebem. Esta foi a segunda formatura de alunos que realizaram o curso na empresa.

Bipolar

Parece se consolidar duas famas de Balneário Camboriú. A primeira, positiva, por ter o metro quadrado de construção mais caro do Brasil, sem contar a altura recorde de seus edifícios; a segunda, negativa, de estar se transformando na maior lavanderia do país, onde “investidores” moram o mercado imobiliário da cidade para dar legalidade a seu dinheiro de origens suspeitas.

Mercado Imobiliário (1)

Dentro do mercado imobiliário é grande a quantidade de conflitos entre compradores e vendedores ou locadores, que acabam indo parar no Poder Judiciário. Em muitos desses casos, porém, a situação pode ter sido resolvida sem a necessidade de abrir um processo, com todo desgaste e custo que isso acarreta. E justamente para evitar a via judicial que existe a possibilidade de resolver os conflitos através da mediação e da arbitragem. Mas o que são e como funcionam essas modalidades de resolução de conflitos? Primeiramente é preciso diferenciar os termos. A principal diferença entre eles é que na condição na mediação, a pessoa que busca o entendimento entre as partes não tem o objetivo de tomar uma decisão, ela apenas administra o procedimento para que as partes entendam suas razões e busquem uma solução pacífica para o conflito. Já na arbitragem, o árbitro toma a decisão, que recebe o nome de sentença arbitral, ou seja, aqui as partes delegam a uma terceira pessoa o poder de resolver o conflito.

Mercado Imobiliário (2)

Ambas as modalidades podem ser aplicadas no mercado imobiliário, seja para contratos de compra e venda, seja para aluguel. Até porque, a escolha da mediação e arbitragem como etapa de solução de conflitos, oferece uma série de vantagens com relação aos processos judiciais como rapidez, simplicidade, economia e a preservação das relações, que podem se desgastar em um ambiente jurídico. A mediação, por se tratar de uma modalidade mais simples de resolução de conflitos, não precisa necessariamente constar em contrato, apesar de que é sempre mais vantajoso que esta possibilidade conste em documento. Caso as partes optem pela arbitragem, o contrato deve conter a chamada Cláusula Compromissória, que garante que qualquer divergência surgida seja resolvida por meio da arbitragem. Para maiores esclarecimentos sobre como proceder para utilizar a mediação e arbitragem, consulte os seguintes links: www.arbitragembrusque.com.br (Câmara de Mediação e Arbitragem de Brusque) ou www.fecema.org.br (Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem – Fecema)

- Publicidade -

Federação das Unimeds

Mais de um milhão de vidas catarinenses têm assistência médico-hospitalar da Unimed, maior plano de saúde e o único com uma rede de atendimento que alcança 100% de cobertura no estado. Essa grande conquista é também uma imensa responsabilidade para o Sistema Unimed, que em Santa Catarina integra 22 Cooperativas Médicas ligadas à Federação Unimed SC. Uma estrutura institucional e de serviços que completa 40 anos neste mês de outubro, com uma trajetória marcada pela qualidade e inovação, que se tornou referência no cenário nacional, com ações e soluções que visam ao cuidado cada vez maior à saúde de seus clientes e a valorização dos seus mais de seis mil médico cooperados, além de toda a rede prestadora, parceiros, colaboradores e familiares.

Garantindo espaço

A Portonave comprou terreno adjacentes ao terminal portuário em Navegantes. Pagou R$ 5,4 milhões por três imóveis que somam 3.660 metros quadrados. A empresa quer garantir a propriedade das áreas para uma futura expansão, embora ainda não haja planos sobre o que fazer com elas.

Luto

Para gaudio do atual governo, em especial a Confederação Nacional da Indústria publicou relatório, projetando um crescimento de 3,1% para o PIB brasileiro este ano. Trocentos economistas que escrevem e falam na grande mídia nacional erraram feio, de forma vexatória: projetavam 0,5% no início do ano. Deveriam rasgar seus títulos acadêmicos.

Surreal

Um projeto prestes a ser votado na Câmara dos Deputados parece surreal: propõe retirar a possibilidade de crime ambiental por poda ou corte de árvore em locais com risco de acidente caso o órgão ambiental responsável seja notificado e não atenda no prazo de 30 dias a solicitação do serviço. O bom senso dispensaria toda burocracia.

Kits de conversão

A GM anunciou recentemente que irá expandir a eletrificação para outro nível, indo além do lançamento de novos carros elétricos. A marca norte-americana pretende oferecer um amplo leque de opções para a conversão de carros antigos, barcos e outros tipos de veículos. Segundo o comunicado, essa abordagem permitirá que a GM expanda seu alcance para um grupo maior e mais diversificado de clientes, ajudando as empresas a atenderem à crescente demanda por tecnologia de emissões zero, ao mesmo tempo em que alcança suas próprias metas de sustentabilidade.

Livre iniciativa

Quem é empresário neste país sobre e muito. É o caso, agora, da Uber do Brasil Tecnologia. No Tribunal Superior do Trabalho começou a análise de dois casos em que se discute o reconhecimento de vínculo de emprego entre motoristas de aplicativo e a empresa. Se for reconhecido, ela pode fechar e demitir milhares de motoristas.

Valores doidos

O que está acontecendo no mundo da aviação comercial brasileira? Como entender que o valor de uma passagem na ponte aérea Rio-S.Paulo custe no momento R$ 3.810, R$ 223 mais em conta que o bilhete entre Rio e Los Angeles, nos EUA, por R$ 4.033?

Varejo

Com o aumento das vendas online, que bateram recorde no último ano, empresários do varejo catarinense têm buscado uma forma de “surfar esta onda”. Aqueles que desejam realizar transformação digital dos negócios que comendam ainda em 2022 têm uma oportunidade ímpar, em Florianópolis, no próximo mês. Autor do livro “A loja que vende”, o empresário e mentor especialista em marketing de varejo Dino Gueno reunirá nomes de pesoa “Rende Milionária”, evento no Hotel Majestic, entre os dias 3 e 5 de novembro. As inscrições ocorrem no site Dino Gueno, ou pelo Whasapp 11 93286-4462.

Produção artesanal de mel

No seu propósito de “Fazer crescer para Melhorar o Amanhã”, a Melhoramentos entende que um de seus papéis é promover ações que geram impactos positivos também nas comunidades onde está presente. Uma dessas ações é o Melhor Mel. Desde 2011, a empresa convida os apicultores da região a instalarem seus apiários nas áreas de florestas da empresa, com o devido acompanhamento dos colaboradores. O projeto acontece na Fazenda Levantina, localizada em Camanducaia, na região de Monte Verde (MG) e na Fazenda Santa Marina, em Bragança Paulista (SP). Além do significado ambiental e social, a iniciativa tem sua vertente econômica, conferindo, por meio do empreendedorismo, um acréscimo de renda às famílias participantes, já que ajuda a impulsionar a produção e o comércio local e favorece o desenvolvimento econômico da região. Atualmente, o projeto conta com mais de uma centena de colmeias. Cada uma delas produz em média 20 quilos de mel.

Legado

O governo de SC deixa encaminhados recursos para pelo menos 19 obras em Blumenau, entre construção de pontes, reforma da Vila Germânica e compra de imóveis. Também há convênios firmados para a revitalização da margem esquerda, reforma no Aeroporto Quero-Quero e construção do Centro de Convenções. A dúvida que fica é sobre o Complexo do Sesi. Embora a venda já tenha sido aprovada pela entidade em Brasília, os recursos para a compra por enquanto são apenas uma promessa verbal do governo do Estado. Ainda não há convênio assinado.

Conselheira

A empresária Sônia Hess, que durante anos comandou a expansão e consolidação da camisaria Dudalina, acaba de ser eleita como membro do conselho de administração da Embraed, incorporadora e construtora catarinense considerada referência em empreendimentos de luxo em Balneário Camboriú. A nova conselheira leva para a construtora amplo repertório de gestão corporativa, de experiência acumulada durante os 35 anos de dedicação à indústria de vestuário fundada por sua família e que, sob seu comando, transformou a empresa na maior exportadora brasileira de camisas.

Vexame

Ex-ministro da Economia no governo FHC, Luiz Carlos Mendonça de Barros veio a público em artigo no “Estadão”, quase pedir desculpa pelo vexame de sua categoria, os economistas. Aqueles que no início deste ano previam, de forma otimista, 0,5% de crescimento do PIB (alguns estimaram em 0,28%), que agora já atinge 2,5% com expectativa de chegar a até 3%. Diante da realidade estão calados, covardemente.

Trilhos

Passado um ano da elaboração do marco legal do setor, chegam a 89 os pedidos de novas ferrovias no país. Foram apresentados por 39 proponentes, que se dispõem a construir 22,4 mil quilômetros de novas trilhos, com investimentos de R$ 258 bilhões de recursos privados. De SC estão lá os pedidos para construção da Ferrovia Leste-Oeste, de Chapecó a Itajaí, com 700 quilômetros de extensão, e a Litorânea, que ficaria paralela à BR-101, de Imbituba a Araquari, com 500 quilômetros. Ambas têm seus projetos em desenvolvimento.

Declaração de voto

Em nota oficial, a CDL de Florianópolis fez, nas entrelinhas, uma declaração de voto a Bolsonaro. O fez ao dizer que “mesmo em meio à estupidez generalizada do fique em casa”, o Brasil não deixou a economia para depois e, diante de adversidades políticas e jurídicas diárias, agiu para que superássemos rapidamente as inúmeras (e altamente questionáveis) restrições impostas no período pandêmico. Os resultados são visíveis: deflação acumulada em vários setores, ampliação da rede de proteção aos mais desassistidos, desburocratização da máquina pública, modernização de leis que regem a atividade produtiva, segurança previdenciária, criminalidade decrescente. Para nós, o que melhor reflete esse acerto é o fato de que mais de 10 milhões de brasileiros viraram donos do próprio negócio, libertando-se dos grilhões de uma legislação trabalhista retrógrada.

Pesquisa inédita na Itália

A saia e véstia feitas à mão, em brocado de cor preta, utilizadas por Anita Garabaldi são os objetos da pesquisa inédita realizada pela pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura da Unifebe. Pela segunda vez na história uma pesquisadora brasileira teve acesso às peças de roupa que pertenceram à Heroína dos Dois Mundos e que estão preservadas há mais de 150 anos, na reserva técnica do Museo di Stato Piazzetta Titano de San Marino, na Itália. O intuito da pesquisa é estudar o artefato de forma técnica incluindo a parte têxtil, como fios, tramas, tipologias de costuras, modelagem, a moda e, sobretudo, o contexto histórico e simbólico que permeia a peça e a usuária.

Direitos autorais

O STF invalidou lei estadual 17.724/2019 de SC, que previa isenção de pagamento de direitos autorais nas execuções de obras musicais em eventos sem fins lucrativos. O pedido foi ajuizado pelo escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), alegando que regras de cobrança de direitos autorais são competência privativa da União para legislar.

Fábrica maior

A fornecedora de tecidos Coltex vai ampliar a fábrica mantida no bairro Aventureiro, em Joinville. A unidade ganhará mais 400 metros quadrados, totalizando 5,6 mil m2 de área construída. O projeto de expansão já tramita dentro da prefeitura.

Não funcionou

O voto regional, estimulado por fortes campanhas bancadas por organizações comerciais e industriais em várias partes do território catarinense, teve resultados frustrantes em Joinville, o maior colégio eleitoral do Estado, que viu sua bancada de deputados federais, atualmente com três representantes, minguar para apenas um a partir de 2023. No Legislativo estadual ficou na mesma, com três deputados. Em Brusque e região foi outro exemplo, sem representantes na Câmara e no Legislativo.

Golpe no golpe

A Associação Brasileira das Locadores de Automóveis está divulgando lei aprovada em SC que determina às locadoras o dever de informar ao Detran todos os veículos de sua frota quando o usuário deixa de devolver, seja qual for o motivo. Geralmente são vendidos ou “desaparecidos”. Para a entidade, assim se torna mais difícil aos criminosos a tarefa de vender ou transferir carros que tenham sido alvo de apropriação indébita.

Jornal de direita

A maioria dos leitores dos maiores jornais brasileiros tem quase certeza de que quase são de esquerda. Pois está se ampliando um, autodeclarado “assumidamente de direita”. É o Correio da Manhã, do Rio de Janeiro, que está começando a circular em Brasília, com tiragem diária de 10 mil exemplares.

Adhonep

Um grande evento no fim de setembro coroou a passagem de 30 anos de atividades da Associação de Homens de Negócio do Evangelho Pleno (Adhonep) em Brusque. Adhonep é uma associação não-eclesiástica formada por homens de negócios, empresários e autoridades civis e militares. O presidente local da associação destaca que a Adhonep tem a finalidade de realizar jantares e cafés da manhã, onde um dos sócios fala da sua história de vida, baseado em princípios éticos, morais e cristãos. Cada cidade tem um capítulo, formado pelos homens de negócio, mas tem dois apoios: o feminino, formado pelas esposas dos empresários, que também, faz eventos e o jovem, com os filhos dos empresários, que serão os futuros homens de negócios. Os princípios são baseados na Bíblia e família. O principal objetivo da Adhonep é difundir os princípios cristão familiares. O lema é “o que adianta o homem ganhar todo o mundo, se perde sua família? A família é a base de tudo”.

E depois … Ao torcedor, é necessário também pensar à frente, imaginando o depois do quase inevitável rebaixamento. O Brusque precisará de um “para-quedas”, para não transformar o descenso num retrocesso drástico. A diretoria precisa continuar o trabalho, fazer sua autocrítica, corrigir erros e reestruturar o elenco. Há jogadores que podem continuar. Outros deveriam, mas pelo rebaixamento, não estariam estar numa Série C, e seus salários se tornariam altos demais. A maior parte pode seguir com suas carreiras em outros clubes. Tudo indica que em 2023 haverá Recopa Catarinense, Campeonato Catarinense, Copa do Brasil, Série C do Brasileiro e, quem sabe, a Copa Santa Catarina. Seria bom o clube, numa ausência de calendário até novembro/dezembro, voltar a utilizar a Copa SC como laboratório, visando 2024. No mais, a torcida e a cidade precisarão se engajar em uma campanha de público presente no estádio Augusto Bauer, se espelhando no comportamento de algumas das maiores torcidas do país para reerguer seus clubes após o rebaixamento.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -